Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

China: “Não vendo nem que me mate”

Se 2007 é o ano em que as massas chinesas se levantaram em um frenesí com o mercado de ações, então a queda de oito por cento da semana passada veio como um balde de água congelante. Ou talvez seja um sinal do que está por vir, como o sujeito cuja banda larga não estava funcionando no dia e que surtou quando não conseguiu lidar com o fato de não poder checar seu portfólio de ações.

Muito mais comuns, contudo, são as formas criativas com as quais a febre acionária está sendo encarada, como este remix da música ‘Die And I'll Still Love You'(‘Morra e eu ainda te amarei’), da banda de rock taiwanesa Shin, cantada aqui em uma versão mercado de ações como ‘Won't Sell Even If It Kills Me’ (‘Não Vendo Nem Que Me Mate’), legendada com a excelente ferramenta de legendagem dotSUB (por favor, sinta-se livre de traduzir o vídeo em outras línguas):

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.