Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Animação e Arte Digital Emergem da África

“Digital” ultimamente se tornou uma das palavras mais comentadas, não só no Quênia, mas na África, onde a maioria das coisas ainda é analógica. Entretanto, a Arte Digital é um termo realmente muito novo para os mais experientes aficionados por arte.

Arte Digital se refere comumente à arte criada no computador de forma digital. Numa definição mais ampla, “arte digital” é um termo aplicado a arte contemporânea que usa os métodos de produção em massa ou mídia digital. A tecnologia digital tem transformado atividades tradicionais como pintura, desenho e escultura, enquanto as novas formas, como net arte, instalação de arte digital, e realidade virtual têm sido práticas artísticas reconhecidas.

East Africa’s Collective (Coletivo da África Oriental) é um feed criado no wordpress, um projeto paralelo da designer Barbara Muriungi, nascida no Quênia, atualmente morando em Boston, MA.

Isso é o que ela afirma sobre a ideia por trás da EA Collective:

As an African living abroad I fan my passion for art, music and bits of fashion by staying culturally astute on happenings in and out of the African continent.

Como uma africana morando fora, cultivo minha paixão pela arte, música e moda ao ficar culturalmente ligada nos acontecimentos dentro e fora do continente africano.

A EA Collective existe para procurar um bom conteúdo de designers locais humorísticos.

Um dos destaques interessantes do blog é sobre Tinga Tinga – African Folk Tales (Contos Folclóricos Africanos) que estão prestes a encontrar uma audiência maior através da animação, um projeto de artistas no Quênia e Tanzânia.

African Digital Art (Arte Digital Africana) é uma plataforma online desenvolvida para artistas, entusiastas e profissionais do meio digital para buscarem inspiração, bem como mostrarem sua arte e se conectarem com outros artistas.

O blog foi criado e desenvolvido por Jepchumba, uma artista digital queniana que vive em Chicago, Illionis. Jepchumba confessa que ela sonha em digital no blog pessoal dela. Sua impressionante coleção de arte digital é encantadora, para não dizer mais.

Tears - por Jepchumba

Tears – por Jepchumba

African Digital Art é o melhor site para qualquer um que goste de arte digital. Ele tem apresentado os trabalhos de Wangechi Mutu, Jim Chuchu, Kenneth Shofela Coker entre muitos outros excelentes artistas digitais emergentes.

Jimmi Chuchu é um fotógrafo extraordinário, produtor de filmes e o terceiro membro da Just a Band. Ele ainda hesita em considerar a fotografia como sua profissão como confessou ao African Digital Art – mas para confirmar isso basta visualizar os trabalhos disponíveis em seu website, que também redireciona para o seu blog pessoal.

Apesar das amostras em seu website, galerias de fotos, vídeos musicais, projetos recentes e contatos, deve-se ir ao seu blog para notícias e outros links sobre ele. Lá se obtêm mais detalhes pessoais sobre o que ele atualmente está trabalhando, o que acabou de finalizar e quais são seus futuros projetos.

Alguns dos vídeos apresentados no blog podem ser repetidos do blog da banda, mas ele também dá ideias de seus projetos solo, como edição de clipes.

Uma animação do blog de Kenneth Coker

Uma animação do blog de Kenneth Coker

Kenneth Coker é nigeriano de nascença, mas atualmente reside em Memphis. Atualmente ele está em busca de um emprego como artista/animador de personagens em um estúdio de animação ou vídeo game. O seu blog leva as pessoas a um mundo liderado pela arte digital africana.

Em uma entrevista para a African Digital Arts, Coker fala sobre o seu amor pela animação, que o inspirou a se aventurar na Digital Art, bem como o fato de ser um africano tem influenciado o tipo de animações que ele faz. Leia a entrevista aqui.

A Wikipédia descreve Animação como uma rápida exibição de sequências de imagens de trabalhos de arte ou posições de modelos em 2D ou 3D a fim de criar uma ilusão de movimento. É uma ilusão ótica de movimento devido ao fenômeno de persistência da visão, e pode ser criada e demonstrada em uma série de formas. O método mais comum de apresentar uma animação é como um filme ou programa de vídeo, embora várias outras formas de apresentação também existam.

Just a Bandwidth (Apenas uma Banda) ou simplesmente Just a Band é uma banda queniana ‘experimental’ de house/funk/disco cuja carreira foi lançada com o álbum de estreia, Scratch To Reveal, em 2008. Sua música tem explorado vários direções musicais como, mas não se limita ao jazz, hip-hop, disco e eletrônica. O blog deles funciona desde março de 2008. O primeiro post foi:

Greetings, Earthlings!

Hello everyone,

Welcome to our little space on the Net. We’ll use this particular section to keep you updated with what’s going on in our little world, and we’ll probably use this space to rant about random things.

Bear with us.

We’re always happy to hear from all of you, so feel free to send us a […]

Saudações, Terráqueos!

Olá a todos,

Bem-vindos ao nosso pequeno espaço na internet. Nós usaremos essa seção em particular para lhes manter atualizados sobre o que está acontecendo com o nosso pequeno mundo, e nós iremos provavelmente usar esse espaço para discutir sobre coisas aleatórias.

Tenham paciência conosco.

Ficamos sempre felizes por ouvir todos vocês, então se sintam livres para nos mandar um […]

E esse é o meio que eles têm usado para todo vídeo, evento, informação ou discussões novas – o blog. Recentemente eles postaram o primeiro single do segundo álbum “82”, que está para sair, para os fãs poderem provar. Todos os vídeos deles podem ser encontrados na página do Youtube da banda.

Dê uma olhada no álbum

O que vão encontrar de muito especial sobre os vídeos produzidos pela Just a Band é o uso de animações. Isso fez com que eles se destacassem de outros vídeos, e suas próprias animações terem recebido bastante audiência nas estações locais de TV, assim como nas páginas do Youtube.

African Painters (Pintores Africanos), por outro lado, é um blog que hospeda coleções de arte de uma série de pintores africanos e revisões de livros de fotografia sobre a África. Ele começou em 2006. Assim é como eles descrevem o blog:

Here is a blog about contemporary art on and off the continent of Africa. To push forward the concept of African cultural development I have created this blog but more importantly than that it's a place where we can blow-off steam and discuss the impossible task of defining a continent.

Aqui está um blog sobre arte contemporânea de dentro e de fora do continente da África. Para avançar o conceito de desenvolvimento cultural africano, eu criei esse blog, mas mais importante que isso, ele é um local onde nós podemos desabafar e discutir a difícil tarefa de definir um continente.

Para mostrar as coleções de arte por artista incorporaram o Slide, uma aplicação que permite passar por imagens diferentes sem deixar o blog e também um um recurso em que se pode rever as imagens e até avaliá-las individualmente.

O blog ainda possui uma lista de outros sites de arte contemporânea e faz uma leitura interessante para qualquer pessoa interessada em saber mais sobre Arte Africana.

Com todos esses artistas digitais africanos emergentes, é inegável que a tecnologia está redefinindo a Arte Africana de uma forma que nós nunca imaginamos ser possível.

Diego Casaes colaborou com a tradução desse artigo

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.