Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Brasil: Contagem regressiva para o carnaval

Tem um ditado popular que diz que, no Brasil, o ano só começa depois do Carnaval. Exageros à parte, a verdade é que não tem muitos outros assuntos sendo registrados pela blogosfera do país: todo mundo está tirando a poeira da fantasia, entrando no clima e contando cada minuto que falta para a maior festa de rua do planeta. Se você não acredita nisso, dê uma olhada nas estatísticas do Technorati para a palavra carnaval.

A boa notícia é que o carnaval começa mais cedo que o normal esse ano, indo (oficialmente) de 2 a 5 de fevereiro. Em outras palavras, todo mundo deverá estar pronto para entrar na farra no final de semana que vem. Não que a data oficial faça uma grande diferença: em muitos lugares já há uma infinidade de eventos pré-carnavalescos, festas de aquecimento e ensaios para o carnaval, enquanto o ano não começa de fato. Por ser um país tão grande e tão multicultural, cada estado tem o seu estilo próprio de celebração. Veja aqui uma ronda do que esperar do carnaval no Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, e o menos conhecido carnaval de Minas Gerais.

Rio de Janeiro

Começando com o mais famoso do mundo, o carnaval do Rio de Janeiro, com suas dançarinas semi-nuas e colorido desfile de Escolas de Samba, é parte do imaginário popular no exterior quando se pensa no Brasil. É também considerado o maior espetáculo ao ar-livre da Terra, divertindo 65.000 expectadores por noite. Veja um vídeo aqui. No entanto, os altos preços cobrados pelos ingressos para ver a suntuosa parada significa que ela só pode ser, na maior parte das vezes, desfrutada por turistas, enquanto a maior parte da população se conforma em assistir ao espetáculo pela TV. Vale a pena saber que as melhores festas, no entanto, acontecem do lado de fora do Sambodrómo, onde o carnaval de rua com seus blocos é mais barato e mais divertido.

Putsgrilo, que tem uma série de vídeos dos temas e enredos desse ano das escolas de samba do Rio, explica como é carnaval na cidade maravilhosa:

No Rio de Janeiro é assim. O Carnaval começa antes, ainda em janeiro, e vai aquecendo, criando clima até o ápice da festa e da alegria na sapucaí. O Brasil inteiro entra em festa para comemorar esse que é o período mais animado do ano, o maior feriado, o carnaval. Quem pode, vai à sapucaí. Quem não pode, se sacode por aí. Para já ir entrando no clima, veja os sambas de enredo das escolas de samba do Rio de Janeiro.

Carnaval do Rio de Janeiro, foto de Video Vik usada sob uma licença do Creative Commons. Veja mais fotos na Galeria South America dele.

Bahia

Ao contrário do estilo mais de expectador do Carnaval do Rio, em Salvador os foliões estão bem no meio da ação, dançando dia e noite ao ritmo de bandas poderosas com uma forte influência africana – pense no Olodum e Timbalada em uma escala maior. Foi em Salvador que o trio elétrico – esse caminhão adaptado com alto falantes que é sucesso no Brasil inteiro – nasceu. Mais de 2 milhões de pessoas se espalham por 25 km de pecurso. Veja aqui um vídeo. O Guinness Book of Records o reconhece como a maior festa de rua do planeta, mas tem gente que jura que é também a mais fogosa da Terra. Também pode sair muito cara, especialmente para aqueles que fazem questão de sair em blocos e chegar bem perto dos trios dos melhores músicos, mas as pessoas ainda podem se divertir de longe e há muitos trios e eventos gratuitos para compensar.

De Roma, o jornalista baiano Carrozzo, que não estará em Salvador pela primeira vez em 11 anos, publica algumas fotos e lamenta a distância esse ano:

Falem o que quiserem, mas nao tem jeito: carnaval eh foda. Vai chegando perto, Salvador vai ficando mais iluminada, os turistas chegam e dao novo ar à cidade. Eh uma festa injusta? Sim. Mas na semana de carnaval deixo de lado todo o discurso sociologico e me junto aos milhoes de baianos e turistas insandecidos. Quer dizer, deixava…

Carnival in Salvador

Timbalada parade at Salvador's Carnival by SteveMcN usada sob uma licença do Creative Commons. Veja mais fotos na galeria Carnival dele.

