Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Equador: Alianza Pais ganha a maioria dos assentos

 

correaamor.jpg

Foto de Rafael Correa durante a campanha. Tirada por Manuel Nieves e publicada com permissão.

No final de semana que passou, quase 9 milhões de cidadãos no Equador e outros que moram no exterior votaram por uma mudança de direção na política do Equador. Os assentos para a Assembléia Constituinte estavam na disputa, e esperava-se que o partido político do atual presidente Rafael Correa, Alianza Pais, ganhasse a grande maioria dessas posições. Mesmo que a contagem oficial ainda esteja sendo feita, as primeiras estimativas dão a Correa a maioria na assembléia de 130 membros.

EcuadorElige [es] tem acompanhado todas as conversas sobre essas eleições e compartilha conosco alguns links dos blogueiros equatorianos de maior respeito e o que eles têm a dizer sobre a eleição.

O blogueiro do Don Xavier [es] escreve sobre as diferentes ameaças e advertências dirigidas aos eleitores caso Correa ganhasse um poder cada vez maior nos negócios do país. Ele faz uma referência à infância, falando de bruxas, velhos do saco e um relógio-cuco que levaria as crianças embora se elas não fizessem o que deveriam.

Ahora ya no dicen CUCO, se refieren a el como CHAVEZ, no me amenazan con la BRUJA en vez de eso me dicen que van a derogar la dolarización y que el VIEJITO DEL SACO no es nada mas ni nada menos que el SOCIALISMO DEL SIGLO XXI

Agora eles não dizem CUCO, se referem a ele como CHAVEZ, não me ameaçam com a BRUXA, em vez disso me dizem que vão acabar com a dolarização e que o VELHINHO DO SACO não passa do SOCIALISMO DO SÉCULO XXI.

Libertad Ecuador [es] está preocupado com os resultados e com o que pode acontecer ao país agora que Correa terá mais controle:

Solo cuando pierdan su trabajo o una posibilidad de negocio y se les haga imposible enrumbarse nuevamente debido a la recesión económica ya iniciada gracias a las políticas populistas del Rafico se darán cuanta del error cometido.

Só quando perderem o emprego ou uma possibilidade de negócios e quando eles acharem impossível começar novamente devido a uma recessão econômica já iniciada graças às políticas populistas de Rafico, é que eles vão se dar conta do erro cometido.

El Federalista [es] resume tudo de forma curta e grossa:

El ganador: Correa, los perdedores: todos

O vencedor: Correa, os perdedores: todos

Cronica Cero [es], zomba de dois dos mais experientes políticos do Equador por não reconhecerem a derrota:

En la hora de la derrota, ni Jaime Nebot, ni Nicolás Lapentti acudieron a dar la cara. La historia seguramente los marcará como cobardes, faltos de entereza para reconocer que se equivocaron.

… Na hora da derrota, nem Jaime Nebot, nem Nicholas Lapentti tiveram coragem de mostrar a cara. A história seguramente os marcará como covardes, faltou integridade para reconhecer que se equivocaram.

O autor do El Manaba [es], um blogue muito popular no Equador, conclui:

Una leccion para los partidos politicos, o se renuevan o mueren
Uma lição para os partidos políticos, ou se renovem ou morram

Equador saberá de a maioria dos homens e mulheres escolhidos para a assembléia para mudar a Constituição do Equador são as pessoas certas e se dar maior poder ao Sr. Correa vai significar uma mudança positiva para imigrantes, nativos e todas as pessoas morando e crescendo nesse país.

(texto original de Milton Ramirez)

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.