Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

México: Contando Segredos no Twitter

Rafa Saavedra, escritor e conhecedor da cultura alternativa da cidade fronteiriça de Tijuana, no México, transformou cada um de seus canais eletrônicos de comunicação em espaços literários lúdicos. Por um lado, ele publica pequenas histórias e projetos em seu blog, Crossfader Network [es], (e suas transmutações); por outro, como o usuário compulsivo @rafadro, ele usa o Twitter como fonte de criação. Seu último trabalho literário-eletrônico, “Soweird” [Tãoestranho, em Português], combina micro-ficção, segredos e o Twitter.

Crossfader Network é minha casa, um lugar onde eu reuno meus pensamentos, imagino mundos melhores e ofereço avanços do que eu faço”, diz Rafa em uma entrevista por email; “Twitter é meu apartamento de solteiro: uma eterna festa com amigos e seguidores, uma fonte de informações (quase) imediatas, um laboratório confuso e criativo, uma ironia sólida, sinceridade genuína em 140 caracteres”.

Em julho deste ano ele pediu a mais de 200 de seus seguidores no Twitter [es] para contribuir com seu maior segredo (ou até mesmo um pequeno segredo, como admitiu momentos depois) para assim criar um texto contado por múltiplas vozes. Com mais de 40 segredos recebidos pelo Twitter ele criou o “Soweird”, onde a ficção e a verdade contaram 22 momentos íntimos de sexo, pudor e crime. A história final, disponível em seu blog, será publicada na revista literária mexicana El Perro [es].

Na seção de “Soweird” dedicada ao tópico ‘Família’, encontramos o seguinte segredo:

11. Mauritz engañó a su novia con la mujer de su mejor amigo. Al tronar éstos, la chica se casó con su hermano. Ahora no puede explicarle a su novia porque no pueden asistir a las reuniones familiares sin temor a causar una desgracia cuasi bíblica.

11. Mauritz traiu sua namorada com a namorada de seu melhor amigo. Quando eles se separaram, ela se casou com seu irmão. Agora ele não consegue explicar à namorada o porque de não participarem de reuniões de família sem medo de provocar uma tragédia de proporções bíblicas.

Na seção de crimes encontramos este outro segredo:

17. Elwin empezó chingándose en cómics el cheque que su padre le mandaba para pagar la universidad privada a la que nunca asistió. Luego, tomó y gastó una cantidad considerable de dinero de su primer trabajo; argumentó que lo asaltaron. En otra ocasión necesitaba un trámite rápido en una dependencia municipal y pidió en la empresa una cantidad excesiva para sobornar al burócrata en turno (gastó la mitad en cervezas).

17. Elwin começou a gastar em revistas em quadrinhos os cheques que seu pai lhe mandara para pagar a universidade particular na qual nunca estudou. Então, ele pediu e gastou uma quantia considerável de dinheiro de seu primeiro trabalho; argumentou que o assaltaram. Em outra ocasião, ele precisava realizar um procedimento rápido em um departamento municipal e pediu à sua empresa uma quantia excessiva de dinheiro para subornar o oficial que trabalhava no local (ele gastou a metade do dinheiro em cerveja).

A visão de Saavedra sobre o serviço de microblogging vai além do que contar detalhes triviais: “No Twitter, as pessoas frequentemente confessam coisas tão absurdas, grotescas e vergonhosas. Vamos lá, há até uma hashtag para #yoconfieso (“Eu confesso”). Então, ao invés de extrair um segredo de meus arquivos pessoais, eu decidi que seria muito interessante trabalhar com os segredos dos outros. Eu estava interessado em saber o quão longe eles iriam, o quanto seria diferente a imagem que eu tenho dos usuários do Twitter e a imagem que eles apresentam para seus seguidores. Voyeurismo de escritor 2.0.”

Apesar de ele não poder revelar os verdadeiros nomes dos seus seguidores, Saavedra caracteriza os usuários que se aliaram a ele neste projeto: “Há alguns estrangeiros, a faixa etária é de 19-40 anos. Como se pode ler no texto, há oito seções que dividem os segredos (Sexo, Pudor, Ex-Apaixonados, Família, Crime, Prazeres Culposos, Tentação e Ex-Amigos). Os segredos dos usuários do Twitter se relacionam mais com a família, sexo, pudor e tentação. Alguns segredos foram muito chocantes.”

“Soweird” não é a primeira empreitada entre Twitter e literatura que Saavedra realizou. Em 2007, ele foi encarregado do projeto colaborativo Microtxts, que reuniu 238 microficções através do usuário @microtxts, e que foi publicado (como seleções) nas publicações mexicanas Replicante [es] e Balbuceo: “Eu convidei amigos escritores, jornalistas, estudantes de Comunicação e pessoas que julguei serem interessante na criação de micro-textos anônimos e em fascículos. O princípio básico dessa oficina foi ‘Escrevendo e compartilhando’. No início, eles não conseguiam entender por completo a dinâmica do Twitter nem o processo de escrita e anonimato. Posteriormente, alcançamos 100 participantes.”

“Até agora eu não conseguia entender minha vida sem Internet, sem redes sociais, sem conteúdo gerado por ambos” ele explica, “Mas ao mesmo tempo, eu posso desligar o computador e viver minha vida sem medos. Vidas online, mídia eletrônica e seus usos são uma fronteira que podemos cruzar com e sem restrições. O mesmo acontece com minha vida em Tijuana”.

Em sua despedida, Saavedra compartilhou uma “verdade” sobre si mesmo em 140 caracteres (ou menos):

“Nunca he querido ser otro que no fuera yo; sin embargo, cambio tan a menudo que a veces me cuesta trabajo reconocerme: Sí, una contradicción”.

“Eu nunca quis me tornar alguém que não fosse eu mesmo; entretanto, eu mudo tão frequentemente que às vezes não consigo me reconhecer: sim, uma contradição”.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.