Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Global: Hijablogs Estão na Moda

Hijablogs são outra tendência global que está se espalhando pela blogosfera. Em todo o mundo, mulheres que optam por usar o hijab (a cobertura de cabeça feminina do Islã) estão decidindo blogar também sobre suas experiências, assim como sobre a moda, estilo de vida, experiências e questões políticas e religiosas que cercam as mulheres que usam o véu.

O blogue The Hijablog está liderando o movimento. Baseada na Noruega, a mulher por trás deste blogue escreve sobre tudo, desde questões políticas (como o recente debate sobre mulheres usando hijab que se juntaram à força policial norueguesa [En]) até a moda para casamentos islâmicos na Malásia [En]. Em um post recente, a blogueira fez um perfil [En] do estilista de moda indonésio Itang Yunasz:

Itang Yunasz is a designer that used to create revealing gowns but then dissappeared for some years, to return with a comeback collection designed for veiled women. His designs were featured on the latest Islamic Fashion Festival.

“Itang Yunasz é um desenhista de moda que costumava fazer alguns vestidos bem reveladores, mas que então desapareceu por algum tempo e depois retornou com uma coleção desenhada para mulheres que usam véu. Suas criações foram apresentadas no último Festival de Moda Islâmica.”

Muslima Maria é um blogue cadandense que dá boas vindas a seus visitantes com a frase: “Bem vindos à minha jornada [de] hijab…” (“Welcome to my hijab journey…”). Em seu mais recente post, fica claro que a decisão de usar o hijab, que a blogueira tomou a quase oito meses atrás, foi de fato uma jornada. Ela escreve [En]:

I don't know if this is the case for all women, but i think I discovered the core issue for why hijab is hard for most women – myself included. When you put on hijab you have no where to hide. You can't hide what you feel about yourself, all the things you dislike about yourself, all the character you feel you lack because you spend 25 years building a life revolved around beauty rather than building your character. You feel ugly, even though every woman I have seen looks better in hijab, your own feelings about your body, your face, your self esteem is laid bare before you. this is the challange a woman has when she decides to take on hijab. She has the challange of living in the world and not hiding behind her looks, her make up her hair, her clothes. There is nothing to distract the world from her character, from the words she says, the thoughts she expresses….and that is what is truely scary. It is scary to go from a world where you bat your eyes, toss your hair, and flash a smile and gain automatic acceptance, to a world where people are actually paying attention to what you say and how you say it. Its easy to hide all the things you think bad about yourself behind fashion, make up, jewlery, and hair styling. when you were hijab, you have to face yourself, your low self esteem, your poor body image, your feelings about your lack of character or how you think you are not interesting now that you don't use sexuality to attract attention. When you wear hijab you face your own demons inside – thats the hardest part.

“Eu não sei se este é o caso de todas as mulheres, mas eu acho que descobrí o motivo central pelo qual o hijab é difícil para muitas mulheres – incluindo eu mesma. Quando você coloca o hijab, você não tem onde se esconder. Você não pode esconder o que você sente sobre você mesma, todas as coisas que você não gosta em si mesma, todo o caráter que você sente que te falta por ter passado 25 anos construindo uma vida que girava à volta da beleza em vez de estar investindo em seu próprio caráter. Você se sente feia, embora todas as mulheres que eu tenha visto fiquem mais bonitas de hijab, e seus próprios sentimentos sobre seu corpo, seu rosto, sua auto-estima ficam desnudos na sua frente. Este é o desafio enfrentado pelas mulheres quando elas decidem começar a usar o hijab. Elas tem pela frente o desafio de viver no mundo sem se esconderem por trás de suas aparências, suas maquiagens ou seus cabelos, ou suas roupas. Não há nada para distrair o mundo de seu caráter, das palavras que elas dizem, dos pensamentos que elas expressam… e é isso que é realmente assustador. É assustador ir de um mndo onde você maqueia seus olhos, escova seu cabelo, e apresenta um sorriso e ganha aceitação automática, para um mundo onde as pessoas estão realmente prestando atenção para aquilo que você diz e para como você o diz. É fácil esconder todas as coisas ruins que você pensa sobre si mesma por trás da moda, da maquiagem, das jóias e dos penteados. Mas quando você veste um hijab, você tem que encarar a si mesma, sua baixa auto-estima, sua imagem ruim de seu próprio corpo, seus sentimentos sobre a sua falta de caráter ou sobre como você pensa que você não é mais interessante agora que você não usa a sua sexualidade para atrair atenção. Quando você veste o hijab você enfrenta os seus próprios demônios dentro de você – e esta é a parte mais difícil.”

