Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Equador: A erupção do Tungurahua

Foto de Nelson Piedra, publicada sob licença do Creative Commons.

O vulcão Tungurahua, no Equador, intensificou sua atividade nas últimas semanas. Desde 1999, moradores das áreas vizinhas, especialmente agricultores e a indústria do turismo, têm sido afetados pelo vulcão. Alguns blogueiros equatorianos estão acompanhando esses acontecimentos, bem como outras notícias de todo o país.

Janvier Samedi [es], em seu blogue MC au loi, destaca uma confusão publicada no Montreal METRO Daily:

En la ultima pagina de la edicion del dia de ayer se publico una impresionante foto de la erupcion del volcan Tungurahua, el problema es que lo titulan: “Espectacular erupción en Perú”, en donde indican que el mismo se encuentra ubicado a 135 km al sur-este de Quito “la capital del Perú

Na última página da edição de ontem, foi publicada uma imagem impressionante da erupção do vulcão Tungurahua. O problema era o título: “Erupção espetacular no Peru”, que indicava que o vulcão está situado a 135 km ao sudeste de Quito, “a capital do Peru”.

Como muita gente sabe, Quito é a capital do Equador. A erupção do vulcão também fascinou alguns blogueiros locais. La Voz de Guamote [es] escreve sobre as cinzas que caíram nas comunidades vizinhas. Nelson Piedra faz um rápido histórico do vulcão [es] e fala sobre o que ele significa para os moradores da região.

El volcán Tungurahua [es|en], que en idioma quichua significa “Garganta de Fuego”, entró en proceso eruptivo desde 1999, a partir de la fecha ha registrado periodos variables de alta actividad. Los más afectados han sido los hermanos agricultores, ganaderos que trabajan en las faldas del Tungurahua y las personas que atendian la demanda turística en Baños, a punta del sufrimiento de perder sus animalitos, cultivos, pertenencias y hasta familiares, los Ecuatorianos de baños se han ido “acostumbrando” con la actividad volcánida del “Garganta de Fuego”.

O vulcão Tungurahua [es|en], que que na língua quichua quer dizer “Garganta de Fogo”, entrou em proceso de erupção em 1999, e desde então têm se registrado periódos variáveis de alta atividade. Os mais afetados são os irmãos fazendeiros e criadores de gado que trabalham na periferia do Tungurahua, bem como as
pessoas envolvidas na indústria turística em Baños, que sofreram perdas de seus animais, culturas, pertences e até mesmo parentes. Os equatorianos em Baños tornaram-se “acostumados” a atividade vulcânica do “Garganta de Fogo”.

Alguns usuários do Twitter também disponibilizaram informações sobre as atividades recentes do vulcão. Estudantes de Comunicação Social da Universidade de SEK configuraram uma conta no Twitter chamada Volcan Ecuador [es] onde as últimas notícias e fotos estão disponíveis.

Outro blogueiro, Palulo Panda [es], mora a apenas 15 minutos do vulcão e tem opiniões claras sobre a atividade. Sua conta no twitter também traz alguns pontos de vista do ocorrido.

Yo pienso que los que menos ayuda necesitan son los de Baños, solo les llega ceniza… lo siento pero otros son los necesitados.

Acho que quem menos precisa de ajuda é o pessoal de Baños, já que lá só chegam cinzas …Lamento, mas os outros são os necessitados.

Suas últimas entradas no blogue fornecem relatos em primeira mão dele como um residente que vive a 23 km do vulcão e informam sobre a ajuda que está sendo prestada pelas autoridades locais.

El lugar donde me encuentro (centro de Pelileo) está a 23 kilómetros, más o menos a 15 minutos en auto del volcán Tungurahua; se podría decir que es un lugar sumamente peligroso pero no, gracias a la naturaleza existen valles entre donde estoy y el volcán. Pero ya estando en las faldas, se siente el dolor y la angustia de aquellas familias que durante la noche deben salir a albergues o donde amigos, por el sumo peligro que representa vivir en las faldas de la mama Tungurahua.

O lugar onde me encontro (centro de Pelileo) está a 23 km, cerca de 15 minutos de carro, do vulcão Tungurahua. Poderíamos dizer que se trata de um local muito perigoso, mas não é. Graças à natureza existem vales entre onde estou e o vulcão. Mas falando da periferia, se sente a dor e a angústia daquelas famílias que tiveram de evacuar para abrigos ou a casas de amigos no meio da noite, devido ao grande risco que é morar perto da mãe Tungurahua.

Outras notícias

Em outras notícias do Equador, o sul do Equador tem um pequeno grupo de blogueiros proeminentes que, em associação com universidades locais (Universidad Técnica Particular de Loja e Universidade Nacional de Loja), estão desenvolvendo projetos. No final do 2007, eles se encontraram no campus da UTPL em um encontro que eles chamaram de Loxa Bloggers 2007

Piedra [es] também escreve as cinco conclusões após o encontro:

1. Nos comprometemos a reconocer nuestras voces, desarrollar conversaciones horizontales, crear comunidades, romper jerarquías, inspirados en el manifiesto “Tren de Claves.”
2. Somos “open”, creemos y nos comprometemos en promover la Educación, el Conocimiento, la Autoría, los Negocios, la Colaboración, la Participación, la Tecnología y su uso para que sean abiertas y libres.
3. Como latinoamericanos seguiremos trabajando por la inclusión social, la promoción de nuestra identidad, el rescate de nuestras raíces y la mantención de nuestro patrimonio como reserva para un futuro humanista.
4. La participación ciudadana y la democracia ya ha empezado a cambiar. ¿Te quedas fuera o te unes a nosotros?

1. Nos comprometemos a reconhecer nossas vozes, desenvolver conversações horizontais, construir comunidades, quebrar hierarquias, inspirados pelo Manifesto “O trem das evidências”

2. Somos “abertos”, cremos e nos comprometemos em promover a Educação, o Conhecimento, a Autoria, os Negócios, a Colaboração, a Participação, a Tecnologia e seu uso ára que sejam abertas e gratuitas.

3. Como latino-americanos, seguiremos trabalhando pela inclusão social, a promoção da nossa identidade, o resgate de nossas raízes e a manutenção de nosso patrimônio como uma reserva para um futuro humanista.

4. A participação cidadã e a democracia já começaram a mudar. Você ficará de fora ou se juntará a nós?

Por fim, a administração de Correa está mudando as regras no Comércio do Equador, B.P.L.E [es] fornece uma nota que muitos jornais equatorianos ecoaram em relação à nova administração do Banco do Pacífico:

Mauricio Martinez, Gerente del Banco Central ha dicho que proceso de negociación del Banco sigue en marcha pero que los dos, Félix Herrero y Roberto González luego de enemistarse con Correa y de terminar su periodo para el que habian sido contratados, deben irse a su casa. No mas dolares para ellos sino para los profesionales locales, encargado queda el Sr Andrés Baquerizo

Mauricio Martinez, gerente do Banco Central, disse que o processo de negociação do banco está em curso, mas que ambos Felix Herrero e Roberto Gonzalez depois de entrarem em desacordo com Correa, terminaram o período pelo qual eles tinham sido contratados, e devem ir para casa. Não mais dólares para eles, mas sim para os profissionais locais, o novo homem no comando é o Sr. André Baquerizo.

O Banco do Pacífico é segundo em importância no Equador e graças a esses dois espanhóis, o banco que vinha de uma provável falência passou a ser um banco bem-sucedido banco de negócios no último ano. Como isso vai afetar a economia no país é algo que os equatorianos podem aguardar com expectativa.

5 comentários

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.