Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Cuba: Um Ano Blogando de Dentro da llha

Bloggers-CubaO dia 27 de novembro marcou a data do primeiro aniversário do Bloggers Cuba [es], uma comunidade de blogueiros dedicados a escrever sobre seu país “de dentro da ilha”. Junto com blog coletivo, o trabalho da comunidade também inclui o “Leitor cubano” [es], uma coletânia de feeds RSS de mais de 30 blogs da blogosfera cubana, que pode ser usada como ponto de partida para qualquer visitante que queira ler sobre do país.

O que torna o Bloggers Cuba único é sua perspectiva endógena: embora existam mais de 700 blogs que tratam de Cuba como um tema, eles consideram a maioria desses blogs como sendo mantidos por autores que vivem fora da ilha. Sua visão trouxe atrito para os autores por parte de leitores e, inversamente, fortaleceu a amizade entre os contribuintes, como lembraram em uma discussão sobre o post de aniversário da comunidade [es].

O contribuinte Roger TM compartilhou:

Hace poco más de un año, éramos solo 11 personas en un aulita fría del Palacio Central de Computación, luego de varios encuentros esporádicos, se fueron sumando otros Blogueros que teníamos cierta afinidad en cuanto a ideas. Hoy hace exactamente un año vio la luz este proyecto, que ahora, más que ser un grupo de Blogueros con ideas afines, somos un grupo de amigos (…)

Cerca de um ano atrás, éramos apenas 11 pessoas em uma sala fria no Palacio Central de Computación (Palácio Central de Computação); após vários encontros esporádicos outros blogueiros com os mesmos interesses se juntaram a nós. Hoje faz exatamente um ano que este projeto viu a luz e agora, mais do que apenas um grupo de blogueiros com idéias semelhantes, somos um grupo de amigos (…)

Boris:

Te pueden cerrar una puerta, te pueden dejar solo, te pueden acusar y querer llevarte a la hoguera… pero si tienes buenos amigos, te puedes salvar también. Eso ha sido Bloggers Cuba, una comunidad de amigos reunidos entorno a un blog, unas cuantas cyberaficiones comunes, algunas ideas sobre cómo debe ser esta isla… Y muchas ganas de hacer, de soñar en grande, aunque después, no pocas veces, nos hayamos quedado en la ilusión. Y lo mejor: nadie nos convocó, nadie nos pidió hacerlo, nadie controló el “cumplimiento de la tarea”. Nunca antes me sentí tan libre.

Podem fechar uma porta, podem te deixar sozinho, podem acusá-lo de alguma coisa e tentar jogá-lo ao fogo… mas se você tem bons amigos, você pode ser salvo também. Bloggers Cuba tem sido isso, uma comunidade de amigos reunidos em torno de um blog, com cyberhobbies semelhantes, e algumas idéias de como as coisas deveriam ser nesta ilha… E a vontade de fazer as coisas, sonhar grande, embora tenhamos permanecido na ilusão mais de uma vez. E melhor: ninguém nos chamou, ninguém nos pediu para fazer isso, ninguém controlou “o acabamento da tarefa”. Nunca me senti tão livre.

David:

“Tu eres francés, no te metas en nuestros problemas, no opines, no te asiste el derecho, si lo tuyo es el rock, métele caña a las guitarras y sigue apoyando las bandas, pero deja mi política en paz que no te incumbe… no postees más en blogs de tantas estupideces como esas, limiítate a lo tuyo… ok?”…
Me gané innumerables insultos, provocaciones, amenazas, descalificaciones gracias a Bloggers Cuba :) … pero Bloggers Cuba me confirmó que no todos los gusanos (gente que ha dejado la isla) son malos y que no todos los revolucionarios son buenos, y vice versa. Bloggers Cuba ha abierto una puerta de diálogo y ha inspirado nuevas plataformas de blogs cubanas administrada desde adentro: Voces Cubanas, Blogcip… BC fue pionero en eso.

“Vocês é francês, você não deve se preocupar com nossos problemas, você não deve ter uma opinião, você não tem o direito; se seu foco é o rock, esforce-se com guitarras e mantenha o apoio à bandas, mas deixe a minha política sozinha, porque ela não importa para você … você não deve postar em blogs sobre coisas estúpidas como essa, permaneça no seu foco… ok?“…
Recebi inúmeros insultos, provocações, ameaças e difamações graças ao Bloggers Cuba :) … mas o Bloggers Cuba também me confirmou que nem todos os gusanos (pessoas que deixaram a ilha) são maus e nem todos os revolucionários são bons, e vice-versa . O Bloggers Cuba abriu uma porta para o diálogo e inspirou novas plataformas de blogs cubanos mantidos de forma endógena: Voces Cubanas, Blogcip… Nesse quesito, o BC foi um pioneiro.

Zorphdark:

Un par de horas después de un aburrido mediodía de mayo recibo el único correo que he marcado con una estrella en GMail. Era una invitación de BC para ser parte de su comunidad. Han pasado más de seis meses de aquel intenso respirar y aún no lo creo. “No soy digno” -pensaba; “¿qué publicar?” -todavía me pregunto. Llego al punto de encuentro, a una fiesta inolvidable, y conozco a muchas de las personas que han influido directamente en mi vida desde entonces: gente que admiro profundamente, con la que me siento de maravilla, con quienes invertiría decenas de horas para conversar. Seres humanos VIP, llenos de imaginación, de juventud y cubanía.

Algumas horas depois do entediante meio-dia de Maio, recebi o único e-mail que eu já marquei com uma estrela no Gmail. Foi um convite do BC para pertencer à comunidade. Já se passaram mais de seis meses desde aquela respiração pesada, e eu ainda não consigo acreditar. “Eu não mereço”, pensei, “o que devo escrever?” Eu ainda me pergunto. Eu chego no ponto de encontro, uma festa inesquecível, e encontro muitas pessoas que influenciaram diretamente a minha vida desde então: pessoas que eu admiro profundamente, pessoas que me fazem sentir maravilhoso, pessoas as quais posso conversar por dezenas de horas. Seres humanos VIP, cheios de imaginação, juventude e de um  modo de ser tipicamente cubano.

O Bloggers Cuba também publica um resumo de seus posts como uma revista mensal disponível para download no formato PDF.

6 comentários

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.