Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Irã: Protesto Internacional contra Apedrejamento

Sakineh Ashtyanieh Mohammadi

Aqueles condenados a ser apedrejados no Irã tem agora um rosto na mídia internacional, Sakineh Mohammadi Ashitiani, uma mãe de 43 anos de idade de dois filhos, que recentemente foi condenada à morte por apedrejamento, por adultério.

Ela foi considerada culpada, pelo tribunal, de ter relações sexuais com [os] dois homens que assassinaram seu marido.

Seu advogado, Mohmmad Mostafai, diz [en] que o clamor internacional sobre a sentença de morte talvez seja o suficiente para salvá-la da execução. Mostafai recentemente fugiu do Irã e agora está baseada na Noruega, onde ele divulgou o caso online e na mídia internacional.

Infelizmente, o caso de Sakineh não é único no Irã. Segundo o jornal francês Le Figaro [fr] existem atualmente três homens e mulheres condenados a ser apedrejados nas prisões iranianas.

O Comitê Internacional Contra a Lapidação publicou [en]uma longa lista de pessoas que foram apedrejadas no Irã nos últimos 30 anos.

Protesto Internacional: Da Austrália à Geórgia

Cidadãos de várias cidades do mundo protestaram,  no começo de agosto, contra a sentença de apedrejamento no Irã. Nas últimas semanas, diferentes organizações lançaram manifestaçõies em todo o mundo para protestar contra a sentença de morte de Sakineh.

Mulheres na Geórgia organizaram manifestações para demonstrar sua raiva e desgosto, e para apoiar Sakineh.

[Manifestações] Contra o apedrejamento ao redor do mundo, em fotos.

O blogueiro iraniano Talelesiyasat escreve [fa]:

When outside Iran speaking of Islam as a religion of love and kindness, foreigners immediately remind me about the stoning and lashing sentences and it makes me shameful. I want to say very clearly that we can not speak about Islamic and humanistic values and sentence people to be stoned… It is by the same double standards of [the State] to order public executions within the country and create propaganda outside Iran about their kindness…

Quando se fala, fora do Irã , do Islã como uma religião de amor e bondade, os estrangeiros imediatamente me lembram sobre as sentenças de apedrejamento e chicotadas e me fazem sentir vergonha. Quero dizer muito claramente que não podemos falar sobre valores islâmicos e humanistas e condenar pessoas a serem apedrejadas… É pelo mesmo padrão duplo que [o Estado] ordena execuções dentro do país e cria propagandas fora do Irã sobre sua bondade…

Sahargahan que publicou a foto acima [no início do post], escolheu [fa] “Lapidação ou Crime Sagrado” como o título de seu post. O blogueiro, que se coloca contra qualquer tipo de execução, diz que a lapidação é a pior [forma de execução].

Stoning is the most shameful crime that a human being from the dawn of existence has committed.

Lapidação é o crime mais vergonhoso que um ser humano, desde os primórdios da existência, cometeu.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.