Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Tailândia: crise nos aeroportos prejudica as pessoas comuns

Manifestantes contra o governo ainda ocupam dois grandes aeroportos de Bancoc. Autoridades do setor de turismo da Tailândia estimam que 240.000 passageiros ainda estejam retidos no país.

Escalas de vôo iniciais vêm sendo liberadas para os passageiros retidos. Turistas que querem deixar a Tailândia estão embarcando numa viagem de ônibus em direção à Malásia, mesmo tendo que passar pelas províncias do sul da Tailândia, onde há um movimento de insurgência.

Como já era esperado, o mais alto tribunal da Tailândia julgou o atual partido no poder culpado de fraude eleitoral. O que isso implica? O partido em questão está dissolvido, o Primeiro Ministro não pode mais ocupar cargos públicos, e outros líderes do partido estão proibidos de fazer o mesmo pelos próximos cinco anos. Agora, um Gabinete de transição está no governo da Tailândia, liderado pelo Vice-Primeiro Ministro Chavarat Charnvirakul. Dos 34 ministros de governo, apenas 12 foram proibidos de ocupar cargos públicos. Os outros 22 continuam no governo até que um novo Gabinete seja constituído.

Thai leader

Vice-Primeiro Ministro Chavarat Charnvirakul. Créditos da foto: Thai Photoblogs

Considerando que o Primeiro Ministro já renunciou, os manifestantes finalmente deixarão os aeroportos? Não. Eles não querem reconhecer a autoridade do Gabinete de transição. Por isso, permanecem no controle dos aeroportos. Os protestos continuam.

Agora está evidente que a ocupação dos aeroportos, orquestrada pela Aliança Popular pela Democracia (APD), é apoiada pela elite financeira de Bancoc e pelos militares. Não há escassez de alimentos para os cerca de 15.000 membros da APD nos aeroportos. Também relatou-se a doação de 5.000 cobertores para a APD, há alguns dias.

Nem mesmo as forças policiais demonstram muito empenho em dispersar os manifestantes. Elas parecem se contentar em jogar panfletos dos helicópteros sobre os aeroportos de Bancoc, ordenando que a APD deixe as áreas.

Em sua mensagem final como líder da Tailândia, o ex-Primeiro Ministro declarou: “Dei o melhor de mim no governo deste país”. Thailand Crisis reage:

By traveling to Peru for one week, in full national crisis, to attend a totally useless APEC meeting? By hidding in Chiang Mai, afraid of his own shadow, afraid of the army? Sure he did his very best. Thaksin’s brother-in-law will remain one of the dullest Thai Prime Minister ever.

“Viajando para o Peru durante uma semana inteira, em plena crise nacional, para comparecer a uma reunião completamente inútil da APEC? Escondendo-se em Chiang Mai, com medo da própria sombra, com medo do exército? Com certeza, ele deu o melhor de si no governo deste país. O cunhado de Thaksin ficará para a história como um dos Primeiros Ministros mais obtusos de todos os tempos“.

Enquanto o Tribunal divulgava sua decisão, manifestantes que apóiam o  governo permaneciam do lado de fora do prédio. A  multidão não gostou da decisão. Nirmal Ghosh observa:

Disbelief, disappointment as dissolution handed down on PPP (People Power Party). Some people are boo-ing. The verdict is photocopied and distributed. One woman snatches it from another and crumples it, throws it on the ground & stamps on it. There is a sense of deflation in the crowd; they seem rudderless.

“Incredulidade, desapontamento quando a dissolução é imposta ao PPP (Partido do Poder do Povo). Algumas pessoas estão vaiando. O veredito é fotocopiado e distribuído. Uma mulher o toma das mãos de outra e o amassa, joga-o no chão e o pisoteia. Um sentimento de decepção se abate sobre a multidão; ela parece desorientada”.

