Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Costa Rica: Presidente Arias pede para que o Dalai Lama mude a data de sua visita ao país

Ter que escolher entre dois amigos que não se falam na hora de enviar convites para uma festa é algo realmente constrangedor. E foi isso que o Presidente da Costa Rica e ganhador do Prêmio Nobel da Paz Oscar Arias Sánchez deve que fazer recentemente. Ele pediu ao Dalai Lama para que remarcasse sua visita para o ano que vem, mesmo sendo a mesma de natureza particular. Coincidentemente, um mês após a data marcada para a visita, o presidente chinês Hu Jintao estará chegando ao país para uma visita oficial. Muitos ficaram perturbados com estas notícias, como foi o caso de Milagro Rodríguez, Vice-Presidente da Associação Cultural Tibetana-Costarriquenha, que expressou sua tristeza [Es].

Julia Ardón [Es] escreveu em seu blogue sobre as possíveis razões para este pedido:

La Asociación Tibetana de Costa Rica por supuesto salta y explica lo que entiende como un desaire de claro cálculo político, ya que por esos días tendrá visita oficial el Presidente de China y se podría molestar o peor aún: decidir no venir. ( Y eso no le conviene al gobierno! No ve que los chinos nos están dando mucha plata?!)

“A Associação Tibetana de Costa Rica pulou na frente e explicou a coisa, a seu modo, como um claro cálculo político, já que por estes dias irá ocorrer uma visita oficial do Presidente da China, que poderia ficar incomodado ou, pior ainda, decidir não vir ao país. (E isso não convém ao governo! Não vê quanto dinheiro os chineses estão nos dando!?)”

A visita do Dalai Lama estava marcada para o dia 10 de setembro, contudo, com base no pedido formal do presidente Arias, a visita foi cancelada. O presidente Arias afirmou que não estaria no país. Mas isso não pareceu ser coincidência, principalmente se levarmos em conta a visita planejada pelo presidente chinês Hu Jintao, especialmente à luz do grande suporte recebido pelo país do governo chinês nos últimos anos. Em 8 de junho de 2007, a Costa Rica rompeu relações diplomáticas com Taiwan e iniciou relações diplomáticas formais com a China. Depois, Arias foi recebido na China com pompa e honras [Es] só prestadas a países amigos.

La Suiza Centroamericana [Es] está desagradada com a falta de posicionamento de Arias a respeito das violações dos direitos humanos na China.

Lo que si nos sorprende, y nos causa tremendo disgusto, es que nuestro gobierno de turno, presidido por otro Premio Nobel de la Paz, haya guardado un silencio absoluto y sepulcral ante las atrocidades cometidas por su nuevo amiguito oriental.

“O que nos surpreendeu, e nos causou extremo desgosto, foi que nosso governo, presidido por outro ganhador do Premio Nobel da Paz, tenha guardado um silêncio absoluto e sepulcral frente às atrocidades cometidas por seu novo amiguinho oriental”

Muitos chegaram à conclusão de que presidentes e países em desenvolvimento precisam fazer arriscados cálculos políticos com os quais nem todos irão concordar, em termos do que é mais conveniente para a Costa Rica e o que é melhor para a maioria. Ser presidente e tomar decisões não deve ser fácil, principalmente quando se tem que dizer a um amigo que é melhor que ele não venha agora à sua casa.

Foto de thumbnail por Ferne Miller

2 comentários

  • […] Dalai, amigo, mejor ven despu

  • walter

    Enquanto fala mal do que acontece em Cuba o ilustrado Arias acolhe o presidente da China, país com uma ditadura muito semelhante a de Cuba e sempre citado pelos ilustres donos dos direitos humanos.
    Ainda mais, em sua posse como presidente de Costa Rica esteve muito bem acompanhado, principalmente pelo cardeal que, desrespeitando outras crenças, ilustrou o evento com uma missa campal. Ah! foi acompanhado de outros ilustres ganhadores do nobel da paz, como antecessores do nobel Obama!!!!!

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.