Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Lusosfera: Saramago, 85 anos, vencedor do Nobel, blogueiro

Mexendo nuns quantos papéis que já perderam a frescura da novidade, encontrei um artigo sobre Lisboa escrito há uns quantos anos, e, não me envergonho de confessá-lo, emocionei-me. Talvez porque não se trate realmente de um artigo, mas de uma carta de amor, de amor a Lisboa. Decidi então partilhá-la com os meus leitores e amigos tornando-a outra vez pública, agora na página infinita de internet e com ela inaugurar o meu espaço pessoal neste blog.

São essas as primeiras linhas do blogue do escritor português e vencedor do Prêmio Nobel José Saramago, chamado O Caderno de Saramago [disponível em português e em espanhol], lançado em 15 de setembro inicialmente dentro do site da Fundação Saramago e agora na plataforma do WordPress. Desde então, Saramago já blogou na sua “página infinita na internet” sobre o pedido de desculpas da Igreja Católica a Darwin, George Bush e suas mentiras, a fortuna de Berlusconi, Pulianas (um cemintário na província de Granada), e sobre o aquecimento global. No post da última terça-feira, Saramago escreveu sobre o futuro de bibliotecas caseiras quando casais se divorciam.

São todos excelentes artigos, para a alegria da Lusosfera: blogueiros de quase todos os países de língua portuguesa deram-lhe as boas-vindas ao universo dos blogues (e lincaram, copiaram e publicaram seus posts livremente). Aline, de Moçambique, ficou um pouco cética no início. Seria mesmo o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 1998 por trás daquelas palavras online?

Fiquei confusa… será que é mesmo o JOSÉ SARAMAGO??? Isso não é dele… muito estranho! Fui conferir: era ele mesmo! Imaginem o autor de A Caverna e todos aqueles outros livros maravilhosos virando um blogueiro, como um simples mortal, como nós! Como não tive tempo de ler tudo ontem, hoje acordei e, sem tirar o pijama, liguei o computador. Tomei café lendo o Caderno de Saramago. Fantástico! Ele promete escrever diariamente. E está cumprindo a promessa, desde segunda-feira já são três posts.

Até o momento da publicação desse artigo, já são 8 posts. De Portugal, Vasco Corisco também acredita que pode reconhecer o escritor por trás do blogueiro:

Na secção O Caderno de Saramago temos acesso à escrita de opinião do autor na primeira pessoa, no tom marcadamente político ao qual estão acostumados aqueles que conhecem os seus escritos.

Também de Portugal, João ficou bastante contente de dar a Saramago às boas-vindas à blogosfera:

Embora desconfie que é um blogue completamente diferente deste, porque será certamente um lido por muita gente, fica a sensação de que Saramago se juntou cá ao grupo dos que têm um cantinho algures na Internet para escrever desabafos. Não deixa de ser estranho ter ouvido contar, há bem pouco tempo, que Saramago terá dito que jamais escreveria sem ser à mão. Depois passou a só escrever numa máquina e, agora, desconfio que utilize um computador para o fazer.

De Cabo Verde, Neu Lopes, também novo na blogosfera, aproveita a oportunidade para dar a notícia do novo livro de Saramago, A Jornada do Elefante, que deve chegar às livrarias até o fim do ano. Outro blogueiro de Cabo Verde que parece não ser grande fã de Saramago, Miguel Barbosa, opina:

Vamos torcer para os posts não serem tão chatos quanto os livros, hehehe…

Passando para a blogosfera brasileira, Hemetério ficou um tanto quanto decepcionado por Saramago ter entrado para a tribo online, mas está feliz em encontrar textos tão distintos, um dos quais ele imprimiu e deixou em um ônibus para que outras pessoas lessem e passassem adiante:

Achava que o venerável escritor português era avesso à tecnologia, que defendia o arcaísmo de sua labuta em máquinas de escrever como o japonês perdido numa ilha distante, que devotara sua vida a proteger o forte, anos depois da guerra ter acabado.

“Pérolas aos porcos?”. Blogueiro brasileiro Hemetério imprimiu o post sobre o Presidente Bush, que “expulsou a verdade do mundo para, em seu lugar, fazer frutificar a idade da mentira”, para deixá-lo no ônibus

Por outro lado, Lara achou interessante ver um escritor tão conhecido como Saramago usando ferramentas como essas. Ela diz:

É um bom sinal de que a comunicação pela internet não está apenas ganhando espaço por sua agilidade, mas também pela facilidade e amplitude com que atinge o público. Comentaram comigo, inclusive, que fazer um blog pode ser só uma tentativa de Saramago de ser cool. Mas, minha gente, Saramago tem 85 anos. Uma pessoa de 85 anos não liga para ser cool.

Talvez Saramago não precise ser cool, mas pode ser que essa coceira para entrar no ciber-espaço seja chamada marketing. Além do livro que está a caminho, a adaptação de seu famoso romance Ensaio Sobre a Cegueira está passando no Brasil e com estréia marcada nos cinemas internacionais como o filme Blindness de Fernando Meirelles (também blogueiro), com Mark Ruffalo e Julianne Moore. Seguindo esse raciocínio, o blogueiro português Miguel Drummond de Castro lembra ao seu público que nem mesmo um ganhador do Prêmio Nobel pode virar blogueiro da noite para o dia:

Há aqui uma confusão antropo-cibernética de primeiro grau. A de crer que a utlização de uma maquineta – no caso o computador ligado à rede – transforma imediatamente a pessoa num “verdadeiro” blogger. A maquineta, qual deus, confere de imediato a graça divina. A pessoa que no dia anterior não sabia nada de blogs, que não fazia a menor ideia dia sobre o que é um template ou um Html, de repente, por infusão divina da santíssima técnica, já se comporta como um “verdadeiro blogger”. De um momento para outro adquiriu todas as competências.

E quem se importa? Deborah Icamiaba gosta do blogue por ser uma leitura de qualidade online:

Que frescor tem sido a leitura do recém-criado blog do Saramago!

Eu já gostava de seus livros e ele virou ídolo quando tornou-se o único escritor de porte a exigir das editoras que seus livros fossem publicados em papel reciclado.

Quando a gente está na net e quer ler algo legal, fica procurando e não acha, vale a pena passar por lá: http://caderno.josesaramago.org/ – tem sempre algo interessante sendo dito de maneira singela e poderosa.

Foto do Periodista digital.com licenciado com uma licença Creative Commons Attribution 2.5

2 comentários

  • […] de Saramago 27Set08 Sabiam que José Saramago tem blogue? Se não, leia a notícia em português, inglês ou espanhol. O post de abertura foi uma carta de amor a Lisboa, com direito a um vídeo […]

  • Patricia Conceição

    Acho sempre interessante, alguém com a mentalidade do escritor José Saramago opinando sobre vários assuntos atuais. Além de possuir uma escrita instigante, ele demonstra que está plugado com o mundo contemporâneo, mostrando uma desenvoltura expecional ao tratar diversos temas que afetam toda a humanidade. Um verdadeiro patrimônio da humanidade.

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.