Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Brasil: Parque nacional ameaçado por incêndios ilegais

Há mais de um mês, o Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia, queima sem trégua. De acordo com as autoridades ambientais brasileiras, cerca de 50% dos 1.520 km² do parque nacional foram destruídos pelo incêndio, o que representa uma área de 75.000 hectares de floresta (mais ou menos o tamanho da cidade de Nova York). Quase 500 pessoas – entre bombeiros e voluntários – tentam apagar as chamas, causadas por queimadas ilegais supostamente iniciadas por fazendeiros locais abrindo espaço para pastagens. Apenas chuvas fortes podem apagar as chamas, mas não há previsão de chuvas até o final do mês.

Se as causas são conhecidas e essa não é a primeira vez, Paulo Bicarato se pergunta por que os criminosos nunca foram presos:

Como se ninguém soubesse disso. Se as causas são conhecidas, só se pode deduzir que há conivência por parte de alguém. Triste, muito triste ver que todo ano é a mesma coisa.

Marilia Miller destaca que além do problema de incêndios deliberados, as autoridades demoraram muito para entrar em ação:

O que mais nos incomoda, portanto, sem dúvida, é a morosidade das autoridades competentes em viabilizar os recursos às brigadas voluntárias, que estão deixando de apagar fogo por falta de equipamentos (EPIS e Material de Combate) e de apoio logístico, tais como deslocamento e alimentação. O Governo do Estado, como sempre, está ausente, desconsiderando completamente o fato de que a Chapada Diamantina é a provedora de água dos baianos (80% das águas do estado nascem nessa região).

O blogue SuburbioEmFoco grita:

- PORQUE O SILÊNCIO? PORQUÊ A FALTA DE DIVULGAÇÃO DA GRANDE MÍDIA?????

Zé Luiz Soares imagina se esse é o fim do paraíso:

É possível uma coisa dessas? No Brasil, é.
Não conheço a Chapada. Na verdade, sonho com ela há anos, como um paraíso distante a ser explorado; destino daquela que seria a minha maior viagem pelo Brasil; roteiro que planejo intimamente, a ser percorrido de mochila nas costas – sem planos e sem destino. Um sonho que, parece, vai se perdendo em meio à ganância, incompetência e irresponsabilidade.
Só resta contar com a interferência Divina, mais uma vez.

Fotos tiradas em julho de 2005 por William Kitzinger e usadas sob licença da Creative Commons. Veja seu álbum da Chapada Diamantina.

Outrora fonte de ouro e diamantes, nos dias de hoje a Chapada Diamantina prospera com o eco-turismo. Devido à estação seca do ano e ao calor forte, pequenos focos de fogo aparecem com frequência e normalmente a própria floresta se encarrega de se recuperar. Ocorreram grandes incêndios 1998 e 2003, mas a situação está fora de controle nesse ano, e caso não seja reflorestada, a Chapada pode perder para sempre sua exuberância.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.