Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Irã: Protestos e Repressão

Protestos em Teerã, via jomhour.info

Protestos em Teerã, via jomhour.info

Milhares de iranianos em Teerã e em muitas outras cidades uniram forças para apoiar o candidato à presidência Mir Hossein Mousavi, desafiando a proibição do governo às manifestações. Os manifestantes pedem a anulação dos resultados da eleição presidencial, alegando que a vitória do presidente Mahmoud Ahmadinejad na eleição do dia 12 de junho é fraudulenta. Policiais enfrentaram com violência os manifestantes, e pelo menos uma pessoa foi morta hoje em Teerã.

Mesmo com Twitter, Facebook e YouTube estando bloqueados no Irã, muitos iranianos estão usando proxies para transpassar os filtros de segurança e relatar as notícias atualizadas minuto-a-minuto. As autoridades iranianas também bloquearam mensagens em texto SMS e também estão filtrando diversos websites de notícias que expressam opiniões reformistas.

Iran09 tweetou [en] hoje mais cedo:

“I confirm that there's a Basij [Islamist militia] station around the square and they shot ppl from the roof. #iranelection”

“Confirmo que há uma estação Basij [força de resistência islâmica] por volta da praça e eles atiram nas pessoas desde o terraço. #iranelection”

Jadi tweetou:

“People are still joining to the demonstration. Chanting ‘Mousavi! Mousavi! Take back my vote’ #IranElection”

“As pessoas ainda estão juntando-se à manifestação. Em coro dizendo ‘Mousavi! Mousavi! Tome outra vez meu voto!’ #IranElection”

Mousavi falou sobre e pediu para que os resultados da eleição fossem revistos. Ele disse que já está pronto para participar de um novo pleito. Há alguns vídeos com clipes de notícias sobre a eleição aqui.

Crescem os protestos, cresce a repressão

Estudantes que protestaram contra a eleição presidencial em diferentes universidades foram atacados pela polícia. Aqui está um vídeo mostrando o dormitório da Universidade de Teerã [en] na noite de domingo.

Atualização: Aqui está um slideshow do Flickr com fotos mostrando mais destruição deixada pela polícia nos dormitórios da Universidade de Teerã na noite de domingo. De acordo com o usuário do Flickr, Agha Hadi, muitos estudantes foram presos.

Abaixo, um filme mostrando uma mulher iraniana partindo contra a polícia em um ponto de ônibus.

Azarmehr comenta [en] sobre a filmagem:

Olhe para está corajosa leoa, primeiro ela defere chutes e depois ela chuta o guarda neandertal com o cassetete! Ela é acertada algumas vezes, mas é o preço da liberdade e ela não se importa. Abençoada é nossa pátria mãe Irã, por ter filhas assim. O medo se foi e o momento continua.

Graças a Tehranlive [en] nós temos muitas fotos dos iranianos se manifestando e do movimento de resistência:

repress1

Green Vote tweetou [fa] que um dos slogans do povo é ‘Não tenha medo, estamos todos juntos’. Green Vote também tweetou que Mohammad Ali Tarekh, um estudante ativista, foi preso em Shiraz.

Diversos blogueiros, como Zeitoon, relataram [fa] que as pessoas gritam em coro ‘Allah-o-Akbar’ [Deus é maior] desde suas casas durante a noite. Mousavi pediu a pessoas que cantem ‘Allah-o-Akbar’ desde seus telhados. Durante a Revolução Islâmica, entre 1978 e 1979, as pessoas faziam o mesmo protesto contra Shah.

Onde está Obama?

View from Iran, um blogueiro americano, escreve [en]:

Ultimately, I know that rhetoric is just rhetoric. That the words of a president do not actually change history even though they become part of it. If ever there was a time for Obama to turn on his rhetorical charm, it is now. Today at 4 pm there will be demonstrations in 20 cities in Iran. My friends *want to be on the streets.* They are parents, civil servants, accountants, receptionists, and yes students. In the end, with all of the violence, I am not sure that they will show up.
So Obama, turn on your charm. Use your powers of rhetoric to tell Iranians that, while we won't be sending in the marines, our hearts are with you. I know you can do a better job than I can.

Finalmente, eu sei que retórica é apenas retórica. Que as palavras de um presidente não mudam a história, mesmo elas fazendo parte dessa história. Se há algum momento para que Obama ligue sua persuasão retórica, é agora. Hoje, às 16h, haverá manifestações em 20 cidades do Irã. Meus amigos *querem estar nas ruas*. Eles são pais, funcionários públicos, contadores, recepcionistas, e, sim, estudantes. No final, com toda essa violência, eu não tenho certeza se eles vão comparecer.
Então, Obama, ligue sua persuasão. Use seus poderes de retórica para dizer aos iranianos que, mesmo não enviando soldados, nossos corações estão com você. Eu sei que você pode fazer este trabalho melhor do que eu posso.

O sofrimento de Isfahan

Teerã não é a única cidade onde as pessoas manifestantes sofreram repressão. Os manifestantes de Isfahan, também foram alvo da polícia.

Iranevents publicou várias fotos das manifestações iranianas.

Aqui, as pessoas são perseguidas pela polícia:

isfahan2

e aqui:

isfahan3

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.