Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Marrocos: Região de Tânger enfrenta graves enchentes

[Todos os links levam a sites em inglês]

No decorrer dos últimos anos, o Marrocos tem enfrentado uma implacável seca. Infelizmente, os recentes temporais trouxeram pouco alívio, uma vez que o norte do país passa agora por grandes enchentes, responsáveis pela morte de pelo menos 13 pessoas.

The View From Fez escreveu recentemente sobre os alagamentos:

Thirteen people have been killed in northern Morocco after their homes collapsed in flash flooding caused by torrential rains.

The interior ministry said 11 were swept away by the floods in Driouch, Nador province, and two in Tangiers.

Around 20 homes have collapsed as a result of the floods and many remain submerged.

Treze pessoas foram mortas no norte do Marrocos depois que suas casas desabaram na enchente relâmpago causada por chuvas torrenciais. Segundo o ministro do interior 11 delas foram arrastadas pelas enchentes em Driouch, província de Nador, e duas em Tânger. Cerca de 20 casas desabaram como resultado das enchentes e muitas permanecem embaixo d'água.

A Moro in America publica um vídeo feito pelos estudantes da escola secundária de Tangier, comentando:

The northern city's industrial district and other neighborhood were literally submerged by water during Thursday and Friday. Several deaths have been reported, especially amongst women and children. About a week ago, King M6 had ordered his ministers and governors to stay close to the affected cities and to be physically present at affected areas. So far, none of them have been spotted.

n the following video, students of Abdelkrim Lkhettabi High School can be seen struggling to leave to their homes with water up to their necks.

O distrito industrial ao norte da cidade e outras vizinhanças ficaram literalmente submersos na quinta e na sexta-feira. Várias mortes foram noticiadas, principalmente entre mulheres e crianças. Há uma semana, o Rei M6 ordenou que ministros e governadores se mantivessem próximos às cidades afetadas e se fizessem presentes fisicamente nas áreas atingidas. Nenhum deles, até agora, foi visto.

No vídeo a seguir, estudantes da escola secundária Abdelkrim Lkhettabi podem ser vistos lutando para deixar suas casas tendo a água até o pescoço.

Catar, nação no Golfo que recentemente também enviou auxílio para o Yêmen durante enchentes, está ajudando o Marrocos, como escreve o The View from Fez:

In response to the Emiri directives issued by the Emir, H H Sheikh Hamad bin Khalifa Al Thani, Qatar decided to send emergency aid to the Kingdom of Morocco and the Republic of Yemen, an official source at the Foreign Ministry told The View from Fez These Emiri directives express Qatar's solidarity with Yemen and Morocco in order to help them face effects of the flood that recently hit the Hadramout Province in Yemen and Oujda city in Morocco.

A pedidos do Emir, H H Sheikh Hamad bin Khalifa Al Thani, o Catar decidiu enviar ajuda emergencial ao Reino do Marrocos e à República do Yêmen, uma fonte oficial do Ministério das Relações Exteriores disse ao The View from Fez. Esses dirigentes emiros expressam a solidariedade do Catar com o Yêmen e o Marrocos para ajudá-los a enfrentar as enchentes que recentemente assolaram a província de Hadramout, no Yêmen, e a cidade de Oujda, no Marrocos.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.