Pernambuco

Se Salvador tem a maior festa de rua, Pernambuco tem, também de acordo com o livro dos récordes, o maior desfile de carnaval do mundo. O Galo da Madrugada junta 1.500.000 de pessoas fantasiadas na manhã de sábado, para dar abertura às festividades no Recife. Veja um vído aqui. Na cidade vizinha Olinda, a festa tem um sabor muito parecido com os tradicionais carnavais portugueses, mas a música tem grande influência dos ritmos africanos, como maracatu e frevo. É sem dúvidas o mais engraçado dos carnavais brasileiros (pense em bonecos gigantes, mascarados hilários e bandinhas subindo e descendo as ladeiras da cidade). É ainda o mais democrático de todos: ao contrário do Rio e Salvador, todos os eventos são de graça e abertos a todos.

Daniel Nunes disponibiliza alguns CDs para download e explica porque o Carnaval de Pernambuco é conhecido como o mais multicultural de todos:

Pois bem, o Rio de janeiro pode ter suas glamurosas Escolas de Samba, Salvador pode ter os melhores blocos com trios elétricos do mundo, mas carnaval mesmo é aqui. Se você quer encontrar Escolas de Samba ou deseja sambar apenas, você encontra em Pernambuco. Se você quer correr atrás de um trio elétrico, aqui tem. O que você desejar curtir no carnaval, Pernambuco tem. Não recordo de estado nenhum do Brasil onde você dança frevo, se cansou? tem maracatu. Se cansou? tem caboclinho. Se cansou? tem coco, ciranda, cavalo marinho, afoxé e por ai vai. Não gosta de coisas tão cultural assim? tem rock, pop, instrumental, é só procurar que vai encontrar fácil. Gosta mesmo é de uma “fuzaka”? tem samba, pagode e axé, é só querer, Pernambuco é o lugar que você curti tudo de tudo.

Carnival in Olinda

Foliões no Alto da Sé, Carnaval de Olinda, foto de Luiza Leite usada sob uma licença do Creative Commons. Veja mais fotos no conjunto do Carnaval 2007.

Minas Gerais

Menos conhecido que os citados acima, o melhor carnaval de Minas Gerais acontece em Ouro Preto, uma cidade colonial que chegou a ser muito rica por causa de suas minas de ouro. Esse é o local ideal para aqueles que querem entrar na diversão mas não estão preparados para enfrentar uma multidão de milhões de outros foliões. De certa forma, é também onde o carnaval ainda pertece aos brasileiros comuns, a maior parte estudantes que alugam vagas em suas repúblicas e promovem festas com cerveja de graça e churrascos. Veja um vídeo aqui. Além do carnaval, a cidade, que foi a primeira no Brasil a ser tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, é uma pequena pedra preciosa verdadeiramente bela.

Geraldo Félix, que chama aqueles que não gostam de carnaval de doentes do pé, explica como tudo começou:

Já em Minas Gerais teve origem em Ouro Preto, quando os lacaios do Palácio dos Governadores da Província criaram o famoso “Zé Pereira” em 1867 (grupos de foliões de rua munidos de tambores e bumbos). Há também, os blocos caricatos. Com destaque para a “Banda Mole” em Belo Horizonte. O interior mineiro tem uma característica bem diferente, por ser uma manifestação do povo nas ruas.

Carnival in Ouro Preto

Nas ruas de Ouro Preto, foto de Andrea Fregnani usada sob uma licença do Creative Commons. Veja mais fotos no conjunto do Carnaval.

Tudo que é bom sempre chega ao fim, e a Quarta-feira de Cinzas, também conhecida como ‘quarta-feira ingrata’, sempre chega mais depressa do que deveria (pelo menos essa é a opinião unânime dos brasileiros), e depois de toda a ressaca o ano no Brasil devagarinho finalmente começa, assim como também começa a contagem regressiva para o próximo carnaval.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.