Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Síria: Campanha pela liberdade de Tariq

Blogueiros síros estão a todo vapor no momento com mais um ataque à liberdade de expressão pelo regime sírio. Para completar, desta vez ele é com um dos nossos. O caso de Tariq demorou cerca de seis meses para chamar a atenção dos blogueiros – seis meses e ele ainda está padecendo na prisão.

Tariq Baiasi, estava navegando na internet, um dia, e deixou um comentário em um fórum público, criticando o famigerado aparato de segurança. Pouco tempo depois, em 7 de julho de 2007, ele foi preso em sua cidade natal, Banyas, e nunca mais se ouviu falar dele de novo. Tariq está na prisão e até o momento sem julgamento, já há mais de seis meses.

Razan, e um grupo de blogueiros ativistas, organizaram um site para a campanha e um abaixo assinado online. Por favor, dedique um minuto assinando a petição aqui. Razan tem uma ampla postagem sobre o assunto em seu blogue, incluindo uma entrevista com a ativista Razan Zeitouneh:

Tariq’s online speech does not constitute a violation of the law. In fact, he actually acted on the basis of freedom, which as stated earlier, is guaranteed by the Constitution via Article 38, which states: “Every citizen has the right to express his opinion freely and openly, orally and written and in all other means of expression. He also has the right to contribute in the control process and in the constructive criticism to ensure the safety of national reconstruction.”

O discurso de Tariq na internet não constitui uma violação da lei. Na verdade, ele de fato agiu com base na liberdade, que, como dito anteriormente, é garantida pela Constituição através Artigo 38, que afirma: “Qualquer cidadão tem o direito de expressar a sua opinião livre e abertamente, oralmente e por escrito, e através de todos as outras formas de expressão. Ele também tem o direito de contribuir no processo de controle e na crítica construtiva para garantir a segurança de reconstrução nacional”.

Na sua postagem, Razan menciona outro blogueiro esquecido na cadeia, Tariq Gorani.

Tariq Gorani was detained on 19-2-2006 for a year and four months before being charged with a seven years sentence verdict on 17-6-2007 for “endangering Syria's security”. His blog's name was Aldomari. “Aldomari” is originally taken from the first and the last independent Syrian newspaper that addressed and investigated the corruption of the Syrian authorities for a few months before it was shut down by the regime.

Tariq Gorani foi detido em 19 de fevereiro de 2006 por um ano e quatro meses antes de ser penitenciado a sete anos, segundo o veredido de 17 de junho de 2007 por “pôr em perigo a segurança da Síria”. O nome do seu blogue era Aldomari. “Aldomari” foi batizado em nome do primeiro e do último jornal independente sírio que investigou a corrupção das autoridades sírias por alguns meses antes de ser fechado pelo regime.

Outros blogueiros republicam os links da campanha e se mostram solidários. Abu Kareem do Levantine Dreamhouse solta a sua raiva:

The Syrian regime's chokehold on its citizens’ right to express themselves is unrelenting. Whether our expressions of outrage on the web really matter is highly debatable. The government knows that organized internal opposition, if present, is impotent. In addition, Syrian opposition outside is missing in action. They could care less about Western condemnations of their human rights records because they know that Western powers seem to care about the average Syrian only when it is politically expedient. The regime knows what buttons to push to get the pressure off their backs; it is a game that the Baathist regime has perfected over a span of two generations.

O controle do regime sírio no direito dos cidadãos de manifestarem-se é incansável. É altamente questionável se a nossa manifestação de indignação na internet realmente importa. O governo sabe que a oposição organizada internamente, se estiver presente, é impotente. Além disso, a oposição externa da síria está fora da ação. Eles não estão nem aí para as condenações do ocidente quanto aos seus recordes em direitos humanos porque eles sabem que as potências ocidentais parecem se preocuparem com o sírio mediado apenas quando se trata de um expediente político. O regime sabe quais botões deve apertar para tirar a pressão de suas costas, este é um jogo que o regime do Partido Baat foi aperfeiçoando ao longo de duas gerações.

Annie escreveu sobre isso aqui, e Yazan, aqui.

Ahmed também disse:

لأن الستة أشهر التي قضاها طارق في السجن تكفي ليصبح مهذباً ، قصير اللسان ، لا يحشر أنفه فيما لا يعنيه ! لأن هذا الاعتقال خوّفنا و أرهبنا – كمدونين و رواد انترنت – فلن نقتفي اثره ، و سنقصر ألسنتنا ، و نكف عن الثرثرة في المحرمات. و لأنّه فعلاً .. الستة أشهر .. كافية !

Porque os seis meses que Tariq passou na prisão são suficientes para ensiná-lo a ser “educado”, com uma “língua menor”, e a “não meter seu nariz onde não é chamado”. Porque essa detenção tem nos amendrontado e aterrorizado a todos nós, como blogueiros e internautas, não vamos atrás dele, nós iremos “encurtar nossas línguas”, e parar de fofocar sobre assuntos que são tabu. E porque … Seis meses, são de verdade, suficientes!

1 comentário

  • ziul

    desculpa, mas como eu devo proceder para comunicar com blogueiros da siria
    para saber sobre a morte do lider Imad Mughniyeh no dia 12/02/2008

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.