Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Agregador de Vídeos de Direitos Humanos do WITNESS/Global Voices ganha o prêmio One World Media.

 

Ontem (14 de junho) à noite, o piloto do Agregador de Vídeos de Direitos Humanos do WITNESS/Global Voices[EN] recebeu o prêmio de melhor projeto de Novas Mídias na cerimônia de premiação do One World Media Awards[EN] em Londres. (Visite esta página[EN] para ver a lista completa de ganhadores[EN]).

One World winners

Conferido anualmente pela One World Broadcasting Trust[EN], o prêmio “encoraja a excelência em uma cobertura jornalística que subsidie uma maior compreensão das questões vitais do desenvolvimento internacional… [e] reconheça o papel único de jornalistas e cineastas em criar pontes sobre o abismo que existe entre diferentes sociedades, e em comunicar a diversidade das experiências sociais, políticas e culturais à volta do globo.”

Global Voices e WITNESS[EN] foram representados na cerimônia pela editora da região do Sul da Ásia, Neha Viswanathan[EN], e pelo antigo editor do Agregador de Vídeos, Sameer Padania[EN] (atualmente diretor do projeto de Agregador de Vídeos na WITNESS), respectivamente. O Agregador de Vídeos de Direitos Humanos superou o Tribe[EN] da BBC e o site de caridade rural Cowforce[EN] na disputa pelo prêmio.

De acordo com a citação, enviada por email para nós por Sameer, o júri da One World

decidiu premiar o piloto do Agregador de Vídeos de Direitos Humanos porque, apesar de ser apenas um piloto, pode-se sentir que ele emula e se focaliza no enorme potencial da rede participativa contemporânea. Foi construído com algumas das mais empolgantes novas tendências audiovisuais que estamos agora apenas começando a testemunhar — a explosão do compartilhamento online de vídeos e das tecnologias móveis. Tornar fácil para aqueles que não possuem um computador comunicar violações dos direitos humanos às audiências globais tem enorme potencial de transformação. Todos concordaram que o site fixa um patamar que deve ser alcançado pelos outros no uso das tecnologias e das mídias digitais para trazer à luz injustiças que normalmente não chegariam aos olhos do público, e que então possuem o potencial para causar verdadeiras mudanças. Mostra também como o poder da colaboração, distribuição e agregação pode amplificar as súplicas dos outros numa sociedade desigual. Ele claramente preencheu os critérios de julgamento do One World Broadcast e pudemos sentir que ele ofereceu um portal, um espaço e um contexto fundamentais, com o suporte de um conteúdo ético e comprometido com a causa, e apontou os holofotes para as culturas globais com lentes diferenciadas.

O piloto do Agregador de Vídeos de Direitos Humanos do WITNESS/Global Voices[EN], que reúne vídeos sobre direito humanos do mundo afora, foi lançado no site do Global Voices em setembro de 2006. O piloto é o primeiro passo de um projeto maior do WITNESS que foi designado para ser uma curadoria audiovisual, provedor de ferramentas educacionais, e para ser um recurso para ativistas, jornalistas e outros interessados em deter as violações aos direitos humanos “através de defensoria promovida de forma comunitária, usando a imagem como uma força catalizadora”.

Como Sameer Padania escreve em seu email desta manhã: “Eu sei que dizem isso o tempo todo, mas o prêmio realmente pertence às bravas, comprometidas e talentosas pessoas que estão no front — blogueiros, defensores dos direitos humanos, jornalistas, advogados, cineastas, cidadãos — que lutaram para trazer à luz estas histórias, e sem as quais nós genuinamente não teríamos nada para dizer ou mostrar.”

(Texto original em inglês por Georgia Popplewell

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.