Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egito: Último capítulo em caso de tortura

Depois de meses de espera e especulação, a justiça foi feita pelo menos em uma saga egípcia na qual um motorista foi violentado e torturado pela polícia – que capturou as suas atividades criminais em vídeo para humilhar ainda mais a vítima.

Na noite anterior ao julgamento, Hossam el Hamalawy escreveu:

The trial of Captain Islam Nabih and Corporal Reda Fathi–the Boulaq el-Dakrour Police Station sadists who tortured, sodomized driver Emad Kabeer and filmed the abuse to further the humiliation–is expected to come to its final chapter, with a verdict to be issued this Monday, 5 November, at

Dar el-Qadaa el-Aaly, 9am…

O julgamento do Capitão Islam Nabih e cabo Reda Fathi – os sadistas da delegacia policial de Boulaq el-Dakrour que torturaram, violentaram o motorista Emad Kabeer e filmaram o abuso para aumentar a humilhação – está para chegar ao capítulo final, com um veredito a ser tomado nessa segunda-feira, 15 de novembro em Dar el-Qadaa el-Aaly, às 9h da manhã …

Finalmente, hoje, Sand Monkey deu as boas notícias dizendo:

The Impossible took place today. Justice was served! The Police Officer who sodmoized Emad El Kebeer by sticking a broomstick up his ass and videotaped him on his cellphone and was put on trial for it just got a sentence today: 3 years in an Egyptian prison. This, as far as I remember, is a first. A Police Officer held accountable.

O impossível aconteceu hoje. A justiça foi feita! O oficial de polícia que violentou Emad El Kebeer enfiando um cabo de vassoura em seu ânus e que o filmou com seu telefone celular foi julgado e acabou de receber a sentença hoje: 3 anos de prisão no Egito. Esse é, até onde posso lembrar, o primeiro caso onde um oficial de polícia é tido como responsável.

E Abna’a Masr escreveu uma postagem mais detalhada depois do julgamento, acrescentando

أصدرت محكمة جنايات الجيزة حكمها العادل في قضية تعذيب عماد الكبير ، و أدان الحكم الذي تلاه المستشار سمير أبو المعاطي الضابط إسلام نبيه عبد السلام و أمين الشرطة رضا فتحي بجريمة هتك عرض عماد الكبير بعصا وتصوير الواقعة في قسم شرطة بولاق الدكرور قبل عامين، و حكم بثلاث سنوات سجناً مع الشغل لكل منهما بعد ثبوت صحة الأدلة والشهادات التي قدمها دفاع عماد الكبي

O Tribunal Criminal de Giza divulgou seu veredito no caso de tortura de Emad Al Khabeer. O julgamento, lido pelo Conselheiro Sameer Abu Al Ma’aty, sentenciou os oficiais Islam Nabih Abdel-Salam e o cabo Reda Fathi pelo crime de sodomia de Emad com um mastro e a filmagem na delegacia de polícia de Bulak El Dakror há dois anos. Além disso, Islam e Reda foram sentenciados a 3 anos de prisão cada, depois de analisar a validade das evidências e testemunhos apresentados pela defesa de Emad Al Kabeer.

Enquanto isso, Zeinobia acha que a sentença foi muito curta. Ela escreve:

Oh yes for three years only !!!!
Well it is a double edged rule with my all respect , yes it is a great thing and a victory for all those who believed in the right of “Emad” that “Nabih” is found guilty and is going to jail , yet this is too short sentence , three years only !!!
The disaster is not in the rule but the justification of the rule by the Judge “Because of the young age of the accused “Nabih is 27 years old” and their small experience we decided to jail them for three years only !!!!!!!!!!!!”
Young age and small experience !!!
With my all respect when “Emad” was abused he was younger than me , “Emad” ‘s father died after watching that clip ,small experience , I am sorry but this is a torture case , does torture need expertise so the penalty would be longer than 3 years !!!???

Ah, sim, por três anos apenas!!!!
Bom, é uma faca de dois gumes na minha opinião, sim, é uma coisa excelente e uma vitória para todos aqueles que acreditaram na verdade que “Emad” e “Nabih” foram declarados culpados e vão para a cadeia, ainda assim, é uma sentença muito curta, três anos apenas!!!
O desastre não está na decisão, mas na justificativa da decisão pelo Juiz: “Por causa da jovem idade dos acusados “Nabih tem 27 anos ” e da pouca experiência deles, decidimos por apenas três anos de prisão!!!!!!!!!!!!”
Jovem idade e pouca experiência!!!

Com todo respeito, quando “Emad” sofreu abuso ele era mais jovem que eu, o pai de “Emad” morreu depois de assistir ao clipe, pouca experiência, eu lamento mas esse era um caso de tortura. Será que tortura necessita de expertise de forma que a penalidade seja maior que 3 anos!!!???

The Arabist acrescenta:

It’s good news in an otherwise pretty awful case — remember that al-Kabir, a bus driver, was sentenced last January to three months of prison for “resisting arrest.” We’ve covered the case a lot as part of the “al-Adly videogate” scandal, when bloggers published several videos of torture in Egyptian police stations.

A notícia foi boa em um caso que de outra forma seria terrível -lembre-se que al-Kabir, um motorista de ônibus, foi sentenciado em janeiro passado a três meses de prisão por “resistir à prisão”. Nós cobrimos boa parte do caso como parte do escândalo “al-Adly videogate”, quando blogueiros publicaram vários vídeos de tortura nas delegacias de polícia egípcias.

(Texto original de Eman Abd Al Rahman)

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.