Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Irã: Blogueiros discutem os documentos do WikiLeaks

Os documentos [en] do Wikleaks expuseram os laços obscuros [en] entre o Irã e o Afeganistão; informações privilegiadas sobre o regime iraniano e [sobre] a oposição; e o medo na região árabe da política nuclear iraniana [en]. Blogueiros iranianos reagiram a estas revelações, às vezes com ironia, às vezes com teorias da conspiração em mente, e às vezes a sério.

Natour Shahr diz que os documentos no Wikileaks falam da doença do líder supremo iraniano Ali Khamenei, e a tentativa do ex-presidente Ali Akbar Rafsanjani para substituí-lo. Eles também falam do conflito gestado entre os líderes iranianos, o que demonstra que o regime não é tão estável como se pretende [en]. De acordo com o blogueiro [fa]:

The Wikileaks documents show that more than 80 percent of people voted for Karroubi and Mousavi. It proves that the Iranian government's attempt at legitimacy is useless… The documents also show that behind the smile of Arab countries hides a tooth, and Iran's relationship with them is very fragile.

Os documentos do Wikileaks mostram que mais de 80% das pessoas votaram [en] em Karroubi [en] e Mousavi [pt]. Isso prova que a tentativa do governo iraniano em legitimar [as eleições e a si] é inútil … Os documentos também mostram que por trás do sorriso de países árabes se esconde um dente, e o relacionamento do Irã com eles é muito frágil.

Iran Vatanam menciona [fa] que o embaixador australiano em Teerã chamou a Ministra da Saúde da República Islâmica de “um fantoche sem auto-confiança”.

Gameron escreve [fa] com ironia que um dos documentos do WikiLeaks mostra que os EUA evitaram o retorno do “Imã Oculto” [Mahdi, o último Imã do Islamismo Xiita dos Doze Imãs]. Três vezes.

Said Saman escreve que  Julian Assange e seu WikiLeaks “independente” estão indo para a guerra com uma espada de madeira contra um dragão de plástico. O blogueiro tem dúvidas sobre a sinceridade dos objetivos de Assange e escreve [fa]:

For far less important revelations, the secret service have killed and decapitated people in Washington, London, Berlin and around the world. Who is this Assange to have such security protection?… The White House, The Pentagon raised their voices but cannot catch even the source of these revelations…

Por revelações muito menos importantes, o serviço secreto matou e decapitou pessoas em Washington, Londres, Berlim e ao redor do mundo. Quem é este Assange para ter tal proteção? … A Casa Branca, o Pentágono levantaram suas vozes, mas não podem pegar nem mesmo a fonte dessas revelações …

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.