Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Japão: Câmera japonês morto em Mianmar

Durante os protestos em 27 de setembro, o repórter fotográfico japonês Nagai Kenji foi morto enquanto fazia reportagens sobre as prisões que estão acontecendo Mianmar.

No começo, as notícias eram de que Nagai teria possivelmente sido atingido por uma “bala perdida” quando as forças de segurança abriram fogo contra os protestantes. No entanto, como escreve Hosaka Nobuto, um político da oposição, em seu blogue:

 明朝'”>昨日の夜、日本人ジャーナリスト長井健司さんが死亡したというニュースが飛び込んできた。当初は、「流れ弾にあ 明朝'”>たったのか」とも言われたが 明朝'”>メートルの至近距離からビデオ撮影中に銃撃されたという情報も出てきており、軍事政権兵士によるジャーナリスト殺害であっ 明朝'”>た可能性も高い。

No noite de ontem, foi noticiado que o jornalista Nagai Kenji morreu. No começo, foi dito que ele teria sido “atingido por uma bala perdida” mas informações que ele foi atingido a curta distância de um metro enquanto ele filmava vieram a tona, e parece mesmo que trata-se do assassinato de um jornalista por soldados do governo militar.

Nem precisa dizer, tem um monte de blogueiros escrevendo que Nagai buscou esse destino para si ao se expor ao fogo cruzado. E muitos outros condenaram o regime militar do Mianmar pela sua violação aos direitos humanos.

Um lado interessante desse drama tem sido o uso de imagens. A edição matutina e a noturna do Asahi Shimbun [en] trouxeram a mesma imagem, mas a foto publicada na edição da manhã foi cortada para evitar mostrar o corpo de Nagai no chão depois que ele foi baleado. Como descreve o blogueiro coral_island,

 明朝'”>枚の写真をよく見てください。実は全く同じ写真なのです。朝刊ではわざわざ 明朝'”>銃を構える治安部隊員と、倒れている長井健司さんを外してトリミングをしてい 明朝'”>るのです。同じ写真であるのにこうした細工をすることによって、全く印象の違 明朝'”>うものになってしまっています。

Olhe para as duas fotos. Elas são absolutamente idênticas. Na edição da manhã eles deliberadamente cortaram a imagem, para não mostrar Nagai Kenji e o soldado que o matou. As fotos mostram duas imagens absolutamente diferentes.

O que é particularmente interessante sobre esse caso em geral é que a imprensa japonesa não mostra fotos de corpos. Mas na edição da noite do Asahi, Nagai é mostrado no chão, ainda tentando filmar apesar de ter sido fatalmente ferido.

O blogueiro Kyo no My News tem uma idéia do porquê, no caso de Nagai, esse princípio pode ter sido deixado de lado.

それにしてもテレビは、人が撃たれるところなんかを、平気で流すようになったね。ドラマじゃなくて、本当に起きていることなのに。長井さんの場合は、映像では、撃たれて倒れているけれど、まだ生きていて、死体じゃないからいい、とでも言うのだろうか。

De qualquer modo, as estações de TV não têm problemas mostrando imagens de pessoas que foram mortas. Não se trata de novela. Era algo real. Mas no caso de Nagai, ele tinha sido baleado na foto, mas estava ainda vivo. Creio que eles diriam que seria OK porque não se tratava ainda de “um corpo”.

(texto original de Jens Wilkinson)

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.