Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Singapura: Taxista-blogueiro é PhD

Ele é um taxista singapureano [en], blogueiro, e possui PhD pela Universidade de Stanford. Os internautas de Singapura o descrevem como “o taxista mais educado no mundo”. Seu nome é Dr. Mingjie Cai.

Dr. Cai trabalhou por 16 anos como Investigador Chefe no Instituto de Biologia Celular e Molecular do A*STAR [Agência para Ciência, Tecnologia e Pesquisa, en], em Singapura. Ele foi demitido de sua função em 2007 (sem indenização). Após uma tentativa sem sucesso de buscar de novo emprego, ele decidiu, em novembro de 2008, tornar-se um taxista. Começou a blogar há 4 meses e seu blog atraiu a atenção dos blogueiros de Singapura, assim como da mídia de massa [en].

Dr. Cai apresenta a si mesmo e a seu blog dessa maneira:

Probably the only taxi driver in this world with a PhD from Stanford and a proven track record of scientific accomplishments, I have been forced out of my research job at the height of my scientific career, and unable to find another one, for reasons I can only describe as something “uniquely Singapore”. As a result, I am driving taxi to make a living and writing these real life stories just to make the dull job a little more interesting. I hope that these stories are interesting to you too.

Provavelmente o único taxista nesse planeta com um PhD pela Universidade de Stanford e um histórico comprovado de realizações científicas [en]. Fui forçado a abandonar minha pesquisa no auge da minha carreira científica, e impossibilitado de achar outro emprego, por razões que somente consigo descrever como algo ‘unicamente da Singapura’.  Como resultado, estou dirigindo um táxi para me sustentar e escrevendo essas histórias da vida real só pra fazer esse trabalho tedioso um pouco mais interessante. Espero que essas histórias também sejam interessantes para vocês.

Dr. Cai menciona as circunstâncias que o forçaram a se tornar um taxista:

Becoming jobless at my age is perhaps the worst nightmare that can happen to any ordinary man, not to mention the loss of life-long career…I had submitted countless CV and application letters to various places in Singapore including universities, government agencies, and private companies. Most of them, however, never responded. A couple of replies I did receive never materialized into anything positive. Later, the outburst of financial crisis world wide helped extinguish my last hope of finding a job anytime soon. By November 2008, I finally made a decision to become a taxi driver.

This blog records some of the events that I have experienced as a taxi driver. They are all actual events and are presented as truthfully as possible…The purpose of this blog is to provide readers with the first hand accounts of my experience of converting from a veteran scientist to a rookie taxi driver in today’s Singapore

Ficar desempregado em minha idade é, talvez, o pior pesadelo que pode acontecer com qualquer homem comum, sem mencionar a perda de uma carreira ao longo de uma vida… Eu enviei incontáveis currículos e cartas para vários lugares em Singapura, incluindo universidades, agências do governo e empresas privadas. A maioria delas, entretanto, nunca respondeu. Algumas respostas que recebi não se materializaram em algo positivo. Em seguida, a erupção da crise financeira em todo o mundo ajudou a extinguir minha última esperança em achar um trabalho logo em breve. Em novembro de 2008, finalmente decidi me tornar um taxista.

Esse blog registra alguns dos eventos que experimentei como taxista. Todos são eventos verdadeiros e são apresentados o mais veridicamente possível… O objetivo desse blog é prover aos leitores em primeira mão a minha experiência de me converter de um cientista veterano a um taxista novato na Singapura atual.

Mas será que o Dr. Cai é uma pessoa de verdade? Ele é realmente um cientista? Toward the Green [Em Direção ao Verde] pesquisou o perfil do Dr. Cai e confirmou que ele publicou alguns artigos científicos.

the facts seem pretty clear: Dr. Cai does exist, and has a well-documented history as a biochemist from the years 1989 to 2009. There is at best circumstantial evidence to suggest that he had a falling out with IMCB sometime in 2007, but hardly anything definitive at this point.

So why is Dr. Cai having trouble finding another R&D job? The R&D market isn’t so hot these days. The bad economy means not many firms are hiring professional scientists. Academia isn’t much of a help – there’s a long history of too many PhDs chasing too few jobs. It doesn’t help that many people get a feeling for rampant ageism in the R&D job market too. Dr. Cai, having received his PhD in 1990 or so, is probably in his mid-forties by now, which in any industry is a particularly challenging time to find work.

Dr. Cai now writes engaging stories of his experiences as a taxi driver. However, for someone like me, his experience spells a clear cautionary tale for anyone interested in a R&D career, let alone anyone interested in an R&D career in Singapore and A*STAR.

Os fatos parecem bem claros: Dr. Cai realmente existe, e tem um histórico bem documentado como bioquímico entre 1989 e 2009. Há, na melhor das hipóteses, provas circunstanciais para sugerir que ele teve divergências com o IMCB (Instituto de Biologia Celular e Molecular) por volta de 2007, mas dificilmente algo definitivo à essa altura.