O caos nos aeroportos está atingindo a indústria do turismo na Tailândia, e até as economias vizinhas. Mas tem que ser dito que as pessoas comuns, tailandeses e estrangeiros, estão sofrendo mais. Turistas estão impedidos de sair do país; moradores de Bancoc estão perdendo seus empregos, especialmente aqueles que trabalham nos aeroportos. Thai Tales conversou com uma agente de viagens:

Today I walked past my travel agent on the way to lunch. She said that she would be paid half her salary this month and that the travel agency could close if the situation continued. But, she said, her plan was to sell iced coffee from a cart if she was no longer a travel agent.

The fallout may indeed be incalculable, but when it’s people you know, people who make your life a bit easier by being good at their jobs and a bit more pleasant by just being in it, the costs suddenly become measurable and terrible.

“Hoje, a caminho do almoço, encontrei minha agente de viagens. Ela disse que só receberia metade do salário este mês, e que a agência de viagens poderia fechar as portas se a situação não mudasse. Mas, ela disse, sua intenção era vender café gelado num carrinho se não pudesse mais trabalhar como agente de viagens.
“Os efeitos colaterais adversos podem ser realmente incalculáveis, mas quando se trata de gente que você conhece, pessoas que tornam sua vida um pouco mais fácil por serem boas no que fazem, um pouco mais agradável simplesmente porque fazem parte dela, os custos subitamente se tornam concretos e terríveis”.

Nomadic Matt, que trabalha no aeroporto, perdeu seu emprego:

The damage is done though. There will be no high season this year and an expected 1 million people will be out of work because of the drop in tourism numbers (including me as I work at the airport!!!!). No one is going to want to come visit now. Most tourists are canceling their vacations and many that are interviewed just want to leave and never come back.

“Mas o estrago já está feito. Não haverá alta estação este ano, e espera-se que um milhão de pessoas percam seus empregos por causa da queda nos números do turismo (e isso inclui a mim, pois trabalho no aeroporto!!!!). Ninguém vai querer visitar o país agora. A maioria dos turistas estão cancelando suas férias, e muitos que são entrevistados só querem ir embora e nunca mais voltar”.

Para evitar ser espancado por partidários civis, Richard Barrow não pôde usar camisetas vermelhas ou amarelas fora de casa. Vermelho é a cor dos que apóiam o governo; amarelo é a cor da APD:

I had to pop out just now in the car to go and run an errand in town. I forgot I was wearing a yellow shirt as today is Monday. I hadn't change after coming back from school. My neighbor was really scared for me and told me that I should go back and change first. Things are getting scary on the streets. Hardly anyone wears yellow these days. And if they do, then only on Mondays. Hardly any teacher at my school wears yellow in case they are associated with the PAD. Some parents told me that they told their children not to wear red or yellow when they go out any more. What my neighbor said to me is true. In particular if I go out late at night. This is how bad it is getting on the streets these days.

“Tive que sair de carro agora mesmo para resolver um problema na cidade. Esqueci que estava usando uma camisa amarela. Hoje é segunda-feira e não tinha me trocado depois de voltar da escola. Meu vizinho se apavorou por minha causa, e disse que eu deveria voltar para casa e trocar de roupa primeiro. Quase ninguém tem usado amarelo esses dias. E quando o fazem, usam apenas às segundas-feiras. Quase nenhum professor da minha escola usa amarelo se estiver associado ao APD. Alguns pais me disseram que instruíram seus filhos a não usarem mais vermelho ou amarelo ao sair de casa. O que meu vizinho falou é verdade. Especialmente se eu sair tarde da noite. Esse é o ponto a que chegamos nas ruas, nesses últimos dias”.

PAD

PAD2

Charges políticas de Sacravatoons

O tráfego em torno dos aeroportos tem se deteriorado. Dreaming of Hanoi escreve:

My day-to-day life has not been affected. Work is normal, as is my social life…Our school is nearer to the airport, and it seemed like there was a mass exodus into Bangkok from that direction. The highway was clogged. We had to hop out of the taxi and walk all the way to Sukhumvit. We then took motorcycles home. This trip usually takes 30 mins, but on Friday night it took over an hour; I’m sure it took even longer for those who chose to sit and wait in the traffic.

