Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Iraque: Parem o massacre na Cidade de Sadr…

…é o que diz Al-Ghad [En].

Nas semanas que se seguiram ao muito falado ataque [En] realizado pelo exército do Iraque em Basra e seu muito falado fracasso [En]. Algo como uma guerra de baixo nível está acontecendo no Iraque, muito além das cenas exibidas pela mídia tradicional. E agora a situação parece estar começando a vir a tona.

Al-Ghad publicou um manifesto [En] dando um aviso urgente de que um massacre iminente da população da Cidade de Sadr [En] está sendo planejado:


The occupiers have decided to implement the Israeli style ghettos of imprisoning people in concrete walls. When this didn’t solve their problem, they came to the idea of mass slaughter of the whole of Sadr-City, using mass bombing, rockets and heavy artillery against a civil population.

“As forças de ocupação decidiram implementar guetos ao estilo israelense, aprisionando pessoas por trás de paredes de concreto. Quando isso não resolveu o problema, eles tiveram a idéia de massacrar a população da Cidade de Sadr, usando bombardeio em massa, foquetes e artilharia pesada contra a população civil.”

Wafaa’ Al-Natheema condenou os ataques [En] contra hospitais em Baghdad:

Today the Shu'la hospital in Karkh district was attacked… Historically, I am unaware of military operations targeting civilian hospitals!!… Who will evacuate the dead bodies and heal the wounded? I really can not keep silent when today my colleague, the journalist, Yasir Shammri described Sadr City Hospital as the hospital of death whose function is just to keep corpses.

“O hospital de Shu'la, no distrito de Karkh, foi atacado hoje… Historicamente, eu não tenho notícias de operações militares que tivessem como alvo hospitais civis!!… Quem irá evacuar os corpos e cuidar dos feridos? Eu realmente não posso ficar calado quando hoje, meu colega jornalista Yasir Shammri descreveu o Hospital da Cidade de Sadr como um hospital de morte cuja única função é apenas guardar os cadáveres.”

Enquanto Ladybird relata rumores de planos [En] para o uso de armas químicas na Cidade de Sadr.

I don’t know the truth behind this story … but there are rumors .. that neighborhoods around Sadr-City are being evacuated. According to al-Badeel al-iraqi, their sources in Sadr-City sent a message saying that the attacking forces are preparing to hit the city with opiate fentanyl non-lethal gas, the same gas the Russians used to attack the rebels in Moscow theater in 2002.

“Eu não sei da veracidade dessa história… mas há rumores… de que algumas vizinhanças da Cidade de Sadr estão sendo evacuadas. De acordo com al-Badeel al-iraqui, suas fontes em Sadr enviaram uma mensagem dizendo que as forças de ataque estão se preparando para atacar a cidade com gás não letal opiato fentanyl, o mesmo gás usado pelos russos para atacar os rebeldes no teatro de Moscou em 2002.”

O que quer que se diga sobre o novo plano de segurança para o Iraque, ele não veio sem um custo. O novo exército do Iraque dificilmente poderia ser chamado de não sectário. Zeyad publica um vídeo [En] mostrando as forças de segurança do Iraque saqueando uma pequena cidade no Iraque em uma cena que lembra o modo violento com que Saddam abafou o levante de 1991. Ele escreve:

A massacre that you will not see on CNN, perpetrated by the US-backed “Iraqi security forces” or, more accurately, Badr/SIIC/ Da'wa gangs in uniform and out of uniform… The soldiers are heard spitting out obscenities at the wounded detainees and even at dead bodies. Others are seen dragging another injured detainee, kicking him violently and cursing him before throwing him on a pile of dead bodies… Those are the “security forces” that our American friends want us to trust and to condemn attacks targeting them.

“Um massacre que você não verá na CNN, perpetrado pelas “Forças de Segurança do Iraque” apoiadas pelos EUA ou, mais precisamente, gangues Badr/SIIC/Da'wa com e sem uniforme… Os soldados podem ser ouvidos cuspindo obscenidades contra prisioneiros feridos e até contra corpos. Outros podem ser vistos arrastando um prisioneiro ferido, chutando-o violentamente e o amaldiçoando antes de jogá-lo em uma pilha de cadáveres… Estas são as “forças de segurança” que nossos amigos Americanos desejam que confiemos e condenemos ataques contra elas.”

