Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Cazaquistão: Impasse educacional

O problema dos livros escolares do Cazaquistão ainda é muito urgente – inúmeras falhas de impressão, erros fatuais e linguagem inadequada são características desses livros.

Recentemente, o ministro da Educação declarou ao partido governante sobre sua atuação e disse que o ministério não é responsável por eles, pois eles são reconhecidamente desenvolvidos pelas editoras. Isto não é verdade, destaca slavasay; ele lembra que há 4 anos o centro de pesquisa para o “livro escolar” foi criado sob aval do ministério. Ele também dá um exemplo do trabalho do ministério [ru]:

A capa do livro escola de “Língua Russa” tem duas falhas de impressão no título e uma no nome. É difícil imaginar o que tem dentro.

Megakhuimyak compartilha suas impressões depois da experiência de lecionar na escola informal de jornalismo e em uma instituição de educação superior [ru]:

Conclusão: O sistema educacional será salvo por pequenas escolas de pós-graduação, que fornecem conhecimento em uma especialidade e onde profissionais experientes estão ensinando. Empregadores em breve respeitarão tais certificados mais do que os diplomas das universidades.

Enquanto isso, o governo considera a possibilidade de introduzir o teste obrigatório para detectar o uso de drogas nas escolas. O motivo é a boa intenção – cuidar da saúde das crianças. Itsuken duvida – em caso do teste dar resultados positivos, que a criança sofrerá com preconceitos na escola; além disso, após tal descoberta, ele deveria se inclinar mais em favor da comunicação com crianças marginais [ru]:

E mais, a polícia será eterno discreditada se for tapeada por um adolescente. E nosso sistema de saúde é tão dúbio que chega a ser bem assustador para deixar uma criança passar por um exame de sangue. Seria bem melhor gastar esses recursos para a organização do tempo ocioso das crianças.

Também publicado em neweurasia.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.