Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Angola: Comissão Europeia retira TAAG de sua lista negra

Photo by by kaysha, under a Creative Commons license

Photo by by kaysha, under a Creative Commons license

Passados dois anos, o primeiro vôo da TAAG – Linhas Aéreas de Angola de Luanda a Portugal está marcado para hoje, 1º de agosto de 2009, em um Boeing 777-200ER. Angola Airlines volta a operar no espaço aéreo europeu depois que a Comissão Europeia decidiu retirar a empresa de sua lista negra, trazendo novas esperanças financeiras à TAAG que mantinha a rota Luanda/Lisboa graças à parceria com a South African Airlines.

De acordo com o comunicado lançado pela Comissão Europeia, a TAAG retomará os voos mas “apenas com certos aparelhos e segundo condições muito estritas.” O que significa que as linhas aéreas angolanas não têm ainda luz verde para viajar para outros países europeus como a França.

Segundo António Tajani, comissário europeu dos Transportes, a TAAG mantém-se na lista negra. A Comissão Europeia reconhece “os progressos feitos pelas autoridades de aviação civil de Angola e a sua transportadora TAAG na solução de deficiências de uma forma gradual e segura.”

Recorde-se que em Julho de 2007, a TAAG ficou proibida de voar nos céus da União Europeia devido à falta de condições de segurança nas operações. Naquela época, a empresa operava seis vôos por semana entre Lisboa e Luanda, e um vôo semanal para Paris.

Eugénio Costa Almeida, do blog Pululu, dá a sua opinião sobre o assunto:

“Finalmente a TAAG volta, cerca de dois anos depois, a poder voar em céus europeus, ainda que à condição. De acordo com o boletim da União Europeia, hoje divulgado, e depois de constatar que a Comissão “reconhece” o “progresso” realizado pela aviação civil angolana e pela TAAG para “resolver progressivamente quaisquer deficiências de segurança”, retirou a companhia da Palanca Negra da lista negra e permite, durante um período – que será de observação no desenvolvimento das medidas implementadas – voar para um dos países europeus. O destino aprovado foi Lisboa, pelo que a TAAG irá fazer cerca de 10 voos semanais entre Luanda e a capital portuguesa. Todavia, as restantes companhias de bandeira ou registadas em Angola continuam interditas de voarem para a Europa. Também as aeronaves tipo Boieng B-777, com as matrículas D2-TED, D2-TEE e D2-TEF, parecem estar impedidas de voar nos céus europeus. A não ser que haja alguma razão válida parece-me que continua a haver aqui uma “certa imposição” comunitária em compra de aviões da Airbus. Mas depois dos últimos acidentes com esta companhia…”

Afonso Loureiro do blogue Aerograma escreve igualmente sobre o assunto, mostrando opinião crítica sobre a forma como Angola conduziu este assunto:

“As atribulações da companhia aérea de bandeira angolana com as autoridades europeias são já sobejamente conhecidas. A habitual arrogância com que Angola encara críticas, esperando que se adaptem as leis internacionais à realidade angolana e não o contrário, apenas tem dificultado mais o processo de certificação da TAAG que a autorizará a voar para a Europa de novo. Tudo o que um estrangeiro possa dizer de Angola é passível de ser mal interpretado e distorcido, por isso, mais não digo, com receio de que tudo isto seja lido e interpretado como o devaneio de um estrangeiro branco em Angola. Na verdade, prefiro ser apenas porta-voz do que os angolanos pensam da situação da TAAG, que reconhecem haver uma certa desorganização e informalidade na maneira como a companhia opera.”

Para ver a lista completa de companhias aéreas na lista negra da Comissão Europeia acesse o release: Comissão actualiza lista de companhias aéreas proibidas no espaço aéreo europeu.

1 comentário

  • JOÃO BAPTISTA FERNANDES

    Trabalho numa companhia de aviões portuguesa e fico muito satisfeito que finalmente a comissão europeia tivesse reconhecido o esforço da TAAG em culmatar as dificiências apontadas. Muitos parabéns a todos pelo esforço e que Deus vos acompanhe. J. Baptista

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.