Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Mianmar: Campanha pelo “Boicote Eleitoral”

Embora a eleição de 7 de novembro em Myanmar tenha sido criticada e classificada como uma farsa por muitos países ao redor do mundo,  o governo está determinado a avançar com ela. Enquanto o dia se aproxima, há reações mistas entre o povo birmanês no país e no exterior.

O partido da oposição, a Liga Nacional da Democracia, boicotou a eleição alegando que é “injusta e antidemocrática”, e está incitando os cidadãos a não votar nas eleições [en]. A líder pró-democracia birmanêsa detida, Aung San Su Kyi, também decidiu que não vai votar na eleição [en], embora ela esteja nas listas eleitorais.

No Japão, o Comitê de Boicote à Eleição de 2010 realizou uma marcha de protesto [en] no Parque Ebitsu, em Tóquio.

No estado de Rakhine, cartazes da campanha pelo não foram afixados em vários municípios, onde se lê:
“Boicote a Constituição de 2008 e a eleição de 2010: NÃO 2010″. Uma das pessoas que participaram nesta campanha, disse à Arakhan Review:

For Boycott Election Campaign, we have posted around 1000 posters in 12 villages of Taung Kote and Ma Ei Townships one month before the Nov 7 election. We have gone down to these villages so that everyone in these villages can participate in this campaign against the government's election. We have to do this campaign together in both townships of Taung Kote and Ma Ei because these two townships together make up one constituency. Another thing is Union Solidarity Development Party (USDP) and National Unity Party (NUP) will be the only two parties running in this constituency, so we don't need to feel bad towards other parties by this boycotting. We totally opposed the 2008 Constitution, so we cannot accept this 2010 Elections which will legalize this constitution.

Pela Campanha de Boicote à Eleição, nós colocamos cerca de 1000 cartazes em 12 aldeias de Taung Kote e municípios de Ma Ei um mês antes da eleição de 7 de novembro. Temos ido para estas aldeias, para que todos nestas aldeias possam participar nesta campanha contra a eleição do governo. Temos que fazer essa campanha juntos em ambos os municípios de Taung Kote e Ma Ei, pois esses municípios juntos formam uma circunscrição. Outra coisa é que o Partido União do Desenvolvimento Solidário (USDP) e o Partido da Unidade Nacional (NUP) serão os dois únicos partidos concorrendo nesta circunscrição eleitoral, de modo que não precisamos nos sentir mal pelos outros partidos por este boicote. Nós nos opomos totalmente À Constituição de 2008, por isso não podemos aceitar estas eleições de 2010 que irá legalizar esta Constituição.

Em 7 de novembro, cerca de 498 cadeiras da câmara baixa do Parlamento (Pyi Thu Hlut Taw) e 224 cadeiras da câmara alta (Amyo Thar Hlut Taw) estarão em disputa, incluindo as outras cadeiras das legislaturas estaduais e regionais. Cerca de 25% das cadeiras serão reservadas para o pessoal do serviço de defesa.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.