Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Rússia: Blogueiro é julgado por escrever ficção

Dmitry Shirinkin (um usuário do LJ baseado em Perm[En]: tetraox) enfrenta julgamento por ter escrito em seu blogue que havia comprado uma arma e iria matar algumas dúzias de pessoa em uma das faculdades da cidade.

De acordo com Shirinkin, o texto – postado em 21 de Abril, mas publicado em 22 de Abril – foi uma obra de ficção, “inspirada” no Tiroteio na Faculdade de Tecnologia da Virginia [En] . De acordo com a promotoria, entretanto, Shirinkin violou o Artigo 207 do Código Criminal Russo ao “distribuir informações falsas sobre o plano de um ataque terrorista.” O julgamento provavelmente acontecerá em Setembro; se condenado, o blogueiro russo pode receber uma sentença de três anos de prisão.

Um leitor preocupado (usuário do LJ rassty) pergunta [Ru] a Shirinkin:

“I wonder how the LJ community is going to keep you from being destroyed? And by the way, do you have a good lawyer – or a court-appointed one?”

“Imagino se a comunidade LJ evitará que você seja destruído? E, por sinal, você tem um bom advogado – ou um indicado pela corte?

Shirinkin responde:

“The lawyer’s good, an old friend, a colleague from the legal community. Experienced, respected. Has been working at this particular court a lot.

[…]

There’s no way for LJ to help me. LJ is a virtual thing, unfortunately( I’ll have to work it out on my own)”

“O advogado é bom, um velho amigo, um colega da comunidade legal. Tem experiência, é respeitado. Trabalhou muito nesta corte em particular.

[…]

Não há como LJ me ajudar, LJ é algo virtual, infelizmente terei que me virar sozinho”

Anton Nossik – usuário do LJ dolboeb, um representante de uma empresa que supervisiona o segmento russo do LiveJournal- não está muito otimista [Ru] com a direção que a Rússia de Vladimir Putin está tomando:

“[…] Though, of course, it’s good that it is all still happening in Perm, not in Moscow. But [the Commander’s footsteps] are getting louder.”

“[…] Apesar de que, claro, é muito bom que tudo esteja acontecendo em Perm, e não em Moscou. Mas o barulho dos passos do Comandante[Ru] estão ficando mais altos.”

Usuário do LJ pavel_kireev, em um comentário ao post de Anton Nossik, escreve que o governo está começando a encurtar as rédeas dos usuários da internet na Rússia:

“How good I felt on the web in 2001… In 2003, I felt safe but knew that it wasn’t going to last. And now, freedom has ended…”

“Me senti tão bem na rede em 2001… Em 2003, me senti seguro mas sabia que não duraria. E agora, acabou a liberdade…”

Usuário do LJ denbor argumenta sobre os detalhes do caso Shirinkin com o usuário do LJ zemsky, também na seção de comentários do post de Nossik:

“denbor:

You’ve confused the terms. He’s not being tried for LJ. LJ is nothing but a technical means through which he distributed false information on a terrorist act in the making. This is what real freedom is about. He was free to do what he did, and the prosecution was free to apply legal means to him. Why is everyone so upset? The law enforcement officials have not violated any laws. Any clever lawyer would tell you that they were using the article appropriately. All within the legal framework. […]

zemsky:

Only a mass medium can be used to distribute information. A newspaper, for example. Or a phone call. And it was clear right away that this was a work of fiction. And it wasn’t the author who distributed false information, but that other person, the one who had turned him in. […]

denbor:

Quote: “And LJ is a tool for expressing all kinds of nonsense.”

An interesting definition. But it appears that we’ll have to get used to the idea that the internet is also a mass medium, and the one that’s even more efficient than TV, radio or newspapers […]. […] And he hasn’t been imprisoned yet, right? His case is just being considered in court. If he proves that this was nothing but a work of fiction, great. The main thing is to get the people to understand that they will be held responsible for their words. Unfortunately, people in Russia aren’t used to this – or have gotten unused in the 15 years of anarchy.”

denbor:

Você confundiu os termos. Ele não está sendo julgado pelo LJ. LJ não é nada além de um meio técnico através do qual ele distribuiu informação falsa sobre planos de um ataque terrorista em progresso. Isto é a verdadeira liberdade. Ele era livre para fazer o que quisesse, e a promotoria era livre para impôr-lhe medidas legais. Por que está todo mundo tão chateado? Os oficiais legais não violaram nenhuma lei. Qualquer advogado esperto lhe diria que eles estão usando o artigo apropriadamente. Tudo dentro dos ditames legais. […]

zemsky:

Apenas uma mídia de massa pode ser usada para distribuir informação. Um jornal, por exemplo. Ou um telefonema. E estava claro desde o princípio que era uma obra de ficção. E não foi o autor que distribuiu informação falsa, mas aquela outra pessoa, aquela que o entregou. […]

denbor:

Citando: “E o LJ é uma ferramenta para se expressar todos os tipos de besteira.”

Uma definição interessante. Mas parece que teremos que nos acostumar com a idéia de que a internet também é uma mídia de massa, e uma ainda mais eficiente que a TV, rádio ou jornais […]. […] E ele ainda não foi preso, certo? Seu caso apenas está sendo considerado pela corte. Se ele provar que isso não foi nada mais do que uma obra de ficção, ótimo. O principal aqui é fazer com que as pessoas entendam que elas têm que se responsabilizar por suas palavras. Infelizmente, as pessoas na Rússia não estão acostumadas com isso – ou se desacostumaram em 15 anos de anarquia.”

Anton Nossik conclui [Ru]:

“The main thing is to get the people to understand that they will be held responsible for their words. Unfortunately, people in Russia aren’t used to this – or have gotten unused in the 15 years of anarchy.

Priceless words.

We’ve spent 15 years without censorship, without Criminal Code articles for “anti-Soviet agitation” and “distributing false information that defames the regime.”

Now we’re getting back there.

And of course, there are those who like it.

The only thing that’s not clear is why they were sitting online, waiting for this event, instead of appealing to the North Korean embassy, asking for political asylum.”

O principal aqui é fazer com que as pessoas entendam que elas têm que se responsabilizar por suas palavras. Infelizmente, as pessoas na Rússia não estão acostumadas com isso – ou se desacostumaram em 15 anos de anarquia.

Belas palavras.

Passamos 15 anos sem censura, sem artigos do Código Criminal para “agitações anti-Soviéticas” e “distribuindo informações falsas que difamam o regime.”

Agora estamos voltando a isso.

E claro, há aqueles que gostam disso.

A única coisa que não está clara é por que eles estavam online, esperando este evento, ao invés de apelarem a embaixada da Coréia do Norte para pedir asilo político.”

(Texto original de Veronica Khokhlova)

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.