Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Kuwait: Video Games, Jornais e Blogueiras

Quem deveria regulamentar a cena dos vídeo games no Kuwait ? Essa e muitas outras questões que estão na cabeça dos blogueiros do Kuwait neste resumo. Forzaq8 fala de leis tratando de video games e de quem ele acha que deveria regular os mesmos. Ele escreve:

Politics shouldn’t interfere in games , i was shocked and sicked to hear that people want laws to to control what games we can buy or not.
I don’t want laws requires all retailers to check ID from any child trying to buy games.
I believe that Parents should take responsibility , not the government , its not freedom thing , its responsibility

Os políticos não deveriam interferir nos games, eu fiquei chocado e irritado ao ouvir que as pessoas querem leis para controlar quais os games que podemos comprar ou não.
Eu não quero leis que mandem os vendedores checarem o documento de nenhuma criança que tente comprar games.
Eu acredito que os pais devem se reponsabilizar por isso, não o governo, não se trata de liberdade, mas de responsabilidade.

Outro blogueiro, Ajel volta sua atenção para os jornais no Kuwait. Ele diz:

لدينا في الكويت – حتى الآن – 14 صحيفة يومية سياسية ، وهناك المزيد منها بالطريق ، توجد أيضا مواقع إخبارية ومدونات الكترونية شبه إخبارية تزود قراءها بكل ما تعزف وسائل الإعلام المختلفة عن نشره ومنها القنوات الخاصة التي باتت تخصص جزء من برامجها لمناقشة الأحداث المحلية الساخنة بصورة أفضل من تلفزيون الكويت الذي يتجنب عادة الخوض في تلك المسائل
موضوعنا هو كيف نقرأ ما سوف يقع وليس ما وقع ؟ وأي الصحف التي تخدمنا في هذا المجال على الصعيد السياسي بالدرجة الأولى ؟

Por enquanto, nós temos 14 jornais diários no Kuwait, e outros mais serão publicados em breve. Existem também sites de notícias e blogs que cobrem tudo que a mídia se recusa a publicar, além das emissora privadas de televisão que fazem a cobertura dos assuntos locais de destaque melhor que a emissora nacional de televisão do Kuwait, que geralmente evita a esses assuntos.

Nosso tema hoje é : como ler o que vai acontecer e não o que já aconteceu e quais os jornais que servem a este propósito quando se trata de cobertura política.

SpiKeY escreve o que ele pensa ser uma descrição precisa das blogueiras do Kuwait. Ele escreve:

So female bloggers….do you think being open to the world helps the (Kuwaiti) internet users know about you?
By open…I mean…that you talk about the “taboo” stuff….like doing it…like smokin..like drinking…like havin fun alone….like cussing…drugs….sexuality…. lesbianism..(NOTE: these are considered taboo in our society it aint ma opinion)…..

Então blogueiras… vocês acham que se abrir para o mundo ajuda os usuários da internet (do Kuwait) a conhecer vocês?
Qundo eu digo ‘se abrir’… eu quero dizer… que vocês falam sobre as coisas que são “tabu”… como transar… fumar… beber… se divertir sozinhas… falar palavrão… drogas… sexualidade… lesbianismo… (obs.: tudo isso é considerado tabu em nossa sociedade, não é minha opinião)…

Bahsar, no blogallalong, gostaria de saber o que quer o Ministro das Comunicações. Ele escreve:

The Ministry of Communications (MOC) is the central authority in Kuwait for internet and phone, which includes ISPs, phone lines, and mobile operators. Such a big responsibility that can take the country both ways. And unfortunately, the way they’re doing it can only take us backward I am afraid

O Ministro das Comunicações é a autoridade central no Kuwait para internet e telefonia, o que inclui provedores, linhas telefônicas e operadoras de celular. Uma responsabilidade tão grande que pode levar o país para frente ou para trás. E infelizmente, receio que o jeito que estão fazendo só pode nos levar para trás

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.