A blogueira de Nova Jérsei (EUA) que escreve o blogue Is There Food On My Niqaab? [En] pondera sobre o conceito de Salões de Hijab em seu mais recente post:

I'm telling you, pretty soon you'll see HIJAB SALONS everywhere. A sister can go and have a hijab stylist come and wrap their hijab for them if they have a wedding or aqeeqah to go to, if they aren't practiced in tying a hijab in a fancy manner. Heck, you'll probably be able to go there and rent a hijab with a perfectly matching hijab pin! You can wear it out and then return it to the salon where it will be thoroughly washed and waiting for the next customer.

Sisters will sit in the back, waiting… flipping through magazines with hijab styles, doggy earing pages that they may consider for their look. They'll bring their outfit in a separate bag to have the hijab, underscarf, and pin properly matched with it. The hijab stylist will examine their facial structure and complexion and then go to work, forming huge ruffles, buns, and arrangements with the hijab, tying and draping it in every way possible. Maybe they'll need special hijab spray to make it stay in place and not flop! Perhaps there will also be a beautician as well to help with makeup and they'll offer a niqaab for you to wear out since you'd be dolled up.

I can see it now… hmm…

By the way, if ANY of you jack my idea and open up a hijab salon I WILL come after you for 50% … at least! Hmph!

“Eu estou dizendo a vocês, muito em breve vocês verão SALÕES DE HIJAB em todos os lugares. Uma irmã poderá ir [até lá] e um(a) estilista de hijab virá e colocará para elas seu hijab quando elas tiverem que ir a um casamento ou a um aqeeqah (uma espécie de ritual de batismo islâmico. n.do.t.), se elas não tiverem prática em preder seu hijab de uma forma elegante. Puxa, você poderia até ir até lá e alugar um hijab com um alfinete que combinasse perfeitamente! Você poderia usá-lo e então devolvê-lo ao salão, onde ele seria cuidadosamente lavado e ficaria a espera da próxima cliente.

As irmãs se sentariam nos fundos, esperando… folheando revistas sobre estilos de hijab, dobrando as bordas das páginas que tivessem algum estilo interessante. Elas trariam suas roupas em uma sacola separada para conseguirem um hijab, um lenço-de-baixo (“underscarf”) e um alfinete que combinassem com elas. O estilista de hijab iria examinar a sua estrutura facial e compleição, e então se colocaria a trabalhar, produzindo grandes volteios, volumes e arranjos com o hijab, amarrando e dobrando ele de todas as formas possíveis. Talvez eles precisassem de um spray especial para fazer com que o tecido ficasse no lugar, sem se dobrar! Talvez haja até um(a) esteticista para te ajudar com a maquiagem, e eles te ofereceriam até um niqaab para usar, já que você estaria toda embonecada.

Eu posso ver agora… hmmm…

Por falar nisso, se QUALQUER um de vocês gostar da minha idéia e abrir um salão de hijab EU IREI vir atrás de você para ganhar 50%… pelo menos! Humpf!”

HijabiStyle é um blogue que captura uma miríade de estilos de hijab, assim como uma variedade de diferentes perspectivas femininas sobre o uso dele. Este vídeo foi recentemente postado [En] no blogue:

Além dos três mencionados acima, há vários outros blogues de blogueiras vestidas de hijab: Hijab Style [En], Hijabee [En] e Hijabi Couture [En] são apenas uma amostra deles.

(a imagem de thumbnail é de Steve Evans, usuário babasteve do Flickr, e é usada sob licença Creative Commons CC-SA-2.0. Fonte:  Wikipedia)

3 comentários

  • José

    Parabéns as mulheres que não se intimidam para a ignorância!

    Parabéns mulheres muçulmanas!

  • Proud Muslimah

    Pois tu chegas a ser bem mais ignorante se achas que a opção de usar o hijab é ser ignorante.
    Parabéns pra ti José!

  • Olá Proud Muslimah,

    Tenho a impressão de que o José não estava dizendo que usar o Hijab seja ignorância. Pelo contrário, tenho a impressão de que ele estava elogiando as mulheres que não se dobravam à ignorância de achar que usar hijab seja ignorância. Ou será que não entendi algum dos dois comentários?

    Abraços do Verde

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.