Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Armênia-Turquia: Painel do Congresso dos EUA Adota Resolução sobre Genocídio

armenia_genocide_memorial

Tsitsernakaberd Genocide Memorial, Yerevan, Republica da Armênia © Onnik Krikorian

No que acabou por ser uma votação tensa, os Comitê de Assuntos Estrangeiros do Congresso dos EUA votou no dia 4 de março uma resolução não vinculativa reconhecendo a deportação e o massacre dos armênios que viveram no Império Otomano como Genocídio. Embora aceito como tal por muitos outros países, bem como pela maioria dos historiadores, tentativas anteriores de traduzir resoluções em propostas de lei reais falharam depois de funcionários em Washington alertarem para as consequências de alienar a Turquia, um aliado-chave na região.

No ano passado, citando o ímpeto nas tentativas de fazer a Armênia e a Turquia resolverem seu próprio passado doloroso, o presidente dos EUA, Barack Obama, evitou denominar os massacres como Genocídio apesar de promessas eleitorais em fazê-lo. Desde então, porém, muitos analistas consideram que a Turquia não tem cumprido a sua promessa de ratificar dois protocolos assinados em outubro que iriam estabelecer relações diplomáticas entre os dois vizinhos há muito afastados e estabelecer uma comissão histórica para resolver o problema de uma vez por todas.

Eventualmente, a resolução foi aprovada por 23 votos a 22 e ambos os armênios e turcos tuitaram ao vivo (live-tweeted) o processo, embora ambos estivessem insatisfeitos com os atrasos persistentes, apesar de interpretá-los de maneiras diferentes. Muitos também foram confundidos pela falta de um registro de votação imediata.

res_0001

@ianyanmag Eu acho que eles f*deram processualmente com a resolução. Os congressistas que votaram a favor não estão aparecendo para o projeto.
@dolmastan Aparentemente 4 membros ainda não votaram… e eles estão fazendo de tudo para acomodar os potenciais eleitores do SIM! Confusão Processual!

@talkturkey Será que alguém tem uma contagem exata?

Na confusão, e, especialmente, como para a maioria dos que votavam era incerto se a resolução seria aprovada, houve até mesmo alguma comunicação limitada entre os dois.

res_0002

@dolmastan Estou contando por mim mesmo! Gostaria que eles mostrassem [a votação] na tela para evitar incorreções, mas saberemos logo
@ianyanmag Pelas nossas contas está 22-19 a favor do NÃO

Ao fim, porém, a resolução foi aprovada e muitos armênios na Armênia bem como sua grande diáspora celebraram, enquanto outros alertaram sobre as possíveis repercussões que virão.

res_0003

RT @krikOrianM: [Os] Fogos de artifício começaram em #Beirute pela vitória :) #Armênios #Armênia #Genocídio
@armineinlondon Turquia chama seu Embaixador de Washington, DC – Justificadamente!
@talkturkey @unippedblog ele deve ficar lá pra sempre :)
@dolmastan Espero que o Parlamento Turco introduza Resolução para condenar os EUA pelas atrocidades [cometidas] contra nativos americanos, afroamericanos, [e no] Oriente Médio

Uma jornalista holandesa baseado na Turquia blogou e tuitou [sobre] sua preocupação enquanto alguns armênios resignaram-se a certas “realidades” sobre as relações Turco-Americanas.

res_0005

@armineinlondon O teatro do departamento de Estado e da Casa Branca vai novamente matá-lo. É preciso haver uma mudança de estratégia
@dolmastan Nós só podemos esperar e ver o que isto faz com os esforços de paz que foram conseguidos entre #Turquia e #Armênia. Em minha humilde opinião: #Fail [Falha], uma grande e gorda #Fail [Falha] #Projeto de lei sobre genocídio

Em geral, os armênios na #Turquia também são contra este tipo de jogo político. Serve apenas aos nacionalistas da Turquia, não serve para a reconciliação

margara_0004

Portões na fronteira turca, Margara, Republica da Armenia © Onnik Krikorian

Na verdade, como esta não é a primeira vez que uma resolução deste tipo foi aprovada, ainda é incerto o que vai acontecer a seguir, dada a sua natureza não vinculativa, a pressão internacional sobre a Turquia para normalizar as relações e abrir sua fronteira com a Armênia, e os principais objetivos da política externa dos EUA que exigem o apoio da Turquia.

Mesmo assim, algumas pessoas em ambos os lados da divisão étnica têm esperança de que a cabeça fria vai prevalecer. Por agora, porém, alguns poucos acreditam ou esperam isso, mas a situação ficará mais clara à medida em que o dia 24 de Abril, data em que os armênios marcam o aniversário dos massacres, se aproxima.

res_0004

Resolução sobre Genocídio Armênio é aprovada pelo Comitê da Câmara de Relações Exteriores. 23-Sim 22-Não. Agora rezo para ambas as nações trabalharem pela PAZ.
@monocat Os turcos estão ficando cansados da mesma história todo ano tanto quanto qualquer outra pessoa. “Vamos apenas acabar com isto” parece mais comum que nunca…
Mais de 20 países, incluindo aliados próximos, e 44 dos 51 estados americanos definem #1915 como genocídio, a propósito.

survivor

Sobrevivente do Genocídio, Yerevan, Republica da Armenia © Onnik Krikorian

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.