Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Bahrain: Advogada de Defesa Descarta Caso de Estupro como “Diversão Inocente”

Um caso judicial envolvendo alegações de sequestro e estupro grupal de uma mulher chamou a atenção de alguns blogueiros de Bahrain quando estes violentos atos foram considerados como apenas “diversão inocente” pela advogada de defesa.

A advogada, Fatima Al Hawaj, disse que os três jovens acusados de sequestrar e estuprar uma mulher filipina deveriam ser absolvidos, pois pessoas jovens frequentemente cometem crimes por “diversão”, sem qualquer intenção criminosa [En]. Coolred, uma americana que vive no Bahrain, ficou estarrecida [En]:

I'm wondering if that defense attorney, Fatima alHawaj, would be willing to subject herself to a gang rape and come out of it with the philosophy…”it was all a bit of harmless fun”? And I wonder if she would have said that if the victim had been a fellow Bahraini and not just a low class Filipino that are usually classed as “sexually available” to the Arabs they work for and among?

I also took note of the fact that the “youths” in question were 19, 20, 21…I'm curious as to why MEN of this age are always described as youths in the paper here whenever they commit such heinous crimes? […] Final note…with women defending men like this…women lawyers at that…with the phrase “harmless fun” the perpetuation of the belief that “boys will be boys” will never be cast aside and the action they undertook viewed exactly for what it is…a crime against a woman that has no doubt changed her life and will never be forgotten…but I dare say…if she hadnt been able to identify those 3 “boys” they would have tossed the memory of their night of harmless fun behind them and gotten a good nights sleep in the process.

“Eu estou pensando se esta advogada de defesa, Fatima alHawaj, estaria disposta a se sujeitar a um estupro grupal e a permanecer depois disso com a filosofia… ‘foi apenas um pouco de diversão inocente”? E eu fico pensando se ela teria dito a mesma coisa se a vítima fosse outra mulher bahraini, e não apenas uma mulher filipina pobre, do tipo que costuma ser classificada como ‘sexualmente disponível’ para os árabes para quem trabalham e com quem trabalham?

Também chamou minha atenção que os ‘jovens’ em questão tinham 19, 20, 21… e eu fico curiosa para saber por que HOMENS desta idade são sempre descritos como meninos nos jornais sempre que cometem crimes hediondos? […] Como uma nota final… com mulheres defendendo homens como estes… advogadas, veja bem… usando a frase ‘diversão inocente’, a perpetuação da crença de que ‘garotos sempre serão garotos’ nunca será colocada de lado e as ações destes garotos [nunca serão] vistas como exatamente aquilo que são… um crime contra uma mulher, que sem dúvida mudou a sua vida e nunca será esquecido… mas eu ouso dizer… se ela não tivesse conseguido identificar estes 3 ‘garotos’, eles já teriam esquecido de sua noite de diversão inocente e já estariam dormindo muito bem enquanto isso.”

Maldita, uma blogueira filipina baseada no Bahrain, que bloga no Saving The World Together [Salvando O Mundo Juntos, em inglês], também está enfurecida [En]:

How can gang-raping and robbing a defenseless woman be considered as “HARMLESS FUN”? Fine, they MAY have done it for the lack of better things to do in their free time and they do not have any small intent at all to commit a crime. BUT THAT IS NOT AN EXCUSE to go about grabbing women off the streets to add spice to their lives!

True, young people often do crazy things for fun – a lot try their hand on shoplifting, some engage in road rages, others turn to drugs. The norm is young people try to commit minor misdemeanor that would usually end up with a stern reprimand from their guardians or inflict harm only among themselves. It is the misguided ones who goes for major stuff like this. Stuff that forcefully involves people who are innocently going on with their own lives. […] If these teenagers really did what they are accused of, how sad that a woman's life is now scarred for life with this horror…and yet there is the possibility that her assailants will walk free and not suffer the consequences of their actions.

Don't get me started with screaming racism.

“Como pode o estupro grupal e assalto a uma mulher indefesa ser considerado como ‘DIVERSÃO INOCENTE'? Sim, eles PODEM ter feito isso por falta de coisas melhores para fazer com seu tempo livre e sem a menor intenção de estar cometendo algum crime. MAS ISSO NÃO É UMA DESCULPA para sair agarrando mulheres pelas ruas só para dar um tempero em suas próprias vidas!

É verdade que pessoas jovens muitas vezes fazem coisas loucas por pura diversão – alguns se arriscam a furtar lojas, outros se metem em badernas nas ruas, e outros se voltam para as drogas. É normal que pessoas jovens tentem cometer pequenos delitos que geralmente terminam com uma reprimenda séria de seus guardiões ou causam dano apenas entre eles. São os [jovens] desorientados que fazem coisas grandes como estas. Coisas que envolvem, a força, pessoas que estavam inocentemente cuidando só de suas vidas. […] Se estes adolescentes realmente fizeram aquilo do que os estão acusando, é terrível que a vida de uma mulher esteja agora marcada para sempre com este horror… e ainda possível que seus algozes fiquem livres e não sofram em absoluto as consequências de seus atos.

Não vou nem começar a falar de racismo gritante.”

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.