Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

El Salvador: Blogueiros e Jornalistas

Os pontos de interseção entre blogs e jornalismo em El Salvador são muitos e variados. Jornalistas são blogueiros; blogueiros escrevem sobre jornalistas e vice-versa. Embora El Salvador seja um país onde cuja maioria da população não possa passar muito tempo on-line, um número cada vez maior de blogueiros em El Salvador está começando a influenciar o debate público.
Discussões sobre o papel dos blogs surgiram quando o jornal conservador El Diário de Hoy publicou uma matéria intitulada Cybernetic Proselytism [ES], que chama a atenção para os supostos perigos dos blogs, incluindo a “desinformação, desorientação e difamação”, resultando em preconceito com a democracia. O jornalista da matéria alertou, mais especificamente, que os blogs e blogueiros seriam influenciados inadequadamente pelos partidos políticos que estão se preparando para as eleições nacionais.
Jorge Ávalos, blogueiro e também jornalista empregado pelo jornal El Diario de Hoy , retrucou [ES] com uma citação de Álvaro Rivera Larlos no periódico digital El Faro:

Pero es obvio que algunos sectores de nuestro país no ven con buenos ojos que se forme una ciudadanía crítica. Lo paradójico es que esos mismos sectores le teman a la posibilidad de que los blogs desinformen. Lo que temen esos sectores es la pérdida del monopolio informativo e ideológico que durante años han ejercido sobre la opinión pública salvadoreña, es decir, le temen a la pluralidad de informaciones y visiones que abren las nuevas tecnologías.

Mas é óbvio que alguns setores de nosso país não vêm com bons olhos a formação de uma cidadania crítica. O paradoxo é que esses mesmos setores temam a possibilidade que os blogs desinformem. O que esses setores temem é a perda do monopólio informativo e ideológico que têm exercido sobre a opinião pública salvadorenha durante anos, isto é, temem a pluralidade de informações e visões que as novas tecnologias permitem.

Ávalos é um entre muitos jornalistas em El Salvador que escrevem seus próprios blogs. Dentre outros, estão Paolo Luers, Juan Jose Dalton e Ernesto Rivas-Gallont. Curiosamente, Luers and Rivas começaram seus blogs depois de entrarem em discordâncias com os periódicos para os quais escreviam.
Os jornalistas profissionais trazem algo de novo para a blogosfera? Refletindo sobre essa questão, Ávalos mencionou um comentário do fórum LibreOpinion.net sobre o valor dos blogs pessoais de jornalistas profissionais:

Yo veo con mucho entusiasmo el hecho de que algunos periodistas estén en la blogósfera, porque nos permiten conocer puntos de vista de la noticia que ellos persiguen sin las ataduras que les impone el medio para el que trabajan. Es una labor ya no tanto de reportar sino de opinar respecto de la noticia, y tal periodista, creo yo, sí ha pasado por la etapa de investigar, entrevistar, tabular datos, etc.

Vejo com muito entusiasmo o fato de alguns jornalistas estarem na blogosfera porque eles nos permitem conhecer pontos de vista que eles percebem sem as restrições impostas pelos meios para os quais trabalham. Não se trata somente de um trabalho de reportar, mas também de opinar em relação às notícias; Tal jornalista já passou por estágios de investigação, entrevista, tabulação de dados, etc.

O jornalista/blogueiro Rivas-Gallont é uma figura bem conhecida em El Salvador. Dentre outros cargos, ele já foi embaixador dos EUA e é colunista do maior diário do país La Prensa Gráfica. Rivas-Gallont iniciou seu blog Conversations with Neto Rivas [ES] depois que La Prensa Grafica reduziu o espaço disponível de sua coluna no jornal, e ele precisava de mais espaço para escrever.. Rivas-Gallont comemorou recentemente um ano de aniversário do seu blog:

Eso es lo que hace interesante y dinámico a un blog. ¡Qué aburrido y monótono sería que todos estuviéramos de acuerdo en todo! Esta publicación no es una manifestación de amor a la madre. Esta es una publicación de ustedes y para ustedes, donde todos expresamos libremente lo que pensamos, sin temor a represalia alguna. Un regalo de la libertad de expresión que, como debe ser, apreciamos en nuestro país.

Isso é o que faz um blog interessante e dinâmico. Como seria chato e monótono se todo mundo concordasse em tudo. Essa publicação não é uma demonstração do amor de mãe. É uma publicação de você e para você, onde todos expressam livremente seus pensamentos, sem medo nem represálias. Um presente da liberdade de expressão que, como deve ser, apreciamos em nosso país.

Jornalistas que escrevem seu próprio blog pessoal diferem muito dos blogs patrocinados no website do maior jornal de El Salvador, La Prensa Gráfica. O jornal agora possui 7 blogs no seu website, incluindo blogs que tratam de conselhos sexuais, esportes, musica e defesa criminal, entre outros.
Ainda assim, apesar da posição editorial do El Diário de Hoy , a mídia em El Salvador às vezes percebe os blogs como líderes de opinião. O blogueiro Hunnapuh escreveu sobre ter sido convidado para participar de uma mesa redonda no rádio com outros blogueiros. Ele descreveu a sessão neste post, Uma Noite no Rádio [ES]. O grupo de blogueiros foi convidado a dar sua opinião sobre a campanha das próximas eleições e sobre as estratégias dos partidos no país.
Blogueiros Salvadorenhos escrevem com freqüência sobre jornalistas. Em um trágico exemplo recente um jovem jornalista salvadorenho foi morto com um tiro fora da residência de sua família, em Soyapango, no dia 20 de setembro. Salvador Sánchez era um jornalista radiofônico de mídia alternativa incluindo a Radio Maya Vision, YSUCA, e a Rádio Cadena Mi Gente. Sánchez relatava uma variedade de assuntos no rádio, incluindo protestos e prisões em Suchitoto, atividades de gangs e demonstrações políticas. Os assassinos e as razões para o assassinato são desconhecidos.
O fato de um jornalista ter sido a vítima levanta uma questão – se ele foi assassinado por causa do que ele relatava ou se foi apenas uma vítima da violência de gangs em sua vizinhança, se isso foi um ataque à liberdade de expressão ou apenas uma ação impune de elementos criminosos contra um homem jovem. O blogueiro Hunnapuh especifica em seu blog [ES] três opiniões diferentes de jornalistas sobre o caso, e então concluiu:

Por desgracia la investigación está en manos de una institución policial que ha ido perdiendo credibilidad conforme la han ido politizando mas para servir a los designios del gobierno actual que a la propia ciudadanía. No podemos afirmar que Sánchez fuese víctima de Escuadrones de La Muerte, pero tampoco debemos descartar esa posibilidad.

Pelo ato de que a investigação está nas mãos de uma instituição policial que vem perdendo a credibilidade conforme vai se tornando mais politizada para servir aos interesses do governo atual do que à própria cidadania. Não podemos afirmar que Sánchez seja vítima do Esquadrão da Morte, mas tampouco devemos descartar essa possibilidade.

Finalmente, blogueiros vêm escrevendo, e continuarão a fazê-lo, sobre o jornalista que é candidato a presidente. Mauricio Funes, um jornalista popular em El Salvador, foi escolhido pelo partido de esquerda FMLN para liderar a candidatura às próximas eleições presidenciais. Como as eleições não acontecerão até março de 2009, haverá muita ciber-tinta usada para tratar dessa eleição veemente.

Matéria de Tim Muth

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.