“Minha vida cotidiana não foi afetada. O trabalho está normal, assim como minha vida social… Nossa escola fica mais perto do aeroporto, e assistimos ao que parecia um êxodo em massa para Bancoc, partindo daquela direção. A rodovia ficou engarrafada. Tivemos que sair do táxi e fazer todo o caminha a pé até Sukhumvit. Dali continuamos de motocicleta até chegarmos em casa. Esse trajeto leva geralmente 30 minutos, mas na sexta-feira à noite levou mais de uma hora. Tenho certeza de que foi ainda mais demorado para aqueles que optaram por ficar sentados e esperar no trânsito”.

Reconhecendo que as pessoas comuns estão sofrendo, Brit in Bangkok critica a elite:

The ones who I feel sorry for though are the ‘average’ Thais and not the wealthy Thais that are destroying this country and trying to take democracy away from normal people. Meanwhile, I'm making sure that all my purchases from now on will be from market stalls as much as possible, in an attempt to support every day Thais and not these wealthy as*holes that run this country. The less money these jokers have the better and, from now on, I'm going to make sure they get none of mine.

“Mas aqueles pelos quais lamento são os tailandeses ‘médios’, e não os tailandeses ricos que estão destruindo este país e tentando tirar a democracia das pessoas comuns. Nesse meio tempo, estou me certificando de que todas as minhas compras, a partir de agora, sejam feitas sempre que possível em barraquinhas populares, numa tentativa de dar apoio aos tailandeses comuns, e não a esses ricos de m… que dirigem este país. Quanto menos dinheiro esses palhaços tiverem, melhor, e a partir de agora vou me certificar de que não peguem em nada que saia do meu bolso”.

Andrew Biggs tem uma mensagem para os políticos e para os manifestantes:

What has happened to my beloved Thailand? If you truly love Thailand, you should not be wearing yellow or red. We are past that. It was cute six months ago but it is deadly now. It doesn’t matter if you hate or support the government. Let’s stop this madness. Somchai, resign. PAD, get out of the airport.

“O que está acontecendo com a minha amada Tailândia? Se você ama a Tailândia sinceramente, não deveria estar usando amarelo ou vermelho. Já deixamos isso para trás. Era legal há seis meses, mas é agora é fatal. Não interessa se você odeia ou apóia o governo. Vamos parar com essa loucura. Somchai, renuncie. APD, saia do aeroporto”.

Pelo Twitter, moradores de Bancoc estão reagindo aos últimos acontecimentos:

Secadra: Protesters still there and the pro-gov aren't happy with the decision. Not much happens in a rush

Charlespulaski: Thai court orders ruling party dissolved What kind of Mickey Mouse Democracy is this? Can they even do that?

Nomadicmatt: Well, once they open up that damn airport, I'll be moving….where should i go?

Badtzrawks: excitement?!?! man, it doesnt seem that PAD will return us our airports loey ah’ no sign!!

Noobam: I'm a PAD too but I don't agree with the strike at the airport at all. Esp. with bullshit govt like this

Secadra: Manifestantes ainda estão por aí e os pro-governo não estão felizes com a decisão. Não há muito avanço em meio à correria.

Charlespulaski: A justiça tailandesa decretou a dissolução do partido do governo. Que tipo de democracia de Mickey Mouse é essa? Eles podem fazer isso?

Nomadicmatt: Bom, agora que eles abriram esse maldito aeroporto, vou me mudar… para onde devo ir?

Bradtzrawks: entusiasmo?!?! cara, não parece que a APD vá devolver nossos aeroportos, nem de longe!!

Noobam: Sou da APD também, mas não concordo com a greve nos aeroportos de jeito nenhum. Esp. com uma porcaria de gov como esse

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.