Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Arabeyes: Blogueiro Egípcio da Irmandade Muçulmana desaparece

O blogueiro egípcio Ahmed Saad Domah [AR] desapareceu, segundo [AR] o Blogger’s Observatory, que monitora os casos de prisão e assédio que blogueiros e pessoas que escrevem na internet enfrentam no mundo árabe.

O site publicou o seguinte e-mail de uma fonte anônima, que diz que Domah foi detido por liderar uma campanha [AR] para colher um milhão de assinaturas para protestar contra o governo do presidente egípcio Hosni Mubarak [EN]. Os blogueiros geralmente alternam as expressões ‘desaparecido’ e ‘seqüestrado por autoridades’ quando escrevem sobre detenções.

O e-mail foi publicado no Observatory como segue:

“O Blogger’s Observatory recebeu a seguinte mensagem: O blogueiro e poeta da Irmandade Muçulmana [EN] Ahmed Saad Domah, que administra o blogue Brotherhood Poetry, foi levado à força de perto de sua casa na Rua 25, uma ramificação da Rua 50, perto do Establishment, em Shubra Al Khayma. Uma fonte próxima a ele disse ter sido surpreendida ao ver três homens agredirem Ahmed Saad, que estava resistindo. Eles então o vendaram e o levaram para um táxi Chevrolet azul-marinho que estava estacionado na Rua 25. Um ônibus branco estava estacionado perto do carro. Eles então o transferiram do carro para o ônibus, que o levou a um destino desconhecido. Isso aconteceu por volta das 10:30 ou 11:00 de terça-feira, em 26 de julho.”

“O amigo de Ahmed Saad disse ter tentado dissuadi-lo de desempenhar um papel ativo na campanha para colher um milhão de assinaturas contra o regime de Mubarak quando Ahmed a estava preparando. Espero que todos se mobilizem e auxiliem Ahmed Saad, pondo banners e contatando advogados. Allah (Deus) lhes pague pelo seu bom trabalho.”

“Esse foi o e-mail que recebemos. Vale mencionar que Ahmed Saad é membro do Blogger’s Observatory. A fonte dessa notícia é anônima. O Observatory vai continuar esperando por uma confirmação ou mais informações sobre esse assunto de membros ou leitores que sabem o que aconteceu.”

 

Comentando o post, o blogueiro Meedo escreve:

“Essa é uma história verdadeira e está sendo relatada em todos os blogues e fóruns on-line. Até agora ninguém sabe o paradeiro de Ahmed. Ele foi levado à força da rua e ainda não foi libertado.”

(texto original de Amira Al Hussaini)

 

 

O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

 

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.