Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Líbano: Fatwa pela abolição do crime em nome da honra

De regras a como lidar com homens no Líbano ao significado do nome Lamia, encerramos essa ronda com uma menção nos blogues libaneses de uma fatwa (pronuncionamento religioso) por um dos grandes clérigos do Xiismo que baniu o assassinato por honra [En], o que ele descreve como um “ato repulsivo”.

Regras para lidar com rapazes libaneses

Nossa primeira entrada de hoje é sobre relacionamentos. Lebanon Reporter [En] descobriu que as garotas precisam aprender determinadas regras quando passam por Beirute. Essas são as regras necessárias para lidar com os rapazes libaneses e evitar passar uma imagem errada:

“Every girl you’ll see walking around in Beirut will appear to be very stuck up. But it’s not that they’re really arrogant… It’s more like a facade. If you DON’T act like you’re the princess, you won’t be able to get anything done or go anywhere. Or worse, you could be sending out the wrong message to a guy.
What to do when a guy you don’t like is talking to you:
1) Look extremely bored. Raise an eyebrow, look skeptical, yawn a bit… just get good at using the facial expressions saying: ‘you’re an idiot’.
2) Pretend to be busy. Read something, you need to cross this ultra busy street right now, you’re meeting your boyfriend, whatever. But don’t say you’re married. They will think you’re looking to have fun with someone else since he’s not with you and you’re happily talking to another guy right now.
3) Ignore. ‘What’s your name’ and ‘where are you from’ might seem innocent questions but before you know it, you won’t get rid of the guy.
4) Strut around as if you own the place. Do not make eye contact.
5) NEVER, never ever smile!”

“Todas as garotas que você vê passeando em Beirute parecerão ser muito orgulhosas. Mas de fato elas não são arrogantes de verdade… É mais como uma fachada. Se você NÃO agir como se fosse a princesa, você não conseguirá fazer nada ou ir a lugar nenhum. Ou pior, você pode acabar passando a imagem errada para um cara.
O que você deve fazer quando um cara que você não gosta está puxando conversa:
1) Faça uma cara extremamente entediada. Suspenda uma sobrancelha, coloque um ar de cética, boceje um pouco… use e abuse de expressões faciais que digam: ‘você é um idiota’.
2) Faça de conta que você está ocupada. Leia algo, diga que precisa atravessar a rua naquele momento, que você está para se encontrar com seu namorado, qualquer cosia. Mas não diga que você é casada. Eles vão pensar que você quer se divertir com outra pessoa, uma vez que seu marido não está com você e você está jogando conversa fora com outro cara.
3) Ignore. ‘Qual é o seu nome’ e ‘de onde você vem’ podem parecer perguntas inocentes antes que você tenha noção de que você não vai conseguir se livrar do cara.
4) Desfile como se o lugar pertencesse a você. Não olhe nos olhos.
5) NUNCA, nunca mesmo sorria!”

Arte e mitologia

Einmal-Ist-Keinma [En] postou a bela imagem de uma pintura de “Lamia” semi nua. O nome Lamia é popular no mundo árabe. Einmal ist Keinmal nos dá uma idéia do significado do nome Lamia na mitologia grega, assim como em Árabe. E eles significam coisas totalmente diferentes, se não opostas:

“In Greek mythology:
one of vengeful, bitter mother without children that compensated her children’s death by eating other women’s children.
In Arabic:
The girl with a beautiful darkness in her lips.
Nice and delicate lips.
Dark and hard spears.
Thick and shadowy trees.”

“Na mitologia grega:
uma vingativa e amarga mães sem filhos que compensava a morte de sua criança comendo os filhos das outras mulheres.
Em árabe:
A menina com uma bela penumbra nos lábios.
Lábios bonitos e delicados.
Lanças escuras e robustas.
Árvores densas e sombreiros”.

Religião

Finalmente, o Human Province [En] relata uma fatwa feita pelo clérigo do Xiismo libanês Grand Ayatollah Fadlallah [En], na qual ele baniu assassinato em nome da honra [En] ou crimes de honra, como ele os chama. Tratam-se de crimes, normalmente assassinatos, cometidos contra pessoas do sexo feminino por membros da família ou parentes, devido ao que esses parentes venham a considerar comportamento ou relacionamento sexuais inaceitáveis:

“Lebanon’s most senior Shiite Muslim cleric issued Thursday a fatwa, or religious edict, banning honor killings, calling the custom of murdering a female relative for sexual misconduct “a repulsive act.”
The fatwa by Grand Ayatollah Mohammed Hussein Fadlallah was a rare condemnation by a prominent cleric of the practice. Fadlallah’s office said he issued the statement in alarm over reports on an increase in honor killings.”

“O mais importante dos clérigos Muçulmanos Shiitas do Líbano emitiu, na quinta-feira,  uma fatwa, ou pronunciamento religioso, banindo o crime em nome da honra, chamando o costume de assassinato de uma parente do sexo feminino por falta de conduta sexual um “ato repulsivo”.
A fatwa emitida por Grand Ayatollah Mohammed Hussein Fadlallah foi uma rara condenação por um clérigo proeminente da religião. O escritório de Fadlallah disse que ele emitiu o pronuncionamento alarmado por causa do aumento do número de casos crime em nome da honra”

Existem muito mais blogues interessantes por lá, portanto volte sempre para saber mais!

(texto original de Moussa Bashir)

 

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

 

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.