Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Eleições Indianas 2009: Vilões e Votos

Se eleições significam um processo para eleger melhores líderes para os países, as eleições atuais na Índia são de uma variedade muito diferente.

Alguns criminosos condenados, membros de gangues com longos registros criminais e líderes acusados de crimes violentos (assassinato, tentativa de assassinato, assalto a mão armada) – vilões em todos os sentidos – procuram as pessoas para pedir votos.

Abdullah Khan, diz que “este elo entre políticos e criminosos é a ruína para a grande democracia indiana”. Ele fornece uma lista de criminosos que tornaram-se políticos, e a maioria vem dos estados problemáticos de Uttar Pradesh e Bihar.

In UP only, BSP's candidates with an alleged criminal past are Dhananjay Singh (Jaunpur), Aruna Kumar Shukla ‘Anna’ (Unnao), D P Yadav (Badaun), Kadir Rana (Muzaffarnagar) Rakesh Pandey (Ambedkar Nagar), Rizwan Zahir (Shravasti) etc.

Among the Samajwadi Party’s candidates are Brij Bhushan Singh from Gonda, Rakesh Sachhan from Fatehpur, O P Gupta from Dhaurhara, Mitra Sen Yadav from Faizabad, history-sheeter Mukhtar Ansari (Varanasi) and Bal Kumar (brother of robber Daduwa) from Mirzapur. Seema Parihar, a former robber, is also contesting from Mirzapur on Udit Raj’s Indian Justice Party ticket.

In Maharashtra, gangster-turned-politician Arun Gawli is contesting the Lok Sabha elections from the North Central Mumbaiparliamentary constituency. In West Bengal, ‘bahubali’ Adhir Ranjan Chowdhary is in the fray from Berhampore on Congress party’s ticket. In Bihar, JD(U) has given Lok Sabha ticket to Vijay Kumar Shukla alias Munna (a criminal-turned-politician). Lok JanShakti Party has also given ticket to alleged criminal, Rama Singh, an accused in many criminal cases, from Ara.

Apenas em Uttar Pradesh, os candidatos do BSP com reconhecido passado criminal são Dhananjay Singh (Jaunpur), Aruna Kumar Shukla ‘Anna’ (Unnao), D P Yadav (Badaun), Kadir Rana (Muzaffarnagar) Rakesh Pandey (Ambedkar Nagar), Rizwan Zahir (Shravasti) etc.

Entre os candidatos do partido Samajwadi estão Brij Bhushan Singh, de Gonda; Rakesh Sachhan, de Fatehpur; O P Gupta, de Dhaurhara; Mitra Sen Yadav, de Faizabad; o history-sheeter [uma pessoa com passado criminal na Índia] Mukhtar Ansari (Varanasi) e Bal Kumar (irmão do assaltante Daduwa) de Mirzapur. Seema Parihar, um ex-assaltante, também está disputando Mirzapur como candidato do partido da Justiça Indiana de Udit Raj.

Em Maharashtra, o gangster que se tornou político Arun Gawli disputa as eleições para a Lok Sabha [Câmara Baixa] do Parlamento do distrito eleitoral do Norte-Central de Mumbai. Na Bengala Ocidental, ‘bahubali’ Adhir Ranjan Chowdhary está na briga por Berhampore na candidatura do partido ao Congresso. Em Bihar, JD(U) ganhou o acesso à Lok Sabha contra Vijay Kumar Shukla, conhecido como Munna (um criminoso que virou político. O partido Lok JanShakti também aceitou a candidatura de outro reconhecido criminoso, Rama Singh, acusado em inúmeros casos, para disputar Ara.

A lista de criminosos que viraram políticos é longa, e os partidos políticos são acusados de encorajá-los e aceitá-los. Avinash Narula [en] diz que livrar-se dos políticos criminosos não é uma tarefa fácil por causa da “cooperação” entre eles e o círculo de poder. Ele diz que a campanha Lead India, lançada pelo jornal Times of India pedindo aos cidadãos para não votar nos criminosos, não terá sucesso por quê:

Most of the politicians will not be convicted because of a number of reason. There is a nexus between politicians, cops and criminals. On top of this the courts take years to decide on a case which allows the criminals to keep on contesting elections and winning based on goondagiri (highhandedness).

So do you think Lead India Campaign against criminals in politics will have any effect? I don’t think so.

First, getting criminals out of politics is not in the agenda or manifesto of any major political party. Forget, forget about removing criminals from politics, they are not even talking about doing anything about corruption.

Second, we need to change the law but again we cannot do this without the politicians.

Third, we need to expedite the legal process which also we cannot do.

A maioria dos políticos não serão convencidos por causa de números. Há um vínculo entre políticos, policiais e criminosos. Em cima disso tudo, os tribunais demoram anos para decidir um caso, o que permite aos criminosos manter-se nas eleições e nas bases vencedoras do goondagiri (alto escalão).

Então você pensa que a Campanha Lead India contra os criminosos na política terá algum efeito? Eu acho que não.

Primeiro, ter os criminosos fora da política não está na agenda ou no manifesto de qualquer grande partido político. Esqueça, esqueça sobre a retirada dos criminosos na política, eles não estão nem mesmo conversando sobre fazer algo a respeito da corrupção.

Segundo, precisamos mudar a lei, mas, novamente, não podemos fazer isso sem os políticos.

Terceiro, precisamos acelerar o processo legal, o que também não podemos fazer.

Na cidade de Varanasi, [en] cidade sagrada para Hindus, a batalha eleitoral parece, com certeza, o roteiro de um filme. Uma pessoa acusada de assassinato (que é muçulmana) faz oposição contra o partido veterano, conhecido como Hindu conservador. O líder do BJP, Murli Manohar Joshi, tentará enfrentar Mukhtar Ansari, quem é acusado de assassinato e está atualmente na cadeia. Ansari é o candidato do Bahujan Samaj Party (BSP).

Cidadãos mostram estar alarmados no enevoado ambiente político não apenas por blogs, mas também por vídeos. No YouTube, há inúmeros vídeos avisando cidadãos para não aceitar criminosos como candidatos.

Neste vídeo, No criminals, jovens pedem aos companheiros cidadãos para não votar nos criminosos. Também possui partes em Hindi, onde as pessoas pedem aos partidos políticos para não filiarem criminosos. Ainda mais interessantes são os slides com uma lista de acusações contra alguns candidatos.

O vídeo No criminals Hindi tem uma mensagem similar.

Esta publicação é parte da cobertura especial Global Voices nas eleições indianas de 2009.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.