Raed publica capturas de imagem [En] do mesmo vídeo e escreve:

The Iraqi police, army, interior ministry forces, and other US backed forces are nothing more than nice titles for militias that happened to be called “governmental”. The Sunnis and Shiites allied with the US get to have their militias treated as “good militias” with governmental titles, but the other Sunnis and Shiites who represent the majority of Iraqis and oppose the occupation are the ones with “bad militias” that are described as terrorists and extremists…
The congress has approved billions of dollars of US-taxpayers money to fund these sectarian militias who are directly responsible of the ethnic and sectarian cleansing that has been taking place in Iraq during the last 5 years.

“A polícia, o exército, as forças do ministério do interior e outras forças apoiadas pelos EUA no Iraque são nada mais que títulos bonitos para milícias que eventualmente começaram a ser chamadas de ‘governamentais’. Os Sunitas e os Shiitas que se aliaram com os EUA podem ter suas milícias tradas como “milícias boas” com títulos do governo, mas os outros Shiitas e Sunitas que representam a maioria dos iraquianos e se opõe á ocupação são aqueles que tem as “milícias más” que são descritas como terroristas e extremistas…
O congresso aprovou o uso de bilhões de dólares do dinheiro dos pagadores de impostos para financiar estas milícias sectárias que são diretamente responsáveis pela limpeza étnica e sectária que está acontecendo no Iraque nos últimos 5 anos.”

Em outro nível, Last of Iraquis se viu cara a cara [En] com estes mesmos soldados em uma barreira em Baghdad. Ele foi parado e quase foi preso. Ele escreve:

During the ordeal many things were running through my head, I was thinking about the previous trouble that I have faced and remembered the comments; that really helped me to be cool, I was thinking about my dead friend; Omar who was killed by the Iraqi army in a situation like mine, he was talking with my other friend on the phone when he reached a checkpoint for the Iraqi army in Harthia neighborhood so he placed the phone aside and my friend could hear everything through the phone…it was so similar to my case but they took him and the next day his dead body was found in a garbage!!!
I know you are bored from the same story being told over and over by me but this is what the ordinary Iraqis go through everyday despite the countless explosions and assassination. That's the army and police that should protect us!! How funny.

“Durante meus apuros, muitas coisas estavam passando pela minha cabeça. Eu estava pensando em outros problemas que tive e lembrando dos comentários; e isso realmente me ajudou a ficar frio. Eu estava pensando sobre meu amigo morto, omar, que foi morto pelo exército iraquiano em uma situação como a minha. Ele estava falando com outro amigo meu por telefone quando chegou na barreira do exército iraquiano no bairro de Harthia, e então ele colocou o telefone de lado e meu amigo pôde ouvir tudo pelo fone… muito parecido com o meu caso, mas eles o levaram e no dia seguinte seu corpo foi encontrado no lixo!!!
Eu sei que você está entediado por ouvir a mesma história de novo e de novo por mim, mas é isso que os iraquianos comuns tem que viver todo dia além das incontáveis explosões e assassinatos. Este é o exército e a polícia que deveria nos defender!! Que engraçado.”

Estes eventos me deixam com as mesmas indagações feitas por Wafaa’ [En]:

Aren't these disasters sufficient to move the conscience? What freedom and democracy and what government reform, reconstruction and national unity are those? Will these events move the corrupt political parties to PM Maliki's table? What constitution allows the army to kill people and insults and threatens doctors? Is there any wise man amongst you, deputies and ministers? Where is the Islam of the Islamic parties where is the democracy of the liberal and patriotic parties?

“Estes desastres não são suficientes para mover nossas consciências? Que liberdade e democracia, reforma e reconstrução de governo, e unidade nacional são estas? Será que estes eventos irão levar os partidos políticos corruptos para a mesa do primeiro ministro Maliki? Que constituição permite que o exército mate pessoas e insulta e ameaça médicos? Haverá algum homem sábio entre vocês, deputados e ministros? Onde está o Islã dos partidos islâmicos e onde está a democracia dos partidos liberais e patrióticos?”

2 comentários

  • Elizabete g souza

    como esta as pessoas do iraqui após a guerra, como elas vivem de que trabalho, o que fazem para sobreviver.a ciadade ainda esta arruinada?obrigada!

  • Infelizmente, Elizabete, não podemos dizer que a guerra no Iraque tenha terminado. Os conflitos armados civis, as explosões de bombas em áreas urbanas e a ocupação militar por países ocidentais continua. Para saber mais sobre o dia a dia do Iraque e dos iraquianos, acompanhe o Global Voices Online.

    Abraços do Verde.

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.