Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Irã: Tempestades de Areia e o Silêncio da Imprensa

Nas últimas semanas, várias cidades iranianas do sul e sudeste do país foram atingidas por tempestades de areia. Muitos blogueiros dizem que a imprensa iraniana não cobriu estes eventos, e publicaram eles mesmos vídeos e fotos dos acontecimentos.

Vatanema filmou uma tempestade de areia na cidade sulina de Ahvaz, na província rica em petróleo do Khuzistão. O blogueiro diz [Fa]:

I imitated Americans who name everything, calling their hurricane Gustav. I am calling this storm Jasem. It seems that between four and eight people perished in this storm, just like what happened in Gustav.

“Eu imitei os americanos, que dão nomes a todas as coisas, como no caso do furação Gustav. Eu estou chamando esta tempestade de Jasem. Pelo que parece, entre quatro e oito pessoas morreram durante esta tempestade, assim como aconteceu com o Gustav.”

Aqui está o vídeo:

Badahwazi também tirou fotos da tempestade de areia em Ahvaz, e as publicou.

Você pode encontrar mais fotos da tempestade no fotoblog Zirsigari.

Enquanto isso, Mohmmad Darvish, um importante ambientalista, fala [Fa] sobre as tempestades de areia na província do Sistan e Baluchistão.

Ele diz:

Iranian media all talked about Gustav but ignored the sand storms in the Sistan and Baluchistan province particularly in Zabol .It seems the oppressed of this world should remain oppressed on all levels. Just compare the number of films that Iranian national TV broadcast about Gustav, to the number of films about sand storms in the Zabol or Khuzestan provinces.

“A imprensa iraniana falou um bocado sobre o [furacão] Gustav, mas ignorou as tempestades de areia ocorridas no Sistan e Baluchistão, particularmente em Zabol [En]. Pelo que parece, os oprimidos deste mundo devem permanecer oprimidos em todos os níveis. Apenas comparem o número de vídeos que a televisão nacional do Irã exibiu sobre o Gustav ao número de vídeos sobre as tempestades de areia em Zabol ou na província de Khuzistão.”

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.