Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egito: Respeitando os Sinais de Trânsito

O que tem as atitudes das pessoas em relação ao momento adequado para atravessar um cruzamento a ver com a posição de seu país no cenário internacional? O blogueiro egípcio Egyptian in the USA nos traz sua resposta nesta tradução de seu post em arábico.

Escrevendo no Egyptian Wish [Ar], o blogueiro cita parte de um artigo publicado na Aljazeera.net, por Mohamed El Sayed Ahmed, que diz:


رغم احمرار اشارة عبور المشاه باحد ضواحي دبي الا ان الطريق كان سالك – فعبرت وبعض الهنود والافارقة – فيما ظلت فتاتين صينيتين ورجل اوروبي منتظرين حتى تفتح الاشارة – ففكرت في دلك واكتشفت ان هذا هو الفرق بين الصين واوروبا من جه وبين الدول الاخرى من جه اخرى – فاحترامهم للقواعد جعلتهم الاقوى – فقررت الالتزام باشارة المرور لعلي اصبح مثلهم – هذة هي الصين عملاق المستقبل

“Apesar do sinal vermelho em uma das ruas dos subúrbios de Dubai, que por sinal estava vazia, eu atravessei o cruzamento, assim como também o fizeram alguns indianos e africanos. Enquanto isso, duas garotas chinesas e um homem europeu ficaram esperando até que o sinal de trânsito ficasse verde. Eu fiquei pensando nisso, e descobri que esta é a diferença entre a China e a Europa de um lado e os outro países no outro. O respeito pelas regras os tornou mais fortes. Então eu decidí que irei respeitar os sinais de trânsito para ser como eles um dia. Esta é a China, o gigante do futuro.”

1 comentário

  • Acho que o buraco é um pouco mais em baixo. É claro que a disciplina de uma população (principalmente aquela auto-imposta, advinda da educação, e não a que se tem debaixo de porrete) é um grande diferencial no desenvolvimento da mesma e de seu país. Mas se a questão é obedecer leis por obedecer leis, o tiro pode acabar saindo pela culatra, dependendo de QUEM ditar estas leis…

    Esta é a China, “gigante do futuro”, mas estes também são todos os países colonizados que (ainda) pensam como colônias e obedecem, deslumbrados, os ditames das metrópoles.

    Abraços do Verde.

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.