Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Camboja: Polêmico projeto de iluminação do Angkor Wat

Para divulgar passeios “sob a luz da noite” [en] e virar a queda de 20% no número de visitantes, o governo cambojano instalou iluminação artificial no templo Angkor Wat, de 11 séculos de existência. Este projeto sofre a oposição de alguns conservacionistas do patrimônio e cidadãos cambojanos preocupados. O Angkor Wat é o ponto turístico mais popular no Camboja e é reconhecido como Patrimônio Mundial.

Especialistas em conservação do patrimônio descrevem as lâmpadas instaladas como “desconfortáveis” [en]. Desde 2006, mais de $12 milhões [de dólares, en] foram gastos na iluminação do templo. Ela faz parte do grande projeto de transformar o Angkor Wat em um complexo para palcos de entretenimento [en].

O governo defende a decoração com luzes argumentando que tem o apoio da UNESCO [en]. Autoridades acrescentaram também que apenas tecnologia de luz proveniente da energia solar [en] foi usada no projeto.

O público ficou perplexo quando descobriu que buracos foram feitos no templo para a instalação de lâmpadas elétricas. A informação foi negada [en] pelo governo e pela executora do projeto:

“The working team explained that they have a technique to set up electric bulbs which causes no harm to the temple. They install bulbs by using cork stoppers put into already existing holes, and they set up lights only where it is possibly, and also at the lower layers of the stone. The working team claims that the heat of the bulbs is weak and does not affect the temple.”

“A equipe que está trabalhando nisso explicou que tem uma técnica para posicionar as lâmpadas sem causar danos ao templo. Eles instalam as lâmpadas usando rolhas em buracos já existentes e colocam as luzes somente onde é possível, e também nas camadas mais baixas das pedras. A equipe alega que o calor das lâmpadas é fraco e não afeta o templo.”

A polêmica tornou-se mais intensa quando a pessoa que denunciou a iluminação do Angkor Wat foi processada [en] por um advogado do governo sob a alegação de divulgar informações falsas. O acusado fugiu para a França para evitar ser processado.

Templo Angkor Wat. Da página de DragonWoman no Flickr

Templo Angkor Wat. Da página de DragonWoman no Flickr

Abaixo estão algumas reações da blogosfera cambojana. Vindo de The Son of the Empire [O Filho do Império, en]:

Can this equipped light attract more tourists to Angkor Wat and Cambodia as a whole while a leader of a country is incompetent to lead a country with transparency, security, stability, human right respect, and yet committing corruption and dependent on alm and submitting to neigboring countries?

Personally, the light decoration is untolerable and I think those who allow this project to be carried out is considered as a traitor and are untolerable.

Those people must think about the long term and should have done their best to preserve this most wonderful work of our greatest ancestors who have built this marvelous heritage for the world, for us and has become the soul, the spirit, and the pride of our people and nation.

Pode esta iluminação atrair mais turistas ao Angkor Wat – e ao Camboja como um todo – enquanto o líder de um país é incompetente para liderar um país com transparência, segurança, estabilidade, respeito aos direitos humanos, e ainda cometer corrupção e ser dependente e submeter-se a todos os países vizinhos?

Pessoalmente, a decoração com luzes é intolerável e penso naqueles que permitem tal projeto ser executado como em traidores e são intoleráveis.

Essas pessoas devem pensar no longo prazo e deveriam ter feito o possível para preservar este maravilhoso trabalho de nossos grandes ancestrais que construíram este maravilhoso patrimônio para o mundo, para nós e se tornou a alma, o espírito e o orgulho de nossas pessoas e nações.

Real Cambodia aprecia [en] o esforço em melhorar a imagem do Angkor Wat:

I kind of like the idea of seeing Angkor Wat at night. I imagine some of the statues, carvings, and shadows would be pretty amazing, particularly after happy hour. And hopefully they'd use really environmentally-friendly lighting, like LED lights, in a smart and innovative way, creating lots of trippy, dramatic angles. But I'd also hope they left most of the park undisturbed, all the better to retain its unique position at the nexus of natural and supernatural.

Eu meio que gosto da idéia de ver o Angkor Wat à noite. Imagino algumas das estátuas, das inscrições e as sombras seriam algo incrível, principalmente depois do happy hour. E, esperançosamente, eles usaram luzes que não causam danos ao ambiente, como LEDs, de forma inteligente e inovadora, criando ângulos dramáticos e descolados. Mas também espero que eles tenham deixado a maior parte do parque intocada, tudo de melhor para manter sua posição entre o natural e o sobrenatural.

The Southeast Asian Archaeology Newsblog adverte que o número crescente de turistas no Angkor Wat é ruim para os negócios [en]:

The move may serve to boost falling tourism numbers, but does nothing to address what heritage specialists have been saying for years – that the effects of increased traffic to Angkor is ultimately bad for business.

A iniciativa pode servir para levantar o decadente número de turistas, mas não faz nada para ajudar no que especialistas do patrimônio dizem há anos – que os efeitos do aumento de visitantes no Angkor fazem mal para os negócios.

Um comentarista anônimo renega [en] o projeto de iluminação:

Even from a plain, regular guy like me, I could see that the lighting was absolutely inappropriate for a sacred monument any where in the whole world, let alone a magnificent heritage like Angkor Wat. Who ever came up with that idea should be fired from his job!!!! No sense of fine aesthetic, whatsoever!!!

Mesmo um cara normal, como eu, pode ver que a iluminação é totalmente inapropriada para um monumento sagrado em qualquer lugar do mundo, sem falar de um patrimônio magnífico como o Angkor Wat. Quem teve a idéia deveria ser despedido de seu emprego!!!! Não tem noção de estética, ou seja lá do que for!!!

O vice primeiro ministro [en] será convocado pelo parlamento para responder perguntas a respeito do polêmico projeto.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.