Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Brasil: O padre voador carregado pela blogosfera

O Brasil é um lugar fora do comum. O país é cheio de gente nada convencional, capaz de fazer proezas extraordinárias, que nos dias de hoje podem vir a ser divulgadas de maneira peculiar por uma massa crescente de bloqueiros especiais. Dessa vez, a notícia é triste, mas a blogosfera está explodindo com versões bem-humoradas da tragédia do padre da Igreja Católica Apostólica Romana Brasileira que desapareceu depois de ser levado pela correnteza marinha enquanto tentava bater um recorde voando pendurado em balões inflados com gás hélio.

O objetivo do Padre Adelir Antonio de Carli era quebrar o recorde de passar 19 horas voando usando apenas bolas de assoprar, com a meta de arrecadar fundos para criar um santuário para caminhoneiros em Paranaguá, o segundo maior porto do Brasil em termos de escoamento de produtos agrícolas. Caminhoneiros brasileiros normalmente esperam dias para descarregar nesse porto, especialmente durante a agitada temporada de exportação de soja, que acontece agora.

Aviões, helicópteros e barcos das equipes de resgate brasileiras passaram a semana rastreando a costa do estado de Santa Catarina em busca do padre voador. Certamente, a notícia de um religioso desaparecendo durante uma façanha para caridade merece o mais alto respeito, mas a falta de elementos de segurança básicos no planejamento de Padre Carli para cumprir sua missão desencadeou uma corrente inevitável de piadas, embora sempre acompanhadas de um certo sentimento de culpa.

Seria cômico se não fosse trágico? Pois acho que pode ser trágico e cômico. Estão aí as “tragicomédias” que não me deixam mentir. Por favor, concorde comigo antes que eu continue!: é cômico! (súplica gratuita, desinteressada e “afoita!” por dividir o peso na consciência por ter visto tanta graça nisso tudo)
Padre Peter PanFossas do Ofício

então, o que tá rolando de piada em cima desse padre que resolveu voar amarrado a balões contendo gás hélio não está nas escrituras sagradas… aliás, a peripécia derradeira do padre aviador é o assunto do dia com um amigo, estudante de jornalismo, que mora no rj. a imprudência do sacerdote, de tão bizarra, chega a ser cômica. como alguém pretende voar de balão com uma condição climática completamente desfavorável, sem ao menos saber operar um gps, minha gente?
Como usar um gps?de tudo um pouco

De fato, o último contato feito pelo padre através de um telefonema via celular foi para pedir ajuda: que alguém ensinasse a ele como operar o GPS que ele tinha levado consigo, de maneira que ele pudesse fornecer suas coordenadas. Até o pessoal super-geek do Gizmodo não conseguiu se abster de comentários engraçadinhos sobre o aspecto técnico do caso.

Sadly, nobody was able to explain to him how to do it correctly and, around 9PM—the time of his last contact—he disappeared. I see this sad event, which has ended in the tragedy of a missing person—obviously he's a bit crazy and this is all his fault—as an example of all that is wrong with the design of machines today. Not because technology itself was the cause of him getting lost—it wasn't. It was more bad luck and bad planning than anything else. After all, his first flight was a success without GPS, and men have been wandering through Earth without any help for thousands of years. The problem here is that I can imagine his frustration, trying to make sense of an infernal device so he could tell people his exact location, all the while knowing that he was going to get lost forever in the immensity of the sea.
Priest Takes Off Using Party Balloons, GPS to Find God (Literally)Gizmodo

Infelizmente, ninguém conseguiu explicar a ele como usar [o aparelho] corretamente e, por volta das 9h da noite – hora de seu último contato – ele desapareceu. Eu vejo esse acontecimento trágico – que terminou com o desaparecimento de uma pessoa – claro que ele é um pouco doido e tudo não passa de culpa dele – como um exemplo de tudo o que está errado com o design de aparelhos hoje. Não foi a tecnologia em si a causa do desaparecimento dele, não mesmo. Foi mais o caso de falta de sorte e planejamento precário do que qualquer outra coisa. Afinal de contas, o primeiro vôo foi um sucesso mesmo sem GPS, e povos têm perambulado a Terra inteira sem nenhum tipo de ajuda por milênios. O problema aqui é que posso imaginar a frustração dele, tentando entender um dispositivo diabólico para que pudesse informar às pessoas a sua localização exata, ao mesmo tempo que ele sabia que estava para se perder para sempre na imensidão do mar.
Padre voa usando balões de festa, GPS para encontrar Deus (literalmente)Gizmodo

As buscas já encontraram vários dos balões espalhados por uma área a 50 km da costa de Santa Catarina, mas não há sinais do religioso, que estava usando capacete, roupas térmicas, capas à prova de chuva e pára-quedas. Amigos e familiares ainda acreditam que o padre estava preparado para eventualidades, e que há boas chances de que ele ainda esteja vivo. Por outro lado, outros falam da personalidade atrevida e exibicionista do padre, que gostava de ignorar medidas de segurança e espezinhar qualquer obstáculo que se pusesse no seu caminho à fama.

