Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Índia: Terror Atinge Pune

Imagem cortesia de http://twitpic.com/photos/abhi_bol

Imagem cortesia de http://twitpic.com/photos/abhi_bol

Por volta das 19:30 do sábado (13 de fevereiro de 2010) uma bomba explodiu em um restaurante popular entre os turistas na cidade de Pune, no oeste da Índia e matou 9 pessoas, deixando 57 feridas. A bomba estava em uma mochila e explodiu quando um garçom tentou inspecionar a bagagem perdida. hashi Bellamkonda no My Digital Thoughts reporta:

A few hours ago (Feb 13th 2010) a bomb went off popular cafe ‘German Bakery” in Pune India. At the time of posting this the press were reporting that 8 people had died and about 40 injured in this blast which left the bodies charred beyond recognition. The bakery is a popular spot with foreign tourists.

Algumas horas atrás (13 de fevereiro de 2010) uma bomba  explodiu no popular café “German Bakery” em Pune, Índia. Enquanto posto isto, a imprensa já relatou que 8 pessoas morreram e 40 estão feridas na explosão que deixou os corpos carbonizados de forma irreconhecível. O German Bakery é um ponto popular entre turistas estrangeiros.

Shashi também tem estas observações:

  • Isto acontece depois do Paquistão e Índia concordarem em retomar as conversações que haviam sido suspensas desde os ataques de Mumbai em 2008. (14 meses atrás).
  • David Headley atualmente numa cadeia de Chicago tinha visitado Pune para avaliar a Osho Ashram perto do local da explosão.
  • O local da explosão é próximo da Casa Chabad de Pune e a casa Chabad de Mumbai foi um alvo nos ataques de 26/11 em 2008.
  • A área da explosão é próxima ao Resort de Meditação Osho Ashram frequentado por turistas, e uma outra similaridade aos ataques de 2008 em Mumbai.
  • Pragmatic Euphony alerta:

    The jehadis have struck again on the Indian mainland; this time in Pune, albeit more than a year after the horrendous terror attacks on Mumbai in November 2008. The initial response, while going with the most plausible and popular assumption that the blast was the handiwork of Pakistan based jehadi groups, is one of indignation. Perhaps understandably so as tempers are bound to run high. And this emotion is likely to be further amplified as the Indian mainstream media hyperventilates and virtually runs amok with its over the top coverage of the incident.

    A Jihad [os Jihadistas] golpeou novamente o território indiano; desta vez em Pune, não obstante mais de um ano após os horrendos atentados terroristas em Bombaim em novembro de 2008. A resposta inicial, enquanto baseada na hipótese mais plausível e popular de que a explosão foi obra de grupos jihadistas baseados no Paquistão, é de indignação. Talvez, compreensivelmente, enquanto as emoções chegam ao limite. E essa emoção tem grandes probabilidades de ser ampliada  na medida em que a mídia Indiana hiperventila e virtualmente destila ódio com sua cobertura exagerada do incidente.

    As pessoas já estão encontrando ligações com o Paquistão. Offstumped informa que a explosão em Pune veio em seguida a uma ameaça [do grupo jihadista paquistanês] Laskar-e-Taiba. Um líder do Lashkar-e-Taiba definiu Pune como uma cidade-alvo em uma manifestação pública autorizada no Paquistão. The Acorn diz:

    Despite the Lashkar-e-Taiba threat, it is too early to definitively attribute the attack to the Pakistani military-jihadi complex. But it is clear that the Pakistani military-jihadi complex has every reason to escalate tensions with India through the use of terrorism. Without the excuse of “tensions to the east”, Pakistan would have nothing left to explain to Washington its double-dealing on the taliban.

    Apesar da ameaça do Lashkar-e-Taiba, ainda é muito cedo para atribuir de forma definitiva os ataques ao complexo militar-jihadista paquistanês. Mas está claro que o complexo militar-jihadista paquistanês tem todas as razões para incentivar a escalada de tensões com a Índia através do uso do terrorismo. Sem a desculpa de “tensões ao leste”, o Paquistão não teria nada mais para explicar à Washinton sobre sua falsidade na questão do Taliban.

    Dilip D'Souza no Death Ends Fun lembra que a Índia deveria também fazer algo em relação ao terrorismo doméstico:

    Until we recognize homegrown terror for what it is — no less than anything from abroad — and until we stand against every kind of terror, we will never defeat terrorism.

    Até que nós reconheçamos o terrorismo doméstico pelo que ele é – nada menos que qualquer coisa vinda de fora – e até que nós comecemos a nos opor a todo tipo de terror, nunca derrotaremos o terrorismo.

    A “Twittersfera” estava alvoroçada com tweets e retweets espalhando as notícias. Vejam algumas reações:

    IndiaHappening: Nine killed, 32 hurt in Pune terror blast http://bit.ly/arLssZ #India

    r_shekhawat: Terror strikes at my home – ‘Pune’ : Once again, innocent people killed by some mindless terrorists. Pune, a great city, hurt and bruised.

    pragmatic_rebel: Must be a sad start to Valentine's day in #Pune! Still aghast at the blasts, I wish #India does something really different this time.

    bhuvan_chelsea: We need a vigilante like Batman here in #India . ;-)

    tweetSAMRAT: Is praying for the victims of the recent Pune bomb blast.

    nehasasi: RT @deepitganjoo: Please RT This Jahangir Hospital Pune Needs Blood AB+ve and B+ve Contact : 1066 Those who are in Pune…. Please

    _india_: Pune blast casts shadow on talks with Pak

    IndiaHappening: Nove mortos, 32 feridos na explosão terrorista em Pune http://bit.ly/arLssZ #India

    r_shekhawat: O terror ataca em minha casa – ‘Pune’ : Outra vez, pessoas inocentes foram mortas por algum terrorista estúpido. Pune, uma grande cidade, magoada e ferida.

    pragmatic_rebel: Deve ser um triste início para o Dia dos Namorados em #Pune! Ainda horrorizado com as explosões, eu desejo que a #Índia faça algo realmente diferente desta vez.

    bhuvan_chelsea: Nós precisamos de um vigilante como o Batman aqui na #Índia. ;-)

    tweetSAMRAT: Está rezando para as vítimas da recente explosão em Pune

    nehasasi: RT @deepitganjoo: Por favor RT isso Hospital Jahangir em Pune precisa de sangue AB+ve and B+ve Contato : 1066 Aqueles que estão em Pune… Por favor

    _india_: Explosões em Pune lançam dúvidas sobre conversações com o Paquistão

    Sem dúvida as explosões em Pune vão impactar nas recentes negociações de  boa-vontade entre Índia e Paquistão. Mas parece que os terroristas estão em vantagem na medida em que as emoções estão à flor-da-pele por todo lado.

    Inicie uma conversa

    Colaboradores, favor realizar Entrar »

    Por uma boa conversa...

    • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.