Indonésia: Ex-editor da Playboy declarado culpado de indecência

A Suprema Corte da Iidonésia considerou o ex-editor da Playboy Indonésia culpado de violar as leis sobre indecência do país. Grupos de mídia e blogueiros protestaram da decisão considerando-a como “criminalização da imprensa.” A Playboy Indonésia não continha nenhuma foto de nu.

Artigos recentes sobre Leste da Ásia

Artigos mais lidos

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.