O padre Adelir De Carli, de 41 anos, foi expulso da escola de vôo livre Vento Norte, em Curitiba, há cerca de três anos por indisciplina e exibicionismo. É o que conta Márcio André Lichtnow, instrutor responsável pelo curso de parapente que teve o padre como aluno… “Ele era indisciplinado e não participava das aulas teóricas, que são fundamentais para se compreender as questões meteorológicas. Ele não tinha nada de humilde, se acha o bom, o que conhecia tudo, o que sabia tudo. Parecia um playboy”, diz Lichtnow. O instrutor afirma que o padre fez dez horas de aulas práticas e quatro horas de aulas teóricas. Para completar o curso precisaria de 40 horas de prática e 30 horas de teoria. Lichtnow conta ainda que o padre o procurou para falar dos planos de voar a partir de Paranaguá (PR). “Falei para ele que decolando dali o único lugar que ele poderia pousar era na África do Sul, porque é para lá que os ventos levam. Mas ele disse que já havia estudado tudo e eu achei que era brincadeira”, lembra. “Fiquei bem menos católico depois de conhecer o padre”, finaliza o instrutor, que faz questão de dissociar a figura de Adelir De Carli da escola de vôo. “Ele tentou ser meu aluno, mas não foi aceito”.
Mais um brasileiro em ‘Lost’Dona Didi

Existe a possibilidade de que a atitude descuidada do padre quanto à sua própria segurança tenha permitido, ou até desencadeado, a corrente de reações cômicas vista na blogosfera brasileira quanto às circunstâncias incomuns que contribuíram para o seu desaparecimento. Da última vez que dêmos uma olhada, Padre Adelir tinha até ganhado um blogue falso chamado de ‘Diário Imaginário do Padre Voador‘, e Julio Vedovatto brincava com as manchetes possíveis ao redor do planeta para divulgar a façanha do padre:

- The New York Times: Padre sobe, bolsas caem.
– O Globo: Caos aéreo: Piloto confirma ‘quase colisão’ com padre.
– Diário de Bogotá: Padre desaparecido pode estar em poder das FARC.
– Gazeta de Madrid: Zapatero avisa: Se padre entrar na Espanha, será deportado.
– Diário de La Paz: Evo Morales recebe padre e pede reajuste para encher os balões de gás.
– Diarinho: Padre maluco se escafedeu com balões de festinha.
– Corrieri de la cera: Vaticano apóia balão, mas condena camisinha.
– Washington Post: Hillary vs. Obama: Padre irá desempatar a disputa.
– Beijing News: Governo Chinês confisca as imagens da queda do balão do padre no Tibet e afirma que não houve violência.
– Beijing News (edição extra): Governo chinês diz que padre já está treinando para a cerimônia de abertura dos jogos olímpicos.
– Israel: Resbolah diz que ‘padre voador’ é um deboche à Maomé e promete novos ataques terroristas.
– Correio Braziliense: Oposição diz ter provas de que os balões foram comprados com cartão corporativo.
– Diário do Equador: Governo confirma que balão foi abatido pelo exército Colombiano e exige explicações.
Enquanto isso nos jornais do mundo, sobre o Padre do Balão
Julio Vedovatto

\Na verdade, a notícia do padre brasileiro e seus balões teve repercussão no exterior e as reações tragicômicas entre blogueiros parecem ser as mesmas. O evento já foi listado como candidato ao ‘Darwin Awards‘, uma iniciativa para ‘premiar pessoas que se removeram voluntariamente do conjunto genético se matando acidentalmente de maneiras estúpidas’, e o ‘The spoof‘ traz uma manchete que poderia ser traduzida como: “Al Qaeda aceita responsabilidade pelo desaparecimento de padre-voador-baloneiro“.

Quase uma semana após o desaparecimento, a família do padre ainda acredita que ele será encontrado vivo, uma vez que o assento estava recheado com bolsas de ar que podem ser infladas e que existem várias ilhas na região para as quais ele pode ter sido levado pela correnteza. Na verdade, uma das sátiras de maior circulação sobre o assunto brinca com o fato de que o padre pode ter aterrissado em uma conhecida ilha, onde outros já estão perdidos – Lost.


Outro brasileiro Lost

[Rodrigo Santoro entrou no elenco de Lost na terceira temporada da série]

Temos esperança e rezamos pelo sucesso das buscas, para que venhamos a ter a oportunidade de contar estórias sobre o fenômeno na mídia viral deflagrado com as aventuras do padre, e que o próprio venha a dar boas risadas. Enquanto isso, a blogosfera continua viajando no balão com a notícia.

Padre Perdido Reloaded
Onde está o padre?

Locais que o Padre louco dos balões “avuo”!
Locais pelos quais o padre louco dos balões passou!


Padre Adelir faz aparição no Google Maps

5 comentários

  • O padre está no estádio de repouso no estádio da ressacada do time do avai
    pois após ser encontrado na costeira ele estava muito cansado de ter nadado nadado e ter morrido na praia igual o time do avai

  • Thamires Correia da Silveira

    O padre subiu subiu e acaboou morrendo na praia, mais me disseram que ele foi encontrado no campo do avaí, e está morto igual o avaí.

  • Assim eu vou começar a desconfiar que o padre teve seu GPS sabotado por algum torcedor de algum time adversário do Avaí. :)

    Abraços do Verde.

  • Que gesto mais maluco do padre de Paranagua! Não dá pra entender por que as pessoas à sua volta deixaram que ele fizesse taal proeza. Existe cumplicidade – de todos os que lá estavam – no seu suicídio.

  • Jane

    O que é bloqueiros?

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.