Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Japão: Não Podemos Confiar no Testemunho de Negros

Debito relata o caso de um nigeriano, UC Valentine, a quem negaram tratamento médico depois de ter sido abusado pela polícia em 2003. Consequentemente, a ferida que tinha na perna ficou tão grave que foram precisas operações médicas complexas. O caso foi levado à juri em 2005, mas o testemunho de um africano foi rejeitado devido à raça e o caso foi dissolvido no começo do ano[EN]. Apelou-se à Suprema Corte e amanhã (17 de Julho) é a primeira audiência.

(Texto original de Oiwan Lam)

 

 

 O artigo acima é uma tradução de um artigo original publicado no Global Voices Online. Esta tradução foi feita por um dos voluntários da equipe de tradução do Global Voices em Português, com o objetivo de divulgar diferentes vozes, diferentes pontos de vista. Se você quiser ser um voluntário traduzindo textos para o GV em Português, clique aqui. Se quiser participar traduzindo textos para outras línguas, clique aqui.

2 comentários

  • Esta é uma situação absurda! Dizer que o testemunho de uma pessoa é mais ou menos válido por conta de seu sexo, etnia, status social ou instrução é afirmar que certas pessoas são melhores que outras, e que algumas simplesmente não são tão pessoas quanto outras.

    Inaceitável!

    Abraços do Verde.

  • direita

    abusado pela policia ,o que sera que o santinho fez ?

    certo são os japas em dizerem UM GRANDE NÃO ha “diversidade” e toda essa merda mundialista!

    cada macaco no seu galho !

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.