Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Cazaquistão: Blogosfera debate o tema da língua

Há um mês, Nurgeldy disse a neweurasia sobre o quanto eles divergem por causa do pouco conhecimento do Cazaque, a língua oficial do país, na cidade do norte do Cazaquistão, Kustanai. Seu post trouxe a tona uma disputa tempestuosa tanto nas versões do blog em inglês quanto em russo, tratando de temas que giram em torno do por quê da população urbana falar o Cazaque de forma escassa e do por quê dos Cazaques étnicos também fracassarem ao usá-la.

As razões listadas pelos blogueiros são: ausência de necessidade social do uso da língua entre as décadas de 80 e 90, baixo padrão de ensino da língua nas escolas e departamentos de universidade que têm o russo como primeira língua, baixa motivação da juventude urbana e ausência de esforços do estado para desenvolver, ensinar e promover a língua oficial.

Recentemente, a discussão continuou no seção russa da comunidade do Livejournal no Cazaquistão. Miss-crazy testemunhou o fato de que os padrões de ensino do Cazaque permanecem desanimadores. Além disso, a situação é expressivamente agravada pela corrupção, já que uma criança tira notas boas na matéria que ensina a língua só por assinar o jornal “Druzhnie Rebyata” (Crianças Amigáveis) (RUS).

Assinatura “obrigatória” – é um modo artificial de alimentar as economicamente agonizantes edições do Estado, sendo, por sua natureza, uma forma de corrupção velada, que prevalece não somente em instituições para crianças.

Ao mesmo tempo, uma garota Russa, Slavoyara, que vive o norte do Cazaquistão – uma região considerada como a “menos Cazaque” – afirma que sua habilidade com a língua do país tem melhorado a cada dia. Ela diz, mais especificamente: “Eu posso entender tudo que é dito e mudar para o Cazaque facilmente e sem me dar conta”, o que provoca o respeito e o reconhecimento entre seus colegas (RUS).

Matéria de Adil Nurmakov

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.