Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Porto Rico: Defensor do meio-ambiente se entrega

Defensor do meio ambiente em Porto Rico, “Tito Kayakse entregou [en] à polícia no dia 14 de novembro depois de uma espetacular fuga televisionada [es], seguindo uma semana inteira de protestos no topo de um guindaste de 200 pés de altura em San Juan. Ele estava protestando contra um empreendimento luxuoso, que, segundo alertas de ambientalistas, causará grandes prejuízos às praias públicas.

Tito Kayak (cujo nome verdadeiro é Alberto de Jesus) tem um longo histórico de proezas realizadas em alta atitude. Nos Estados Unidos, em 2000, ele escalou a Estátua da Liberdade e pendurou uma bandeira da Costa Rica em sua coroa. Em 2005, ele tentou trocar uma bandeira da ONU na frente do prédio das Organizações das Nações Unidas por uma bandeira de Porto Rico. Dois anos mais tarde, ele pendurou a bandeira da Palestina em uma torre israelita na Cisjordânia.

Tito Kayak escapes police

Fotografias com reprodução autorizada do IndymediaPR.org

O blogueiro da Dominica Catarsis Diaria [es] escreve:

¿Y qué es lo particular e interesante de esta protesta? Su huída -evadiendo a la Policía, que tiene una orden de arresto en su contra- a través de sogas y un kayak, para luego huír a nado por la laguna del Condado, en San Juan. Tan espectacular “hollywoodense” fue, que mis amigos del blog puertorriqueño de noticias humorísticas “El Ñame“, le han dedicado una noticia en el sentido de que ya lo están buscando para ser el próximo Bruce Willis.
E o que é o mais peculiar e interessante desse protesto? Sua fuga – escapando da polícia, que tinha uma ordem de prisão contra ele – por meio de cordas e um caiaque, e em seguida fugindo a nado por uma lagoa do Condado, em San Juan. Foi um espetáculo “hollywoodiano” tão grande, que meus amigos do blogue porto-riquenho de notícias humorísticas “El Ñame”, dedicaram uma notícia [es] a ele, anunciando que eles estão lhe oferecendo a vaga de Bruce Willis.

Indymedia Puerto Rico [es] publicou o vídeo da fuga de Tito Kayak [es] e outro (abaixo) com momentos antes dele se entregar. Ele incentiva os porto-riquenhos a se unirem, cometer desobediência civil e fazer qualquer coisa que esteja ao alcance para interromper e atrasar a construção de habitações luxuosas e hotéis na área costeira da cidade.

Vários blogueiros forneceram links para o vídeo, inclusive Fulano X que escreveu [es] “Esse é um pequeno tributo às ações de Tito Kayak, admirado por alguns e não compreendido por outros, que com suas ações criou o movimento necessário para provocar a discussão sobre as atrocidades nesse país”. Rue Morn do Latrina.net diz [es]:

El desarrollo de Puerto Rico no puede construirse a cuesta de la destrucción de los recursos naturales y de la violación de los reglamentos existentes … no se le puede seguir riendo las gracias a los que por soltar par de billetes y decir que crean unos cuantos empleos quieran convertirse en los dueños de lo que nos pertecene a todos por derecho propio. Puerto Rico como un todo es el que debe lucrarse de los recursos naturales e históricos, no los que tienen la capacidad de engordar a las ratas que se hacen llamar Gobernantes.

O desenvolvimento em Porto Rico não pode ser construído às custas da destruição dos recursos naturais e da violação dos regulamentos já existentes… Não se pode seguir sorrindo para os que vem soltar um par de notas e dizer que criarão uns poucos empregos, querendo se converter nos donos do que nos pertence por direito próprio. Porto Rico como um todo é que deve lucrar com os recursos naturais e históricos, não os que têm a capacidade de engordar os ratos que os chamam de governantes.

(Texto original de Solana Larsen)

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.