Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Blogueiros árabes estão alarmados com a prisão de Al Farhan

Toda a blogosfera árabe continua a repercutir a detenção do blogueiro da Arábia Saudita Fouad Al Farhan, enquanto as acusações contra ele ainda permanecem desconhecidas.

O blogueiro líder, que está entre os primeiros no país a ter um blogue com o qual assina com o seu nome verdadeiro, foi assediado pelas autoridades no início deste ano e forçado a parar de blogar. Blogueiros de toda a região continuam a se mobilizar pela sua liberdade ou, pelo menos, para entender as acusações feitas contra ele. Acredita-se que Al Farhan está sendo retido por causa de ativismo relacionado ao seu blogue.

Arábia Saudita:

Rasheed Abou-Alsamh [en], blogueiro e jornalista suaidta-americano, que também é baseado em Jeddah, especula sobre os motivos pelos quais Al Farhan está na prisão e pede mais reformas no Reino. Ele explica:

The latest arrest comes after he visited one of nine Saudi reformists who were arrested on Feb. 10, 2007, and are still being held at a secret police detention facility in north Jeddah after refusing to sign undertakings that they would cease their calls for political reform. Fuad wrote about his visit on his blog.

I just hope that Fuad will be released soon and allowed to blog again. The wave of greater accountability, more transparency and allowing the citizenry of Saudi Arabia a higher voice in how our country is run is the ongoing legacy of King Abdullah's reformist agenda. I hope that this will be allowed to continue. Arresting reformists and bloggers does not help the cause of reform in the Kingdom, and just serves to bring us back to those dreaded old days when everyone was too afraid to say in public what they really felt. I and many other Saudis like me had thought that those days were long gone. I hope we're right.

A mais recente prisão surge após ele visitou um dos nove reformistas sauditas que foram detidos em 10 de fevereiro de 2007, e que ainda estão sendo presos em um presidiário da polícia secreta no norte Jeddah após recusarem-se a assinar um compromisso de que eles deixariam de apelar pela reforma política. Fuad escreveu sobre sua visita em seu blogue.

Só espero que Fuad seja libertado em breve e que possa blogar novamente. A onda de maior responsabilidade, maior transparência e permissão de que os cidadãos da Arábia Saudita tenham uma voz mais participativa na forma como o nosso país é governado é o legado contínuo da agenda reformista do Rei Abdullah. Espero que isso possa continuar. Prender reformistas e blogueiros não ajuda a causa da reforma no Reino, e só serve para nos trazer de volta aos velhos tempos quando todos tinham muito medo de dizer em público o que realmente sentiam. Eu e muitos outros sauditas pensávamos que aquele tempo era coisa do passado. Espero que estejamos certos.

O colega blogueiro Saudi Jeans [en] também espera que Al Farhan seja libertado em breve. Ele observa:

I hope that Fouad would be released soon to come back to his family and friends. This country needs more people like him, people who love their country and want to see it thrive and advance.

Espero que Fouad seja libertado logo e volte à sua família e amigos. Este país precisa de mais pessoas como ele, de gente que ame o seu país e queira vê-lo crescer e avançar.

Bahrein:

De Bahrein, Mahmood Al Yousif [en] diz a Al Farhan que ele não está sozinho, garantindo-lhe o apoio. Ele escreve:

If the reason for his arrest is due to his writing, then this is obviously a gross violation of an individual’s basic human right to freedom of expression. I call on the Saudi authorities to respect their role in the world and immediately release Fouad Al-Farhan and call on them to guarantee his safety throughout his detention.
Hang in there Fouad, you have a lot of friends with you. I applaud your determination to speak your mind for the better of our community.

Se o motivo de sua prisão foram os seus escritos, então esta é obviamente uma violação grosseira do direito humano básico de cada indivíduo à liberdade de expressão. Peço que as autoridades sauditas respeitem o seu papel no mundo e imediatamente liberem Fouad Al-Farhan e peço que eles garantam a sua segurança durante a sua detenção.

Aguenta firme, Fouad, você tem um monte de amigos do seu lado. Aplaudo a sua determinação em falar sobre o que acredita que é o melhor da nossa comunidade.

Egito:

Muitos blogueiros egípcios também pediram a libertação de Al Farhan. Entre eles está Bella [ar], que lamenta a situação de blogueiros que mostram suas opiniões:

في بلادنا التعبير عن الراي جريمة يُعاقب عليها القانون

في بلادنا القلم حيازته تهمة تستوجب الزج في غياهب السجون

في بلادنا اللصوص مكرمون

في بلادنا الفاسدون يرتعون

في بلادنا تجار الارزاق هانئون

في بلادنا الراقصات يُحتفى بهم أينما حلوا وحيثما ارتحلوا

في بلادنا المجد للممثلين ولاعبي كرة القدم

في بلادنا يموت العلماء ولا يجدون من يتحدث عنهم

في بلادنا من يقول الحق يصبح طريد العدالة

هكذا تكافئ بلادنا من يعبر عن رأيه

وترتعد الأنظمة امام الكلمات فلاتجد سبيلاً إلا سجنها في الحلوق

أصبح التدوين تهمة تستوجب الإعتقال

والتعبير عن الراي يجب التصدي له بكتم هذا الراي

والقلم ينبغي قصفه وسحق من يُمسك به

هذا ماحدث مع المدون السعودي فؤاد الفرحان

No nosso país, a liberdade de expressão é um crime punível por lei,

No nosso país, possuir uma caneta é um crime que merece prisão,

No nosso país, ladrões são honrados,

No nosso país, os corruptos prosperam,

No nosso país, traficantes estão felizes,

No nosso país, bailarinos da dança da barriga são honrados onde vão,

No nosso país, a glória é para atores e jogadores de futebol,

No nosso país, cientistas morrem e ninguém fala sobre eles,

No nosso país, quem diz a verdade é oprimido pelo sistema judicial,

É assim que nosso país premia aqueles que expressam a sua opinião,

Regimes são ameaçados por palavras e não têm escapatória, a não ser através da supressão das palavras nas gargantas.

Blogar tornou-se um crime que merece detenção

E o manifestar de opiniões deve ser superado amordaçando tais opiniões.

Canetas devem ser quebradas e os que as seguram devem ser destruídos.

Foi isso o que aconteceu com o blogueiro saudita Fouad Al Farhan.

Um blogue também criado por ativistas de mostrar o seu apoio pode ser visto aqui.

(texto original de Amira Al Hussaini)

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.