Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Bolívia: Promovendo a língua aimará na internet com o Jaqi Aru

O aimará é uma língua nativa da América e um dos idiomas oficiais do Peru e da Bolívia. Há, em média, dois milhões de falantes do aimará na Bolívia e, ao todo, quase três milhões na América do Sul. Os membros do Voces Bolivianas [en], um dos projetos patrocinados pelo Rising Voices, perceberam a escassêz de material na internet disponível na língua materna deles. Diante disso, Ruben Hilary [es] e um grupo de voluntários de El Alto, na Bolívia, criaram a comunidade virtual Jaqi Aru, que conta com um site cujo objetivo é destacar e promover a língua aimará na internet, por meio da criação de conteúdos de mídia digital. Esse trabalho envolve tradução, uso de produtos multimídia e ferramentas de redes sociais.

jaqi aru screen shot

No decorrer da última metade do século passado, o aimará gradualmente perdeu campo para o espanhol e o quichuá, outra língua sulamericana, sendo que muitos dos falantes do aimará hoje falam o quichuá. Mario Duran nota algo interessante [es]:

Bolivia y Peru tienen la mayor población aymara-hablante, sin embargo Chile tiene mayor cantidad de paginas webs en aymara con un población muchisimo menor de aymara-hablantes

A Bolívia e o Peru contam com as maiores populações de falantes do aimará, mas é o Chile que tem a maior quantidade de páginas em aimará na internet, apesar da população de falantes ser muitíssimo menor.

Sendo assim, será que vale a pena aprender o aimará e postar conteúdo no idioma online? Sentir Bolivia explica [es]:

Hay mucho interés, tanto de parte de los bolivianos, como de muchas personas que viven en el exterior. Nos interesa mostrar que la lengua aymara está más viva que nunca, que vive en el corazón de nuestro pueblo. Que no es una lengua muerta, que es útil y en constante movimiento.

Há bastante interesse, tanto por parte da população local da Bolívia quanto das pessoas que vivem no exterior. Queremos mostrar que a língua aimará está mais viva que nunca, que ela vive no coração de nosso povo. Que não é uma língua morta, que é útil e está em constante movimento.

Veja aqui um vídeo da apresentação [es] de Ruben Hilare e Edwin Quispe no Barcamp Santa Cruz.

Ruben Hilary at Global Voices Citizen Media Conference. Image courtesy Pawliszak Krzysztof

Ruben Hilary no Global Voices Citizen Media Summit. Cortesia de Pawliszak Krzysztof

Ruben Hilary, do Jaqi Aru e Voces Bolivianas, também começou um site de tradução em aimará para o Projeto Língua do Global Voices [ay]. No Global Voices Citizen Media Summit 2010 no Chile [en] em maio passado, Ruben Hilary discutiu o projeto Jaqi Aru na sessão “Línguas indígenas online – desafios e oportunidades”. Veja abaixo um trecho das observações da sessão [en], disponibilizadas por Eduardo Avila:

The goal of the Jaqi Aru project is to increase the presence of Aymara on the internet through 5 main activities, one of which is translations for the Lingua project site Global Voices in Aymara. Volunteers have been translating articles from Global Voices in Spanish for the past 7 months. In addition, the group has a collective blog site, uses web 2.0 tools like Facebook, Flickr, and YouTube, has been learning to subtitle videos on the platform DotSub, and has been starting to participate in the Wikipedia in Aymara community.

This is important for young people and when they look for information. They don't find a lot of information in Aymara and to make it available online. In addition, working with Wikipedia in Aymara may make it easier for people in the rural parts of the country access information in their own language through the use of offline capabilities. […]

Q. What are the Aymara young people writing about?

Most of the members of the Jaqi Aru project live in the city of El Alto, which is a city comprised of migrants from the Altiplano. Some have moved to the city as young adults, others as children, and still others were born in the city. However, everyone has relatives in their communities of origin. Often they return home for festivities or to visit relatives, and they often write about their communities. There are some amazing pictures taken by some of the members that tourists or other Bolivians do not have access to, and that is reflected in the group blog.

O objetivo do projeto Jaqi Aru é ampliar a presença do aimará na internet por meio de 5 atividades principais, uma das quais é a tradução do site do Projeto Língua Global Voices em Aymara. Os voluntários traduzem artigos do Global Voices em Espanhol há sete meses. Além disso, o grupo tem um blog coletivo, usa ferramentas da web 2.0 (como Facebook, Flickr e YouTube), está aprendendo a legendar vídeos na plataforma DotSub e ainda começou a participar da comunidade do Wikipédia em aimará.

Tudo isso é importante para os jovens no momento em que buscam informações. Eles não encontram muita coisa em aimará online. Além disso, trabalhar com a Wikipédia em aimará faz com que seja mais fácil para pessoas em áreas rurais do país acessarem informações em sua língua por meio do uso de recursos offline. […]

P. Quais os assuntos que os jovens aimará estão abordando?

A maioria dos membros do projeto Jaqi Aru mora em El Alto, que é uma cidade composta de imigrantes do Altiplano. Alguns deles mudaram-se para a cidade quando eram jovens, alguns ainda criança e outros nasceram na cidade. No entanto, todos têm parentes em suas comunidades de origem. Geralmente voltam para casa em períodos festivos ou para visitar a família, e normalmente  escrevem sobre suas comunidades. Tem umas fotos incríveis tiradas por alguns dos membros [de situações] que turistas ou outros bolivianos não teriam acesso, e isso se reflete no blog do grupo.

Veja abaixo fotos das atividades do Jaqi Aru tiradas das páginas no Flickr do Voces Bolivianas e Jaqi Aru:

Ruben Hilary in a press conference, which took place last month

Ruben Hilary em uma coletiva de imprensa que aconteceu no mês passado

A presentation of Jaqi Aru

Uma apresentação do Jaqi Aru

The Jaqi Aru Team

A equipe do Jaqi Aru

2 comentários

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.