Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Cazaquistão: Livejournal desbloqueado. E bloqueado de novo.

Em 28 de janeiro, os internautas do Cazaquistão de repente ganharam acesso ao LiveJournal – a mais popular plataforma de blogues nos países de língua russa do ex-bloco soviético. O serviço tinha sido bloqueado pela empresa nacional de ISP no dia 7 de outubro do ano passado, por razões até agora desconhecidas – “Kazakhtelecom” nunca admitiu a acusação de filtragem.

We used various technical tricks to access Livejournal. On January 28, it has been unblocked. Who made a decision to filter it and to open it up – we don't know. How long will we have an opportunity to enjoy open access to it – we don't know. Maybe I have to scream “hurray”, but for some reason I want to curse.

Usamos vários truques técnicos para acessar o Livejournal. Em 28 de janeiro, ele foi desbloqueado. Quem tomou a decisão de filtrá-lo e permiti-lo novamente, não sabemos. Quanto tempo teremos a oportunidade de desfrutar do acesso livre, não sabemos. Talvez eu devesse gritar “hurra”, mas, por algum motivo, quero xingar.

Foi o que disse eev [ru].

Muitos blogueiros não acreditaram na felicidade inesperada – a volta a seus blogues no Livejournal, cheios de postagens fantásticas. Os céticos colocaram a situação em cheque, e dentre eles estava lord-fame [ru]:

I bet ten to one that they will find the “bug” and block the website again.

Aposto dez para um que eles vão encontrar o “erro” e bloquear o site novamente.

graveric acrescentou:

There is a suspicion that a petty trouble occured somewhere at Kazakhtelecom. It will be fixed soon.

Suspeita-se de que um pequeno problema ocorreu em algum lugar na Kazakhtelecom. Será corrigido em breve.

Foi exatamente o que aconteceu na noite do dia seguinte. Cyber-gorynych diz que houve a atualização de um equipamento na Kazakhtelecom, enquanto lord-of-silence explica o fato com uma mudança no endereço de IP do próprio Livejournal, o que deixou o site temporariamente disponível para os usuários do país, que voltaram a ser filtrados mais tarde [ru].

É preciso lembrar que esse estardalhaço acontece no momento em que o novo projeto de lei de regulamentação da internet está tramitando no Parlamento. Como pulemetchizza comenta [ru]:

The law, if adopted, will determine which website should be open for the Kazakhstani citizens, and which websites should be banned here. What Kazakhlecom did illegally and on the sly with Livejournal, will be possible to do with any other website – and legally. On the pretext of threat to national security. The decision will be made by the prosecutor without sending a notice to the website owner.

A lei, se adotada, determinará quais sites estarão abertos para os cidadãos do Cazaquistão, e quais sites deverão ser barrados aqui. O que Kazakhlecom fez ilegalmente e às escondidas com o Livejournal poderá ser feito com qualquer outro site – e ilegalmente. Com o pretexto de ser uma ameaça à segurança nacional. A decisão será feita pelo promotor público sem nem mandar um aviso para o dono do site.

Veja mais relatos no Global Voices do bloqueio do Livejournal Casaquistão aqui e aqui. [en]

Também publicado no neweurasia.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.