Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Peru: Cobertura online do terremoto

terr.jpg

Foto de uma estrada rachada  tirada por Alberto Arévalo e usada sob uma licença Creative Commons.

O número de mortos pelo terremoto no Peru chegou agora a 337 em Ica. O número de feridos continua em 827. Esse número ainda não foi levado a público no jornal de Lima, El Comercio[Es] ou RPP[Es], até quando este artigo foi escrito. Entretanto, com a assitência do blogue World Wide Help,  o número foi confirmado. Eles receberam relatórios internos do Indeci e da UNDAC/OCHA (uma agência das Nações Unidas). Um relatório mais antigo da WWH disse, “Terremoto no Peru: Atualização – 37 mortos, 300 feridos“[Es].

O Los Angeles Times relata uma conta aproximada: 330 mortos quando um terremoto de 7.9 abala o Peru[En].

“A magnitude 7.9 earthquake shook southern Peru on Wednesday, killing at least 330 people and injuring more than 1,000 others in the cities of Ica and Pisco and sparking tsunami warnings for the Pacific coast of South America and the distant Hawaiian Islands

“Um terremoto da magnitude de 7.9 abala o Peru nesta quarta, matando ao menos 330 pessoas e ferindo mais de 1000 nas cidades de Ica e Pisco e inflamando avisos de perigo de tsunami para a costa do Pacífico na América do Sul e nas distantes ilhas do Havaí.”

O Wikipedia já possui um artigo sobre o evento: 2007 Peru Earthquake[En] (Terremoto no Peru 2007), assim como a WikiNews, que possui informações sobre o abalo: Vários terremotos atingem o Peru; alertas de Tsunami são emitidos[En].

O site Now Public[En] também tem relatado a notícia: Terremoto Massivo de 7.9 : Lima, Peru[En], no qual alguns dos comentários são traduções do blogue do jornal El Comercio de narrativas de testemunhas oculares [Es] . O jornal La República publicou um especial online com notícias sobre o terremoto[Es].

Os blogues também tiveram um papel importante em informar os detalhes e as experiências diversas do evento.

Alguns recontam suas experiências precisamente na hora em que o terremoto começou. Estalla Mi Alma  posta alguns dos vídeos que ela fez do caos no tráfego causado pelo terremoto[Es]. Niña Goya estava bastante abalada[Es]:

Estaba con un amigo tomando frapuccino en Starbucks, de pronto empezo a temblar todo, pense que el local se caía, todos salieron corriendo, olvide mi cartera, deje mi postre a la mitad, los postes se tambaleaban, se fue la luz y regreso al toque, todo se mecía, todo se volvió un caos (es que todos chaparon sus cañas, no saben q es mejor no manejar cuando pasa algo asi!!!!!!!!!), empezo a temblarme las rodillas y las manos, por un momento quise llorar (es que solo pensaba en mis bebes)….que tal susto el que pasó medio Peru esta noche.”

“Estava tomando um frapuccino com um amigo na Starbucks, quando de repente tudo começou a tremer. Pensei que a loja iria cair na nossa cabeça, e todo mundo saiu correndo. Esqueci minha bolsa, deixei minha sobremesa pela metade, os postes tremiam, e as luzes se apagaram. Voltaram logo depois, tudo estava um caos  (todo mundo estava assustado e não sabiam que é melhor não dirigir em uma situação dessas!!!). Meus joelhos e minhas mãos começaram a tremer, e eu quase quis chorar (quando pensei nos meus bebês) …que susto aquela metade do Peru passou aquela noite.”

MiGeo é um blogue escrito por Miguel A. Vera León, um estudante de Geologia em Lima. Ele alerta aos seus leitores para encarar os alertas na internet com suspeita[Es].

“Recomiendo tener cuidado con avisos a través de correo electrónico o servicios de mensajería afirmando que ocurrirán réplicas iguales al sismo. Esto es falso. Si bien es cierto que pueden ocurrir réplicas, es muy raro que tengan la misma magnitud que el sismo original. Cabe señalar además que no es posible predecir un sismo, por lo que quien quiera que esté inventando estas supuestas noticias sólo está tratando de alarmar sin sentido alguno.”

“Recomendo que tenham cuidado com os alertas que receberem em emails ou SMS dizendo que  tremores da mesma magnitude do terremoto irçao acontecer. Isso é falso. É verdade que tremopres seguindo os terremotos podem acontecer, mas é raro que eles sejam da mesma magnitude que o terremoto original. Também é importante se atentar ao fato de que é impossível predizer um terremoto, e que as pessoas que estão inventando essas notícias estão apenas tentando alarmar as pessoas desnecessariamente.”

Em acréscimo,  El Blog de Morsa  provê informações em como ajudar aqueles que foram mais afetados na cidade de Ica [Es] informando os websites, telefones e endereços eletrônicos para os interessados.  Pospost  escreve sobre a destruição da cidade de Pisco [Es], e inclui vídeos da cobertura feita pela televisão. Em acréscimo, X-Blog escreve sobre a reação do presidente Alan Garcia e seu comentário em relação à falha do sistema de telefonia[Es].

Imagens também apareceram no Flickr nas contas de Alberto Arevalo[Es] e Christian Vinces[Es]. Vídeos da cobertura pela televisão podem ser achados no Daily Motion[Es] e no  YouTube. Entretanto, um vídeo feito pelo usuário jesus862[Es] mostra indivíduos preocupados correndo de dentro das lojas e afirmando que era de fato um terremoto.

Para mais links para posts sobre o terremoto peruano, visite Globalizado e o artigo, “Terremoto no Peru: 337 mortos e 827 feridos[Es].”

Eduardo Avila tambpem contribuiu com esse artigo.

(Texto original de Juan Arellano)

 O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

3 comentários

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.