Então porque o Dr. Cai tem problemas para achar outro emprego como Pesquisador?  O mercado de Pesquisa e Desenvolvimento não está tão aquecido atualmente. A economia ruim significa que não há muitas empresas contratando cientistas profissionais. A academia não ajuda muito – há um longo histórico de uma alta demanda de PhDs em busca de pouca oferta de emprego.  Não ajuda também que muitas pessoas tenham um sentimento extremo de preconceito em relação a pessoas mais velhas no mercado de trabalho em P&D. Dr. Cai recebeu seu PhD por volta dos anos 1990, está atualmente em torno dos 45 anos, que em qualquer indústria é uma época particularmente  desafiadora para se encontrar emprego.

Dr. Cai  agora escreve histórias cativantes de suas experiências enquanto taxista. Entretanto, para alguém como eu, sua experiência implica em um conto claramente cauteloso  para qualquer pessoa interessada na carreira de Pesquisa e Desenvolvimento, sem mencionar àqueles interessados na carreira de P&D em Singapura e na A*STAR.

Rambling Librarian [Bibliotecário Errante] descreve Dr. Cai como “a verdadeira voz de todos os taxistas singapureanos“:

…he probably became the de facto voice for all Singapore cabbies overnight. Without planning to be one, he is a leader in his own way.

…ele provavelmente se tornou a verdadeira voz de todos os taxistas noturnos de Singapura. Sem planejar ser líder, ele se tornou um ao seu próprio modo.

Alvinology II louva a atitude do taxista-blogueiro:

The blog reads like a novel of sort, about a scientist-turned-taxi-driver, diligently documenting quirky observations he made while driving on the road – the passengers he met, the various changes coming to our society.

I feel for his plight though. It is a waste of human capital when skill sets and academic qualification do not match with the job a person is holding. Definitely not a healthy trend if we see more and more Singaporeans in such a predicament.

O blog se desenvolve como uma espécie de romance, sobre um cientista-que-virou-taxista, documentando diligentemente observações informais que ele faz enquanto dirige – os passageiros que ele encontrou, as várias mudanças que acontecem na nossa sociedade.

No entanto, tenho pena de seu sofrimento. É um desperdício de capital humano quando qualificação e habilidades acadêmicas não combinam com o emprego que uma pessoa tem. Definitivamente não é uma tendência saudável se vermos mais e mais singapureanos nessa contrariedade.

Mr Wang Says So [Sr. Wang Diz Assim] aprecia o estilo de escrita do Dr. Cai:

I really like his writing. It's honest, observant, authentic and has a lot of genuine local flavour. His blog entries almost inspire me to start writing my next poetry book.

Eu realmente gosto de sua escrita. É honesta, atenta, autêntica e tem muito de um sabor local genuíno. Seus artigos no blog quase me inspiram a começar a escrever meu próximo livro de poesias.

Heyzanie's World [Mundo de Heyzanie]  acha que dirigir um taxi não é um emprego inferior até mesmo para alguém com PhD de Stanford:

It is a business you can run quite independently and if managed well, it fetches ok income. More importantly, it gives one flexibility of time to work on the other aspects of life. Afterall, Dr. Cai has spent a life time of researching in other people’s labs. It’ll be good to be explore and experiment his own life for a change.

Personally, I feel that driving a cab should not seen as beneath one’s dignity – not even for a star-studded Phd – if one knows how to make the best out of it.

É um negócio que você pode levar independentemente e, se bem administrado, resulta em um salário bom. Mais importante, dá a pessoa a flexibilidade de tempo para trabalhar em outros aspectos da vida. Afinal, Dr. Cai gastou o tempo de uma vida pesquisando no laboratório dos outros. Será bom explorar e experimentar sua própria vida em busca de mudanças.

Pessoalmente, sinto que dirigir um taxi não deve ser visto como algo abaixo da dignidade de alguém – nem mesmo para um PhD repleto de títulos – se alguém souber tirar o máximo de proveito disso.

O Kent Ridge Common espera que os cientistas trabalhem em um ambiente em que seus talentos possam florescer:

Dr Cai’s experience was like a fish getting suffocated out of water, or more accurately in a suffocative environment marked by domination, prejudice and arrogance in his own words. It is good for a nation like ours to dream of becoming a Biomedical hub, but first and foremost, we must create an environment to allow our talents in the field to flourish. If such an environment remains suffocative, such dreams will only remain as hallucinations.

A experiência do Dr. Cai foi como um peixe sendo sufocado fora d'água, ou mais precisamente em um ambiente sufocante marcado pela dominação, preconceito e arrogância como ele mesmo diz. É bom para uma nação como a nossa sonhar em ser uma referência em Biomedicina, mas antes de tudo, devemos criar um ambiente que permita nossos talentos desse campo florescerem. Se tal ambiente permanecer sufocante, sonhos permanecerão somente como alucionações.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.