Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Angola: Moedas Voltam a Cintilar

Desde o passado mês de Maio, que o BNA (Banco Nacional de Angola) colocou em circulação moedas de 5 kwanzas juntamente com as de 1, 2, 10 e 50 kwanzas que voltam a circular.

Moeda de 1 kwanza. Retirado do blogue Aerograma.

O autor do blogue After all I´m just a boy walking around [pt] explica o objectivo da reintrodução das moedas:

Com este objectivo pretende-se defender o consumidor, contribuindo para maior rigor nos trocos e menores perdas por parte deste. Ainda hoje ao almoço, a conta acabava em 7,50 kwanzas o que não me fez receber os 2,50 kwanzas a que tinha direito (mesmo sendo um valor residual, somado muitas vezes, dá um valor grande). Num país com extrema pobreza parece-me uma medida adequada a proteger os mais pobres.

A utilização das moedas tem criado alguma desconfiança entre a população. De acordo com o Jornal de Angola, “para muitos, elas são um empecilho, porque os comerciantes se recusam a aceitá-las”, embora haja quem defenda a circulação de moedas, porque acham que estas deviam circular no mercado formal e informal justificando também com a “lastimável conservação das notas pequenas” que ali circulam actualmente.

Afonso Loureiro do blogue Aerograma escreve a este respeito:

Faz sentido que se cunhem moedas para substituir as notas de denominações mais baixas, que se estragam muito depressa. Por trocar de mãos muitas vezes por dia, a vida média de uma nota de 50 kwanzas deve ser de apenas alguns meses, por exemplo.

Alguns comerciantes, diante da recusa de alguns clientes em aceitarem as moedas, tentam a seu modo sensibilizar as pessoas.

Foreign Banknotes from Flickr user DanieVDM, CC Licensed (Remixed)

Foreign Banknotes / Notas Estrangeiras do utilizador Flickr DanieVDM, Licença CC (Remixed)

A questão da moeda em Angola tem inspirado artistas, tais como Manuel Guedes dos Santos Lima, que no seu poema “Kwanza” faz uma brincadeira poética em torno do Kwanza (o maior rio de Angola), e a moeda nacional com o mesmo nome. O autor do blog MultiBlog publicou o poema e diz que “a verdadeira moeda de Angola é o dólar”.

De facto, com as moedas em circulação, o governo angolano tenta cercear a utilização da moeda que verdadeiramente reina no país, o dólar. A moeda americana ganhou espaço no mercado nacional graças à instabilidade político-militar que se vivia em Angola: o país viveu mergulhado em quase 30 anos de guerra, numa luta disputada entre os dois grandes partidos nacionais: Unita e MPLA.

Segundo o jornal O País a fixação da política de preços está ainda a ser alvo de avaliação, devido à coexistência das duas moedas no quotidiano angolano, prática enraizada nos hábitos dos cidadãos, que embora não aconselhada pelo INADEC (Instituto Nacional de Defesa do Consumidor) é naturalmente difícil de mudar.

1 comentário

  • lavadogomes

    obrigado pela dica das moedas em circulaçao,e ao responder ao conteudo pedia o favor de obter uma colecçao nova unitaria e os portes para lisboa para a minha colecçao de numismatica obrigado

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.